A sua ONG utiliza o benefício do Google AdGrants?


Olá pessoal!

Um grande prazer estar aqui com vocês mais uma vez podendo compartilhar informações para as soluções que pessoas e organizações buscam e necessitam para que seus projetos se tornem viáveis e de muito sucesso dentro das comunidades.

Hoje vamos falar sobre o GOOGLE ADGRANTS, importantíssimo para Organizações Sociais que desejam se comunicar com seu público com mais eficácia e eficiência, através de ferramentas preparadas para atrair novos apoiadores, colaboradores, parceiros, fornecedores e pessoas interessadas nos projetos.

Como vocês lerão no artigo, não basta estar habilitado para recebe-lo, mas fazê-lo de maneira adequada, seguindo as regras definidas para seu uso de forma correta e racional. Não se trata de um dinheiro que vai entrar na conta da Organização, mas o crédito de US$10.000,00/mês em uma conta no Google Adwords, importante canal de comunicação em todos os setores da economia, ampliando a força de divulgação e também atraindo novos apoiadores e parceiros para o crescimento dos projetos.

Compartilho logo a seguir um artigo do site https://blog.trackmob.com.br que fala deste benefício.

Como ganhar o Google AdGrants?

A organização deve estar ciente da importância que existe em estar com a organização inserida no meio digital e utilizando os impulsionamentos para fazer com que o site chegue a mais pessoas.

Ter um site impulsionado no maior buscador da internet é, com certeza, algo que pode ajudar bastante nos resultados da sua captação de recursos. O mais interessante é que a empresa disponibiliza um serviço voltado para organizações, possibilitando um brinde de US$ 10.000 para gastar com a mídia paga do buscador. Esse artigo é feito para que você aprenda como conquistar esse recurso e melhorar a sua estratégia de captação.

Por que é importante ter o Google AdGrants?

A publicidade atual está sumariamente inserida no meio digital, que é mais barato e tem o potencial de atingir mais pessoas, além da vantagem de segmentação de público. Ou seja, a mídia digital é extremamente funcional para que você consiga atingir o público correto, que sejam mais propícios a realizar a doação e se tornarem fãs da sua organização.

Há meios gratuitos de se realizar a publicação de conteúdos, porém geram resultados de longo prazo e com maior complexidade. Existem também os métodos pagos de se realizar esse trabalho, como comprando palavras dos buscadores para que o seu site apareça no exato momento em que uma pessoa pesquisa algo relacionado à sua causa.

Muitas vezes uma organização não tem condições de bancar essa estratégia de marketing, até porque as doações que recebem precisam ir para a realização dos projetos e manutenção da própria organização, sendo algumas coisas priorizadas. Porém, sem esse tipo de ação, a dificuldade em melhorar os resultados de captação apenas se intensificam.

O Google, pensando nisso, promove um programa que ajuda as OSCs com a compra de palavras, entregando US$ 10.000 mensais em uso no Google Adwords (plataforma de mídia paga da empresa) para as organizações aceitas, a fim de fazer com que elas possam estar inseridas nesse meio de forma inteligente e estratégica.

A empresa adota esse programa como uma forma de realizar doações à organizações de todo o mundo e promover a elas meios de melhorarem seus resultados de captação de recursos. O benefício ainda conta com uma versão pro, que é ativada quando a OSC usa de maneira correta os US$10.000. Essa versão aumenta a doação para US$40.000 mensais em uso na plataforma.

Isso possibilita a campanha de muitos projetos, principalmente se você utiliza uma página de doação, pois você consegue impulsionar ela exatamente com as palavras relacionadas à causa, ou seja, impactando pessoas que estão buscando como doar para o seu trabalho.

Como faço para receber o Google AdGrants?

Agora que você já sabe qual a importância de ter esse benefício e utilizar ele corretamente, é hora de saber como pode recebê-lo. Muitas organizações não vão atrás do AdGrants devido ao fato de não entenderem qual o funcionamento do processo de aceitação do da empresa para a liberação do benefício.

Para obter o AdGrants é muito simples, porém requer um pouco de paciência, pois as análises feitas no processo costumam demorar alguns dias antes das respostas definitivas. Primeiramente, você precisa procurar um parceiro do Google no Brasil e se cadastrar para o AdGrants. Esse parceiro irá gerar um código de validação para que você inicie o processo. Uma instituição que faz isso com velocidade e maestria é a Techsoup.

Com o cadastro realizado e o código em mãos, você precisa entrar no site do Google para Organizações Sem Fins Lucrativos e fazer o seu cadastro. Aqui você já vai conquistar diversos benefícios muito relevantes para a sua organização, como um e-mail próprio do Google (nome@suaOSC.com.br), a versão premium do YouTube, o Google One Today (ajuda a encontrar apoiadores para os seus projetos) e Google Earth Solidário (fornece mapeamento voltado à causa que você defende, ajudando a encontrar locais que precisam de ajuda e doadores), dentre outras ferramentas da empresa que podem ser muito úteis para as estratégias de captação.

Com o cadastro criado, agora você precisa criar o AdWords, que é a ferramenta do Google para compra de palavras. Recomendamos que você realize o cadastro no AdWords Express, que é uma versão mais simples e rápida da plataforma, onde o cadastro é feito quase automaticamente e você já pode fazer isso usando o seu e-mail do Google.

Vá ao site do Google AdGrants e siga o passo a passo solicitado para a inscrição. Após isso, aguarde a resposta do Google sobre a sua aprovação (geralmente, a empresa demora 48h para enviar a resposta). Se você conseguir, parabéns! Você receberá US$ 10.000 para gastar mensalmente dentro do AdWords. Leia o nosso artigo sobre Mídia Patrocinada para entender como trabalhar com o Google AdWords.

Criando estratégias

Agora que você já tem o AdGrants, possibilitando maneiras efetivas de impulsionar a sua organização, precisa criar estratégias para usar o benefício com sabedoria. Muitas pessoas acham que é fácil atingir os US$ 10.000 comprando palavras por acreditarem ser pouco dinheiro se comparado aos custos. Porém, se você pensa dessa forma, se engana.

Gastar os US$ 10.000 oferecidos pela empresa é relativamente difícil, pois as palavras não têm um preço muito alto e você precisa atingir um resultado grande dentro de um mês para conseguir gastar tudo. Isso significa que você não precisa se preocupar, pois esse é um grande orçamento dado pelo Google e se você conseguir utilizar todos os US$ 10.000 todo mês, pode até subir para a versão pro do programa, que concede US$ 40.000.

É interessante que você conheça o público que realiza doações para a sua organização, tendo uma base do perfil de pessoas e ideias do que elas pesquisariam para encontrar a sua OSC. Você pode fazer o que chamados de Donor Persona (temos um e-book especial falando sobre isso), que é basicamente um documento que reúne as informações mais importantes dos seus doadores para melhorar as suas estratégias.

Feito isso, selecione todas as palavras que você julga relevante e que tem a ver com a sua organização ou campanha que está realizando e que condizem com o que o seu público procura. Por exemplo, se você trabalha com a causa do meio ambiente, poderia escolher palavras como: desmatamento, reciclagem, doação, entre outros. Dessa forma, os doadores que pesquisarem termos relacionados à sua causa serão apresentados ao seu site ou página de doação impulsionados.

Caso você crie uma campanha de última hora relacionada a algum incidente inesperado, não hesite em comprar as palavras sobre o tema no AdGrants. É o momento em que as pessoas estão mais suscetíveis à doação e pesquisando sobre o assunto.

Selecione as suas melhores campanhas para impulsionar, e não utilize apenas um assunto. Pense que existem pessoas dispostas a ajudar a OSC para os diversos eventos e projetos que você promove, e quanto mais impulsionar esses trabalhos, mais possíveis doadores você irá atingir.

Considerações

A tecnologia está a cada dia mais inserida no cotidiano das pessoas. Grande parte da população está conectada na maior parte do seu dia em algum dispositivo, seja celular, computador, tablet ou outros aparelhos que acessam as mídias digitais. Elas gostam de compartilhar assuntos de seu interesse e buscar informações novas para o seu dia a dia.

Utilizar esse canal é uma das coisas mais importantes atualmente e isso é visto por diversas empresas ao redor do país e do mundo. Porém, o terceiro setor ainda não entrou em definitivo no meio online, o que é um erro grande. Não perca mais tempo para fazer isso, até porque empresas como o Google oferecem esse tipo de ajuda que permite uma melhoria nos resultados da sua captação. Veja o site oficial do Google AdGrants voltado a tirar as dúvidas de quem deseja participar do programa.

Sucesso a todos!


ALAVANCA SOCIAL E INSTITUTO SABEDORIA JUNTOS NA PREPARAÇÃO DE PESSOAS E ORGANIZAÇÕES

 

Captação de Recursos – Aplicativo facilita a doação de notas fiscais a ONGs


ALAVANCA SOCIAL/INSTITUTO SABEDORIA
“Sempre com a informação e o conhecimento que você precisa”
Faça a sua pré-inscrição e garanta descontos e lugar garantido em nossos próximos eventos.

————————————————————————————-

App_nfscan

Olá pessoal! Bom dia!

A captação de recursos tem opções diversificadas, com excelentes alternativas para que pessoas e organizações possam sedimentar seus projetos e fortalecerem as bases propostas em suas missões e objetivos.

Hoje vamos compartilhar com vocês uma publicação do site Economize.catracalivre que fala sobre a captação de recursos via Nota Fiscal Paulista, na criação de uma processo que está facilitando o envio de Notas Fiscais para as ONGs. Falo do aplicativo NFSCAN, que facilita a coleta de informações da Nota e a transferência para a Organização escolhida.

Este aplicativo se mostra como um ótimo avanço, se comparado com os modelos existentes, que são as caixas de coleta de notas existentes em estabelecimentos comerciais.

Para entenderem melhor sobre esta ferramenta, veja matéria:

Captação de Recursos – Aplicativo facilita a doação de notas fiscais a ONGs

———————————————————————————

PROGRAMA DE TREINAMENTO INSTITUTO SABEDORIA/ALAVANCASOCIAL

Sejam bem vindos ao mundo da capacitação em assuntos do Terceiro Setor.

———————————————————————————

Como se comportam doadores do Brasil e do mundo


Olá pessoal!

Hoje estamos compartilhando com vocês um artigo publicado no Jornal Folha de São Paulo e escrito por Paula Fabiani do IDIS. O artigo fala de pesquisas e tendências no Brasil e no mundo sobre a cultura da doação. Muito interessante para Organizações Sociais e captadores de recursos. Veja a seguir:

Green donate button

Acesse a área de postagens do Instituto sabedoria e leia o artigo!

————————————————————–

Acesse também o site Instituto Sabedoria e capacite-se para suas próximas jornadas.

Uma ótima semana a todos!

————————————————————-

The Ice-Bucket Challenge: a campanha de captação de recursos mais comentada dos últimos anos


Olá pessoal!

Esta campanha já aconteceu há algum tempo, mas sempre é bom relembrar o sucesso, participação mundial e arrecadação. Foi realmente impressionante.

Projetos geradores de renda são ótimos, mas também bons desafios para vencer, pois, apesar de poderem ser bem planejados, apresentam variáveis que, se não forem observados podem trazer dificuldades durante sua realização.

Este, ao contrário, conseguiu atingir todos os meios de comunicação e mídias, e uma adesão surpreendente. Acompanhem abaixo o artigo da Associação Brasileira de Captação de Recursos, elaborado por Flávia Lang.

Fonte da imagem: www.forbes.comFonte da imagem: http://www.forbes.com

Nos últimos dias a campanha americana The Ice-Bucket Challenge, ou “desafio do balde de gelo” ganhou incrível visibilidade nas redes sociais e na mídia. Algumas pessoas gostam e outras não, mas uma coisa ninguém pode discordar: a campanha é um fenômeno em arrecadação de recursos para uma organização que trabalha com uma doença não tão conhecida e disseminada: a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). De acordo com os dados da ALS Association – organização americana que promove essa campanha–, ela arrecadou mais de US$ 53.3 milhões (116 milhões de reais) de 29 de julho a 21 de agosto. Comparando com o mesmo período do ano passado, o resultado surpreende: é 24 vezes maior (US$ 2.2 milhões). Mais de 1.1 milhão de pessoas realizaram a primeira doação para a organização e esse número não para de crescer. Incrível, não?

logo als association

Desenvolvo campanhas de engajamento público e captação de recursos de pessoas físicas há mais de 15 anos e, depois de acompanhar o debate nas redes sociais, iniciei uma reflexão sobre a campanha baseada nas informações publicadas no site da ALS Association e na mídia, focando nos aspectos de captação de recursos. Acredito que muitas novidades ainda estão por vir e, depois que a campanha terminar, será muito interessante estuda-la mais a fundo.

  1. A causa – Sempre que converso com uma organização, a primeira pergunta que me fazem é: “a causa da nossa organização não é tão forte, como podemos arrecadar fundos?”, ou “existem causas mais importantes como criança e meio ambiente, como conseguiremos?”.

Minha resposta é sempre a mesma: eu acredito que todas as causas são importantes, merecem ser tratadas com respeito e, no mundo diverso de hoje, temos espaço para buscar apoiadores para todos. Nesse caso específico, a Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença não tão conhecida e que atinge um grupo pequeno de pessoas se comparada com outras doenças. Mas nem por isso ela deve ser ignorada. Isso demonstra que, independentemente da causa, uma boa ideia, bem implementada, tem grande potencial de mobilizar recursos.

  1. A inspiração – A campanha foi inspirada na história de Pete Frates, antigo capitão de um time de beisebol, esporte tão tradicional nos EUA quanto o futebol no Brasil. Em 2012, ele foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica, uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal que afeta as células do sistema nervoso e da medula, causando uma paralisia motora irreversível. A campanha começou no mundo esportivo. O banho de água com gelo é comum no esporte americano para comemorar uma grande vitória ou um título. Então, acredito que para essa causa essa demonstração faz um certo sentido. Mais recursos para pesquisa podem significar avanços ou mesmo uma vitória.
  2. O ícone inicial – O apoio de Pete Frates, que desde que descobriu a doença tem uma ligação forte com a causa e com a organização, foi essencial para esse sucesso. Ao longo dos últimos dois anos, Frates buscou construir uma rede de amigos e simpatizantes que organizaram eventos para levantar fundos para a pesquisa sobre a ELA. Ele é uma celebridade com forte vínculo com a causa. Então, temos um ponto adicional: o ícone inicial da campanha já tinha uma relação real com a causa e, para ele, ela é muito relevante.
  3.  O desafio – No Brasil isso ainda não é muito comum, mas desenvolver campanhas criando desafios para captar recursos para uma organização é uma forma muito difundida nos EUA e na Inglaterra, entre outros países. Muitas pessoas iniciam campanhas de captação de recursos para realizarem uma corrida ou outras atividades. Apesar de não termos essa tradição, a campanha trabalha com um formato muito popular onde foi criada.
  4. Conexão – Um dos principais fatores de sucesso é a conexão. Na linguagem de captação de recursos “peer to peer fundraising “(captação de recursos com seus pares), mas isso não significa necessariamente conexão com a causa. A fortaleza da campanha é a conexão entre as pessoas. Então, apesar de arrecadar um valor incrível e ter um número enorme de pessoas que realizaram a primeira doação, os próximos passos é que definirão a campanha. Até o momento, essa campanha é como um evento, com data de início e término. Neste caso, ela é um sucesso. Se analisarmos o compromisso futuro dos doadores com a organização, a pergunta é se a ALS Association conseguirá transformar esse doador pontual em um doador comprometido, que realiza doações no longo prazo. Espero que eles busquem a segunda opção e que seja atingida, mas para isso têm um grande caminho para fidelizar essas pessoas.
  5.  A importância de contribuir – Essa campanha utilizou uma forma ousada e divertida para captar recursos, envolvendo as pessoas em uma ação. Apesar do desafio ser tomar um banho gelado ou doar, de acordo com muitas matérias sobre o assunto nos EUA, as pessoas fazem ambos: contribuem e aceitam o desafio, disseminando a campanha e conquistando novos adeptos. Isso contribui de forma essencial para a propagação da campanha. O resultado seria completamente diferente se fossem vídeos somente solicitando uma doação para uma causa.
  6. Infraestrutura – Uma organização precisa estar preparada para receber os novos doadores. É necessário ter uma base de dados, um sistema para o recebimento de doações eficiente, um formulário seguro e fácil para a realização da doação e um servidor que aguente o aumento do trafico adicional gerado pela campanha. Imagina se eles não estivessem preparados, as pessoas não conseguiriam doar e o resultado seria bem diferente.
  7. Viralidade e abrangência – Essa é uma campanha baseada no marketing viral, o que significa que não tem um alto custo de investimento. Por outro lado, uma organização perde o controle quando utiliza marketing viral, a campanha fica nas mãos dos participantes. E, a partir daí, tudo pode acontecer para o bem ou para o mal. Ninguém esperava esse resultado surpreendente em montante arrecadado, número de doações, número de vídeos, comentários, compartilhamentos, participação das pessoas (celebridades ou não), disseminação da informação e participação internacional.
  8. Celebridades envolvidas – Quando uma campanha tem o apoio de uma celebridade, principalmente que esteja alinhada com a causa, normalmente os resultados são mais expressivos. Nesse caso, a campanha foi iniciada no mundo do esporte com celebridades próximas a Frates. Mas, com todos os componentes de uma campanha viral, ela rapidamente se “alastrou” para celebridades mundiais de esportes, negócios, música, artes, entre outros. E o mais importante: as pessoas comuns aderiram. São pessoas como eu e você que somamos as mais de 1.1 milhão de novas doações. Na minha percepção, isso é um fator superpositivo. Não conheço outra campanha que atingiu tantas pessoas mundo afora, disseminou tanta informação sobre uma causa e bateu níveis recordes em captação de recursos com pessoas físicas em curto espaço de tempo como esta da ALS Association que não sejam campanhas de emergências relacionadas com grandes desastres naturais como, por exemplo, o Tsunami na Ásia ou o terremoto no Haiti.

Algumas pessoas comentaram que existem doenças mais importantes que precisam de recursos. Ou epidemias mais urgentes. Eu não acredito que deveria existir competição sobre qual é a causa mais importante. Como escrevi anteriormente, acredito que todas as causas são importantes e essa campanha pede recursos para essa causa, sem desmerecer nenhuma outra.

A campanha é um sucesso em arrecadação de recursos para uma causa não tão conhecida e acredito que devemos utilizar esse caso para reflexão e aprendizado. Isso mostra, mais uma vez, que todas as causas podem encontrar seu espaço. Por outro lado, estamos falando de sucesso financeiro. Quem trabalha com captação de recursos sabe que esses doadores não necessariamente realizarão uma segunda ou terceira contribuição. E para isso existem outros formatos de campanhas que buscam doadores fieis a uma causa e contribuem por muitos anos.

ice-bucket-challenge

Outros comentaram que as celebridades estão participando para se promover. Acredito que isso também possa ser verdade, mas uma boa campanha não é aquela que traz benefícios mútuos? Quando uma empresa doa, as organizações não têm um pacote de contrapartida que oferecem para elas de exposição de marca, entre outros benefícios? Por que as celebridades não podem contribuir com uma campanha e se promoverem ? Aliás, muitas delas nem precisam de semelhante exposição, na realidade.

Outras perguntas relevantes:

A ALS Association ou qualquer outra organização conseguiria captar mais de US$ 53.3 milhões sem o apoio de celebridades? A campanha é baseada no marketing viral, mas conseguiria essa abrangência?

E os resultados: imagine o beneficio que esse recurso vai gerar e o número de pessoas que ficarão informadas sobre essa causa. E imagine quantas pessoas descobrirão que todos podem doar e que, com um pouco de cada um, podemos fazer muito!

Vale lembrar que essa é uma campanha americana criada no contexto americano. Agosto é alto verão, beisebol é um esporte tradicional, o banho de gelo faz parte da cultura, entre outras coisas. Como em qualquer campanha realizada fora do país, boas campanhas inspiram, mas dificilmente uma campanha que utiliza componentes culturais, pode simplesmente ser copiada. É preciso colocá-las no contexto local. Várias celebridades brasileiras aderiram ao desafio e também doaram (ou não) para a ALS Association ou outra organização brasileira. Mas essa não é uma campanha brasileira, criada para captar recursos aqui. Para isso, teríamos que considerar, por exemplo, a crise de água que estamos enfrentando, o combate ao desperdício, entre outros fatores culturais. Enfim, pensar em outro desafio para outra causa ou para a mesma, mas dentro da realidade brasileira é o nosso desafio.

Campanhas criativas e que conectem as pessoas são essenciais para o sucesso na captação de recursos de pessoas físicas. Normalmente buscamos a conexão da pessoa com a causa. A ALS Association ousou, arriscou e continua colhendo os frutos financeiros. No longo prazo precisaremos fazer uma outra análise para saber se realmente a causa entrou na agenda de pelo menos uma parcela das pessoas que doaram neste momento. Mas também temos que analisar se o objetivo, nesse caso, não era só o dinheiro e a visibilidade. Se for, já foi atingido.  E com muito sucesso.

Quando desenvolvemos uma campanha, precisamos estabelecer objetivos claros para permitir uma avaliação correta.  Às vezes somos muito temerosos com o tipo de campanha que devemos desenvolver. Para crescermos, podemos nos inspirar nessa campanha, utilizando componentes que conectem pessoas a pessoas e a causas, que envolvam, engajem e principalmente que no final, elas decidam contribuir para um mundo melhor para todos, respeitando as escolhas de cada um, inclusive de doação, e descubram como é bacana fazer a diferença. Reforçando esse ciclo onde as organizações e as pessoas contribuem e convidam novas pessoas para apoiar uma causa, desenvolveremos um ciclo virtuoso em que todas as causas só têm a ganhar.

Flavia Lang Revkolevsky é especialista em mobilização de recursos de pessoas físicas. Cofundadora e gestora daAder&Lang. Possui mais de 15 anos de experiência na liderança das áreas de comunicação, marketing e desenvolvimento institucional de organizações internacionais como Greenpeace, CARE e Plan International. Fez parte da diretoria e, atualmente, é membro do Conselho Fiscal da ABCR. E-mail: flang@aderelang.com.

Captação de Recursos no Terceiro Setor é difícil? Parte 5


Business

Relembrando os momentos da parte 1, onde destacamos a insegurança pessoal e a falta de capacitação como alguns dos principais fatores da dificuldade das pessoas em realizar o planejamento e execução de campanhas de Captação de Recursos e dos momentos  da parte 2, onde destacamos a fase do sonhar, idealizar, estar preparado e iniciar a elaboração dos passos principais necessários para as definições, planejamento e execução dos processos de captação. Já na parte 3, falamos do Perfil, Características e Habilidades do Captador de Recursos e preparação para o planejamento, ingredientes importantes para o inicio do trabalho. Na parte 4 comentamos sobre a realização do planejamento como uma das etapas principais de preparação para colocar a sua campanha em ação.

Nesta nova publicação estaremos falando sobre a etapa de execução do planejamento feito para a captação de recursos.

Aula 1_slide ciclo plan

Execução de Tarefas

Inicia-se a etapa de maior importância nas campanhas de captação de recursos. Este é o momento em que você estará colocando em prática tudo o que idealizou, visualizou e planejou como capaz de atender a todas as necessidades de sua organização e/ou projeto.

Neste momento você já definiu todos os passos, pessoas que ficarão responsáveis pelas tarefas e cronogramas de realização. Muito importante já ter também um cronograma de reuniões periódicas que permitirão saber qual o andamento das atividades, como estão se desenvolvendo e seus resultados.

Lembra-se que na etapa anterior, baseados na Missão, Objetivo principal, Visão e Valores, você e o grupo de apoio desenvolveram todos os Objetivos Específicos, Etapas e Atividades? Agora é o momento de colocá-los em prática! Os Planos de Ação serão o guia para que tudo aconteça da forma planejada.

Para que esta fase seja desenvolvida com sucesso é importante que as pessoas envolvidas na realização das tarefas tenham pleno conhecimento do projeto, conheçam bem a missão da organização e as realize com muito amor acreditando em seu resultado.

asian business woman building a puzzle over a white background

Neste período, a presença do Coordenador da Campanha será importantíssima, não só no acompanhamento e direcionamento das ações, mas principalmente dando apoio e motivando todos os envolvidos.

Vale ressaltar também que, independente de quem faça parte do grupo de apoio, todas as outras pessoas da organização e/ou projeto são importantes, pois colaborarão na execução das tarefas, seja através de pesquisas, consultas e até a participação direta em algumas atividades.

Todas as pessoas que fazem parte dos processos são importantíssimas, pois são a base de todas as realizações. Alto Comando, líderes de áreas da organização e pessoas que atuam nas rotinas operacionais devem estar presentes e colaborando para que tudo se realize com sucesso.

Tudo deve estar em consonância com o planejamento feito, desde um contato de alto nível com Empresários e Poder Público, onde a participação do alto comando da organização e coordenador é indispensável para que as possibilidades de apoio e parcerias seja uma realidade a curto, médio e longo prazo, até contatos e tarefas mais simples, mas igualmente importantes, pois completam o todo.

As pessoas que ficarem responsáveis pelas tarefas devem tomar sempre o cuidado de se reportar ao coordenador sobre o andamento e resultados de sua tarefa, e caso esteja tendo dificuldades, não esperar as reuniões  de acompanhamento para isso, pois pode afetar o cronograma previsto de realizações. Caso sejam encontradas dificuldades, cabe ao coordenador, juntamente com o grupo de apoio, avaliar imediatamente os fatos e redefinirem os rumos, se necessário.

Outra ação importante nesta fase é a elaboração de relatórios em dois passos:

1) Preliminar emitido por cada um dos responsáveis pelas tarefas.

2) Final, emitido pelo coordenador que servirá de base de informações para que todas as pessoas da organização tomem conhecimento do andamento da campanha.

Vale salientar que além do amor ao projeto são importantes ingredientes como a seriedade e comprometimento pela causa que estão defendendo como premissa principal, gerando assim uma onda de otimismo em todas as realizações.

Monitoramento constante em todas as etapas é necessário!

Imagem_planejamento

Reuniões de Acompanhamento e Avaliações Preliminares

Etapa de suma importância que irá permitir ao coordenador e grupo de apoio acompanharem o andamento de todas as etapas e atividades de maneira mais organizada e capazes de mudar o rumo da campanha de Captação de Recursos, podendo promover algumas mudanças quando necessárias.

Apesar de haver uma etapa de Avaliação Final após todas as atividades, Avaliações Preliminares podem e devem ser feitas em qualquer instante, podendo redirecionar caminhos e resultados do planejamento feito.

Também podemos mencionar uma ação importante nestas reuniões, que é o registro de todos os fatos (sucessos e insucessos) que permitirão na última fase do Planejamento (Avaliação Final) estabelecer métricas e/ou indicadores que colaborarão nesta e em campanhas futuras.

Bom, é isso pessoal!

No próximo artigo falaremos da fase de Avaliação Final, quando todas as atividades que foram colocadas em prática serão analisadas e registradas, servindo de base para o redirecionamento e replanejamento em algumas ações que não deram certo, como deixar informações que poderão ser utilizadas em planejamentos futuros.

Até lá!

Curso do Terceiro Setor Instituto Sabedoria – Captação de Recursos: Crowdfunding Planejamento e Meios de Divulgação


crowdfunding

Matriz Dourada_Crowdfunding

Aproveite as promoções e descontos concedidos em dezembro, janeiro e fevereiro. 

Forme um grupo e faça já a sua inscrição!

ícone inscrições

Imperdível! Descontos de 50% em todos os eventos neste período para grupos mínimos

de 06 pessoas! Tem outra ideia? Fale conosco e faça sua proposta!

Captar Recursos no Terceiro Setor é difícil? Parte 4


Group of multi racial business people looking up at copyspace

Relembrando os momentos da parte 1, onde destacamos a insegurança pessoal e a falta de capacitação como alguns dos principais fatores da dificuldade das pessoas em realizar o planejamento e execução de campanhas de Captação de Recursos e dos momentos  da parte 2, onde destacamos a fase do sonhar, idealizar, estar preparado e iniciar a elaboração dos passos principais necessários para as definições, planejamento e execução dos processos de captação. Já na parte 3, falamos do Perfil, Características e Habilidades do Captador de Recursos e preparação para o planejamento, ingredientes importantes para o inicio do trabalho.

Neste artigo falaremos do inicio e realização do planejamento como uma das etapas principais de preparação para colocar a sua campanha em ação. Não importa o tamanho da campanha, não importa se o recurso necessário é pequeno ou grande, não importa o tamanho da Organização e/ou quantidade de colaboradores, o cuidado e realização do planejamento torna-se peça-chave para o desenvolvimento e sucesso da campanha.

O que eu desejo? Que tipo de recurso eu necessito? Para que eu preciso deste recurso? De que maneira eu irei consegui-lo? Como irei utilizá-lo em meus projetos? Onde serão utilizados? Quais serão os custos desta campanha? Tenho pessoas capacitadas para a tarefa? Quem coordenará os processos?

Estas e outras perguntas podem ser feitas para a construção do planejamento, lembrando mais uma vez que as buscas devem sempre levar em consideração a real necessidade da organização e seus resultados, e não fazê-lo apenas por fazer. Não importa se o recurso é humano, material ou financeiro, todos tem grande importância no contexto e missão da organização e devem ser planejados com sabedoria para que sejam bem utilizados nas diversas etapas de realização dos projetos.

O Planejamento trabalha os seguintes aspectos: Preparação e Diagnóstico, Planejamento de Tarefas, Execução / Realização e Avaliação. 

Neste artigo estaremos falando sobre Preparação / Diagnóstico e Planejamento de Tarefas

diagnostico 

 Preparação e Diagnóstico

A criação de um grupo multidisciplinar e capacitado é peça fundamental para esta importante atividade, bem como a pessoa que fará a coordenação do inicio ao fim.

Saber o que se deseja e onde serão utilizados são fatores fundamentais para este estudo. Enxergar a realidade da organização, conhecer seus pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças à sua existência, são fundamentais para o desenvolvimento desta fase.  Se não conhecemos nossa própria necessidade e deficiências, como projetar para o futuro criando oportunidades através de nossas capacidades pessoais e de mercado?

O diagnóstico é fundamental, pois nos permite visualizar o momento presente e projetarmos o próximo, preenchendo as lacunas necessárias dentro da organização.

Saber se terão pessoas preparadas para a tarefa de captação de recursos e posteriormente fazer a condução dos processos até a utilização e prestação de contas, torna-se um ingrediente de extrema importância para o resultado final. Neste contexto é essencial terem a pessoa melhor capacitada para a tarefa e com habilidades necessárias para a coordenação de todos os processos e todas as etapas, que fará a intermediação entre os colaboradores e a alta direção da organização, a qual deve permitir condições para todos realizem suas tarefas de forma total.

business_idea

Planejamento das Ações

Elaborado o diagnóstico, inicia-se a fase de planejamento de etapas e atividades que comporão a campanha, bem como a manutenção e cuidados para que ela possa ser um sucesso e ser avaliada em sua realização e resultados.

Esta parte do planejamento nunca deve ser feita apenas por uma pessoa ou apenas os expoentes da organização. Todos devem ser ouvidos e devem ter a oportunidade de darem suas opiniões e visão de cada um das reais necessidades da organização, sob pena de deixar de lado situações importantíssimas no momento de definir os passos para a realização da campanha. Todas as ideias e opiniões tem valor neste momento e depois na sua manutenção.

A missão, objetivos e visão do futuro devem estar perfeitamente alinhados a cada etapa ou tarefa criada neste momento, pois, se forem deixados de lado pode inviabilizar a campanha e muitas vezes até prejudicar a imagem da organização.

Definir responsáveis para cada etapa ou tarefa é muito bom para evitar acúmulo de trabalho de poucos e desta maneira prevenir-se contra atropelos e atrasos nos cronogramas de realização.

Cada objetivo, etapa e atividades definidas serão determinantes para que tudo se realize por completo e tenha maiores possibilidades de sucesso. Saber o que quer e onde deseja estar no presente e num futuro próximo ajuda nestas definições e colabora no resultado final que a organização precisa para seus projetos e sua própria sustentabilidade.

O planejamento deve ser feito com carinho, atenção, cuidados e muito estudo antes de ser colocado em prática, pois vai influenciar decisivamente nos resultados da campanha. O grupo responsável pela elaboração e realização das tarefas deve estar sempre em sintonia e acompanhar e monitorar cada passo como forma de evitar retrabalhos e atrasos nos cronogramas de execução.

Estabelecer cronograma para todas as atividades é poder ver onde cada um deve chegar e realizar para o cumprimento ideal de todas as tarefas.

Definir onde buscar os recursos e como serão tomadas ações nesta direção, bem como a investigação sobre as melhores possibilidades, podem garantir boas chances de sucesso nesta empreitada.

Presidência, Diretoria, Conselheiros devem ser parte integrante nas decisões e providências que serão tomadas para facilitar esta busca.

Reconhecimento!

Valorize cada conhecimento, capacidade e opinião dentro da organização!

As chances de sucesso serão maiores!

——————————————————————————–

Bom pessoal, hoje falaremos até esta parte.

No próximo artigo trataremos da Execução deste planejamento e a Avaliação, tão necessária à melhor condução dos processos e atividades.

Até lá pessoal! Sejam bem vindos á Alavanca Social e Instituto Sabedoria.

Esperamos que este artigo possa ajuda-la(o) em sua tarefas diárias.

Um grande abraço a todos e sucesso!

——————————————————————————–

Conheça nossas PROMOÇÕES e DESCONTOS, faça já a sua PRÉ-INSCRIÇÃO em nossos cursos e promova EVENTOS conosco!

——————————————————————————–

 

Captar Recursos no Terceiro Setor é difícil? Parte 3


Bom dia pessoal!

Feliz por estar com vocês novamente e dando sequência em nossa conversa sobre captação de recursos no terceiro setor.

Relembrando os momentos da parte 1, onde destacamos a insegurança pessoal e a falta de capacitação como alguns dos principais fatores da dificuldade das pessoas em realizar o planejamento e execução de campanhas de Captação de Recursos e dos momentos  da parte 2, onde destacamos a fase do sonhar, idealizar, estar preparado e iniciar a elaboração dos passos principais necessários para as definições, planejamento e execução dos processos de captação.

Hoje estamos trazendo a vocês aspectos que complementam as informações anteriores, sendo o perfil e principais características do captador importantíssimas para melhorar as possibilidades de sucesso em campanhas de captação de recursos. Isto não significa que esta importante atividade deva ser realizada apenas por alguns privilegiados, mas que quanto melhor for a sua preparação e habilidades, melhor será o resultado.

Todos têm condições de realizar a tarefa e sempre digo aos alunos e pessoas que nos acompanham que apesar de não possuirmos o perfil ideal, podemos fazer parte de uma equipe onde as habilidades e dom de cada um se complementa para conseguir atingir objetivos, mas é inegável que o líder deve ter conhecimentos e dons que o levem a conduzir as tarefas até sua finalização, e estar capacitado e preparado é fundamental.

perfil

Literaturas que eu já li, cursos que já participei, eventos, etc., indicam algumas características muito importantes para que o captador possa desenvolver com segurança suas atribuições e responsabilidades, sendo fundamental ter, senão na totalidade, a maior parte destas condições em seu currículo pessoal e profissional.

Dentre as características principais destacamos algumas como:

Perfil, Características e Habilidades do Captador de Recursos (Pequeno resumo)

  • Formação em Administração, Relações Públicas, Marketing, etc. (Sugestões).
  • Ter a facilidade em comunicar-se pessoalmente, ao telefone e na escrita.
  • Saber planejar, ser flexível, ter bom senso e sem deixar objetivos de lado.
  • Ser apaixonado pelo que faz e pela causa em todas as etapas do trabalho.
  • Ser criativo no planejamento das ações.
  • Saber delegar responsabilidades.
  • Interessante possuir conhecimentos em inglês.
  • Filiar-se a outras ONGs para acompanhar a evolução dos projetos.
  • Busca do conhecimento constante através de novos cursos e leituras.
  • Saber elaborar Projetos.
  • Saber coordenar equipes de trabalho.
  • Conhecer a fundo a Missão, principais objetivos e projetos da organização.
  • Atualização diária através dos meios de comunicação.
  • Participar constantemente de eventos correlacionados.
  • Conversar com pessoas experientes em sua área de ação.
  • Sua relação interpessoal deve ser um dos pontos fortes nas relações humanas.
  • Realizar pesquisas constantes, sempre em busca de novas formas de captação.
  • Ser transparente e ter respeito pela instituição e pessoas envolvidas, sejam elas da equipe ou doadores.
  • Ser paciente em todas as etapas de trabalho.
  • A persistência e perseverança são fatores de empuxo para unir a equipe.
  • Gostar de pessoas.

reunião captação

Os resultados sempre serão obtidos a partir da participação efetiva de todos os envolvidos, desde as pessoas que ocupam altos postos dentro da organização, como àqueles que realizam as tarefas mais humildes. Todos são importantes e ter a visão de importância de cada um deles é essencial para a melhor condução dos processos.

captação_eu conheco meu investidor

Além do perfil, é importante o captador perceber e se preparar em algumas ações fundamentais antes de iniciar uma campanha, sendo todas elas resultado do conhecimento e perfil desejados na coordenação das atividades. Neste quesito destacamos algumas muito importantes e que farão parte do planejamento da campanha:

  • Antes de entrar em contato com um provável doador, procure conhecer o máximo possível sobre ele;
  • Idealizar um Plano de Comunicação e abordagem adequadas a cada situação;
  • Resumo contendo os destaques e sucessos;
  • Criar uma apresentação institucional e do projeto;
  • Saber interpretar as principais exigências e características de editais;
  • Saber da importância dos recursos na execução dos projetos;
  • Nunca” consiga somente uma fonte de recursos, pois, caso o doador cesse sua colaboração, a organização terá problemas para continuar o projeto;
  • Ter bons conhecimentos da legislação vigente.

Poderíamos relacionar muitas outras ações importantes e isto será feito em nosso próximo bate-papo, onde destacaremos algumas dicas importantes para que tudo se realize por completo e com sucesso, teremos a oportunidade de falar com mais detalhes sobre cada uma delas.

Esperamos que as informações possam ajuda-la(o) na reflexão das ideias e possibilidades e os ajudem a conseguir planejar e executar ações para a obtenção dos recursos necessários e importantes para seus projetos.

Sintam-se à vontade para comentar e solicitar informações em casos de dúvidas e até sugestões para nossos próximos artigos.

Até lá pessoal! Sejam bem vindos á Alavanca Social e Instituto Sabedoria.

——————————————————————

Faça já a sua PRÉ-INSCRIÇÃO em nossos cursos e promova EVENTOS conosco!

——————————————————————