Crack! É possível vencer!!!


Olá pessoal,

Todos temos a consciência que existem diversas situações nesta terra, que nos deixam em situações realmente muito difíceis e que se transformam em desafios a serem vencidos. Dentre este desafios, surgiu há muitos anos atrás uma DROGA terrível que provoca transformações, dor e morte entre os envolvidos nesta condição.  Falo do CRACK, que, sem sombra de dúvidas, pela facilidade de obtenção, conseguiu ser uma das drogas mais consumidas no mundo.

Cabe a nós, sabedores desta realidade, lutarmos para que, inicialmente, estejamos atentos para que nossos filhos e amigos não entrem nesta vida de vício e morte, e posteriormente darmos a nossa colaboração para exibir um alerta de contenção deste mal que assola o planeta, destruindo lares e famílias.

Existem muitas pessoas e campanhas pelo mundo e posso destacar o empreendimento feito pelo governo federal através do site http://www.brasil.gov.br/enfrentandoocrack/home, o qual promove ações na direção de combate a esta droga e seus efeitos.

Visitem a página, divulguem, participem das campanhas de conscientização, colaborando nesta luta que, com a ajuda de Deus iremos vencer!

Vejam algumas informações sobre este terrível mal:

Efeitos e Consequências

Físicos

Das vias aéreas até o cérebro, a fumaça tóxica do crack causa um impacto devastador no organismo. As principais consequências físicas do consumo da droga incluem doenças pulmonares e cardíacas, sintomas digestivos e alterações na produção e captação de neurotransmissores.

Veja no infográfico quais são os efeitos agudos e crônicos do uso da droga.

 

Prevenção

Campanha

O desafio da comunicação da campanha publicitária – Crack é Possível Vencer – é mostrar que o crack não é somente um  problema de governos, que é uma causa social e necessita do envolvimento e compromisso do conjunto de toda a sociedade.

O uso de drogas é uma realidade em muitos países e está relacionado a um conjunto de fatores culturais, históricos, econômicos e sociais. A questão exige uma abordagem abrangente, considerando sua complexidade e a realização de ações articuladas, contemplando a prevenção do uso, o enfrentamento ao tráfico de drogas e, sobretudo, o cuidado ao usuário.

É nessa perspectiva que o governo federal, a partir do lançamento do Plano Nacional de Enfretamento ao Crack e outras Drogas, em dezembro de 2011, integra suas diversas políticas públicas e chama a sociedade para se unir em torno do desafio de resgatar usuários e dependentes e conscientizar a população sobre os perigos do uso das drogas.

Neste contexto, e aproveitando a oportunidade do início do ano letivo, foi desenvolvida campanha publicitária que visa mobilizar a sociedade para assumir uma atitude de prevenção ao uso do crack, tratando o tema de forma positiva e otimista.

A campanha contempla dois públicos prioritários:  jovens e famílias.

Confira as peças publicitárias da campanha Crack, Vencer é Possível Vencer.

Anúncios

8 comentários em “Crack! É possível vencer!!!

  1. Queria viver com alegria e morrer em paz. Fui incompetente para vencer as dificuldades que me apareceram. Estou deprimido e com vergonha do mundo. Sou codependente de meu filho e, apesar de participar de um grupo de apoio, não tenho conseguido evoluir. Estou destroçado e minha família também… mas vejo muita gente tendo êxito e saindo das drogas! Vale a pena lutar. Parabéns para quem tem forças para isso… eu já nem aguento mais muita coisa. Perdoem-me por um desabafo aqui!

    • Olá Sr Pedro,

      Compreendo perfeitamente seu sentimento de frustração em relação ao que aconteceu na tua vida, as quais foram causadas por escolhas pessoais, porém, Deus nos permite mudar o rumo nos dando a oportunidade de rever nossas escolhas e conceitos, como forma de transformar nossas vidas numa outra direção….de força, confiança, determinação, coragem, bondade, trabalho, compartilhamento, amor e o desejo firme de mudar o rumo do rio que pegamos carona durante a vida.
      Faça uma reflexão: num momento que estiver só, sente em algum local calmo e tranquilo e coloque num papel 2 colunas….uma onde escreverá todas as coisas que considera boas na sua vida e na outra aquilo que julga ser ruim para você. Não pode esquecer de nada, como ser perfeito fisicamente, ter o discernimento de tudo o que acontece, ter um lar para morar, ter um família, ter água para beber e se banhar….e por aí afora. Não deixe nada de fora. Tenho absoluta certeza que quando for fazer a comparação, verá mais coisas positivas do que negativas. Daí, basta você se concentrar nas boas e direcionar sua vida fazendo as escolhas que aumente mais estas questões positivas. Depende só de você.
      Peça ajuda a Deus, aos seu Anjo da Guarda, seus Mentores Espirituais, seus amigos, entes queridos…eles serão a porta que se abrirá para você vencer este desafio.

      Você menciona no inicio de seu desabafo queria viver com alegria e morrer em paz….mude a palavra QUERIA para QUERO….

      Que Deus te ilumine nas escolhas.

      Abs

  2. FAÇO PARTE DESTE PROJETO COMO EDUCADOR APESAR DE SER NOVO NESTA BATALHA , GARANTO QUE ESTOU ENTRANDO NISTO COM A VONTADE DE AJUDAR O PROXIMO E LOGO DE INICIO AFIRMO COMO ESTÃO TRATANDO DOS DEPENDENTES REALMENTE E POSSIVEL VENCER ESTA DESGRAÇA COM VULGO DE CRAK POIS NÃO CONSIDERO COMO NOME

    • Olá Mauricio, obrigado pelo seu comentário.
      Parabéns pela atitude e apoio a esta luta incansável contra um dos maiores males da sociedade moderna.
      Você tem razão quando diz ser possível vencer esta desgraça chamada crack, bastando para isso a conscientização das pessoas, a inclusão deste tema em todas as fases escolares, campanhas envolvendo os pais e todos aqueles que tem responsabilidades em inibir e extirpar este vício do nosso meio.
      Vejo a educação como a melhor forma de atingir estes resultados e para isso tem de haver a união de todos os segmentos da sociedade para ter chance vencer esta luta.
      É necessário também uma completa reformulação do nosso sistema judiciário, ainda com leis obsoletas, que não acompanharam a evolução dos fatos e necessitam ser mais rigorosos para aqueles que transgridem as leis, ou seja, quando a educação não atingir os objetivos, as leis tem de estar presentes para coibir estes abusos e crimes.
      Caso você tenha conteúdos que deseja informar para ajudar nesta batalha, nos envie que publicaremos em nosso site rede de contatos.

      Um grande abraço

  3. Oi Marcelo, tudo bem 🙂 Obrigada!
    Concordo com você. O que mais me impressiona é a urgência do quadro atual ser tratado com humanidade, deveríamos começar a tratar desde “ontem” os dependentes químicos e iniciar a conscientização… Infelizmente muitas vidas e sonhos são perdidos e roubados ali, no meio da Cracolândia, em plena luz do dia ou na noite, mas na frente de todos nós e das autoridades desse País.

    Abraço!
    Ótima semana!

    • Olá Magali, esta questão é muito séria, assim como outras pelo país.
      Esta comove e preocupa devido a cumplicidade de autoridades e pessoas que assistem a tudo sem nada fazer ou prevenir para que este fato seja vencido, evitando que vidas de pessoas e famílias inteiras sejam destruídas pela ganância do ser humano.
      Independente disso tudo, nós precisamos fazer nossa parte com muita força, promovendo campanhas, envolvendo a comunidade, escolhendo melhor nossos governantes, etc…
      Nada se modifica do dia para a noite e esta questão tem de passar por algumas fases antes de serem resolvidas, pois estão consolidadas, porém, deve-se começar agora, senão…
      A mudança está no ser humano e é nela que devemos nos concentrar através da educação e conscientização como você disse.

      Um grande abraço
      Marcelo

  4. Parabéns pelo projeto de conscientização da população quanto à gravidade da dependência química. Concordo que é um problema de responsabilidade do governo também, mas posso citar o projeto Cristolândia que tive o privilégio de conhecer de perto, como uma grandiosa arma para salvação de vidas na Cracolândia de SP, um verdadeiro exemplo de simplesmente fazer e obter resultados que até os Policiais duvidavam. Vocês podem conferir na internet: Cristolândia. Abraços.

    • Oi Magali, tudo bem?

      Obrigado pelo seu contato.
      Na verdade o projeto não é nosso. A Alavanca Social só está replicando a informação, por ser de importância para a comunidade e pessoas em geral.
      Em relação ao seu comentário, concordo com suas palavras e acrescento algo fundamental…EDUCAÇÃO! Esta conscientização tem de começar nas escolas, na base do ser humano, quando ainda está formando o caráter…
      Todos temos de fazer a nossa parte. Só assim venceremos mais este desafio da humanidade.

      Um ótima semana a vc!

      Marcelo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s