Captação de Recursos (Informações e Editais)


SOFTWARE GERENCIADOR FINANCEIRO PARA ONGs E IGREJAS

Simples, fácil de manusear e navegar, intuitivo, ótimo, eficiente e eficaz!

ACESSO AO SOFTWARE ONGs        ACESSO AO SOFTWARE IGREJAS

Experimente gratuitamente por 14 dias o futuro controle financeiro de sua Organização Social, Projeto Social e Igrejas. Tutoriais e treinamento personalizado!


FAÇA A SUA PRÉ-INSCRIÇÃO E GARANTA SUA PARTICIPAÇÃO!

banner captação1

Alguns sites divulgadores de Editais

http://consolidare-pe.blogspot.com.br

https://valberlucio.wordpress.com

http://www.capes.gov.br/editais/abertos

http://captadores.org.br/category/c40-editais-abertos/

https://prosas.com.br/editais

http://app.plataformaexitos.com.br/filantropia/

Veja mais informações em nossas subpáginas, que o direcionará a áreas de editais de algumas empresas públicas e privadas:

Editais do Minc

Editais Eletrobrás

Editais Funarte

Editais Oi Futuro

Editais Proac

Editais CNPq

Editais Fundação Telefônica

Lei de Incentivo ao Esporte

Editais Petrobrás

Recursos para Direitos Humanos

Editais Eletrosul


Anúncios

55 comentários em “Captação de Recursos (Informações e Editais)

  1. Estou buscando colaboração para auxiliar uma instituição de idoso em Piracicaba, minha formação de Assistente Social não produziu frutos como gostaria. Estou desempregada e com a saúde comprometida, e ficarei muito mais se não realizar algo para ajudar as pessoas. A instituição do terceiro setor existe há dois anos, com documentação de um ano. Me formei em 2003, sei que as mudanças são diárias, e estou desatualizada. Não há tempo para estudos, preciso agir com rapidez. Você pode me ajudar com modelos de planejamento estratégico; captação de recursos; programas de envelhecimento bem-sucedido; e outros que venham acrescentar uma forma mais acertada de conseguir os objetivos, bem como alcançar sustentabilidade e progresso a este trabalho que poucos querem. Serei eternamente grata se responder as minhas necessidades. É uma oportunidade de poder trabalhar em casa, e possivelmente ser captador de recursos, uma função que certamente irei me dar bem.
    Muito obrigado. Com carinho, um grande abraço e parabéns pelo seu trabalho.

  2. olá Rosangela, obrigado pelo seu contato.

    Preciso entender as suas necessidades, pois ficaram algumas dúvidas.
    Você trabalha nesta Instituição de Idosos em Piracicaba ou está pretendendo trabalhar?
    Você tem interesse em trabalhar como Captadora de Recursos na Instituição ou abraçar uma nova profissão?

    Peço me retornar a estas dúvidas para ver no que eu posso estar colaborando com você. Ok?

    Um grande abraço
    Marcelo Rachid

  3. faz muito tempo que leio seus artigos e nao posso so com palavras traduzir tudo o q vc ja me ajudou faço párte de uma ONG chamada dias melhores que trabalha com egressos do sistema prisional, e todo esse mundo que envolve as pessoas em conflito com a lei ou em situação de vulnerabilidade social… mas desta vez nunca precisei de sua jauda como agora com poucos recursos estamos prestes a fechar e nao consigo entrar em link direto com a maioria destes financiadores sociais internacionais acima e gostaria de saber como fazer e o q fazer pra conseguir recursos… desde ja agradeço… simone

  4. Olá Simone, obrigado pelo seu contato.

    A busca de recursos é um desafio muito grande para as organizações, mas não uma tarefa impossível.
    A grande maioria, a partir do momento que consegue apoio e/ou patrocínio, acaba relaxando e não se previne através de estratégias específicas e a adoção de posturas para a manutenção dos parceiros. Eu acredito que o maior desafio está na fidelização destes investidores e parceiros, do que captar para um determinado momento. Para que isto aconteça, é importante ter essa relação entre organização x investidor bem próxima e atuante, com as 2 partes respeitando e participando ativamente para que o(s) projeto(s) possam atingir os objetivos pretendidos e assim possam se renovar a cada ano, como forma de dar sequência nos anos posteriores.
    Eu sugiro a vocês que preparem e escrevam um projeto completo com todas as ações, atividades e premissas que permeia os acontecimentos durante a duração do mesmo. No momento certo os investidores irão solicitar para leitura a conhecimento. Além dele preparar um cronograma de trabalho, antes, durante e pós-projeto para que os investidores possam acompanhar melhor as suas ações. Elaborar um resumo do projeto, com as principais características para ser utilizado no inicio das conversações que realizar em busca de recursos.
    Além de todas estas ações, encontrem alguém (de preferência um voluntário) com conhecimentos das principais tecnologias (principalmente a internet), para realizar buscas de editais em empresas, organizações e poder público que se encaixe com o seu público alvo e assim poder concorrer aos recursos que necessita.
    Enfim, são diversas ações em paralelo neste momento, mas que poderão dar excelentes resultados num futuro muito próximo.
    Vou enviar via e-mail o que chamamos de Estatuto do Doador. São 10 itens muito importantes que devem ser levados em consideração quando estiver planejando seus contatos de captação de recursos.

    Espero que consiga. Estamos à disposição!

    Abs
    Marcelo

  5. Olá Marcelo, ótimo 2012.

    Gostaria de receber por e-mail os 10 itens importantes para captação de recursos e planejamento. O qual vc citou no e-mail respondido para a simone.
    Obrigada.

    Eda.

  6. Olá Edaildes, obrigado pelo seu contato.
    Peço desculpas pela demora no retorno, que, devido a situações de saúde na família, impossibilitaram no momento adequado.

    Quanto ao seu pedido, o que eu enviei para a Simone foi o Estatuto do Doador, cujas situações são de extrema importância, quando você interage com eles, e vai possibilitar uma situação fidelizadora entre a sua instituição ou projeto de uma forma mais duradoura. Caso você respeite aquelas condições contidas no estatuto, as chances dele estar sempre te apoiando é muito maior.

    Vou enviar a você via e-mail.

    Espero que te ajude em suas decisões e projetos.

    Qualquer coisa me retorne.

    Um forte abraço
    Marcelo

  7. Marcelo,

    Bom dia, meu nome e Bethania, sou Presidente do Instituto Cultural e Educacional Rosa de Saron, localizado em Varzea Grande- MT, nos atendemos 150 pessoas de 7 a 65 anos, oferencemos cursos de qualificaçao profissional (informatica, excelencia em atendimento), manicure e pedicure, cabelereiro, e curso de Musica (violao, teclado, acordeon), sem nenhum custo para os atendidos. Quando fundamos o instituto estavamos trabalhando com recursos proprios (doados por mim), mas agora estamos com dificuldades financeiras, e preciso captar recursos, estamos com algumas dificuldades. Por gentileza me envie o Estatuto do Doador, e se possivel um site onde consiga visualizar os editais de seleçao de projetos.

    Desde ja, agradeço.

    Atenciosamente.

  8. Olá Sra Bethania, obrigado pelo seu contato.

    Antes de qualquer coisa, quero parabenizar pelo projeto.
    São modelos como estes que fazem a diferença no meio onde estão inseridos.
    As suas dificuldades atuais são reflexo das mudanças que acontecem em todo o país, exigindo das organizações e pessoas o incremento de algo mais para poderem realizar seus projetos. É necessária outra visão e a capacitação de todos os envolvidos, no sentido de obter melhores resultados e consequentemente a confiança dos investidores e doadores.
    A Captação de Recursos é uma ação de extrema importância para as organizações e por isso, sendo necessário ter alguém que realize esta tarefa e que esteja preparado para organizar e estruturar todas as ações.

    Envio em anexo o Estatuto do Doador.

    Quanto ao site para visualização de editais, na verdade existem vários, porém, o ideal será realizar pesquisas para identificar quais pessoas, empresas, órgãos públicos, fundações, etc., costumam patrocinar projetos iguais ao seu. (Ex: entre no Google e digite “editais de patrocinio da cultura”)

    Outra ação importante de imediato é pesquisar na sua cidade quais são as organizações e grupos que realizam trabalhos similares ao seu, pois pode abrir a possibilidade de parcerias, dando um novo fôlego ao seu projeto.

    Procure se preparar aos novos tempos através de cursos e eventos relacionados.

    Qualquer dúvida me retorne.

    Um forte abraço
    Marcelo

  9. Boa tarde Marcelo
    Por gentileza, podes me enviar, também, o Estatuto do Doador? Atuo numa Oscip com foco no desenvolvimento econômico, scoial e ambiental – Andesa. Desde já agradeço.

  10. Olá Simone, agraddecemos o seu contato.

    O Estatuto do Doador não se trata de um documento formal, criado por autoridades ou governos e sim por pessoas que militam nas questões sociais há muito tempo e perceberam a necessidade de ter respeito a todos os envolvidos nos anseios das Organizações. Pelo fato de ser um parceiro fundamental para a existência e sustentabilidade dos projetos, o doador, patrocinador ou apoiador permitem a transformação positiva através dos recursos que disponibilizam e as organizações não percebem que alguns cuidados devem ser tomados para tê-los sempre por perto. Essa necessidade fez com que alguns americanos, canadenses e algumas pessoas de outros países elaborassem 10 itens que julgam fundamental para estabelecer este vínculo com muito respeito e longevidade. Você pode conhecer alguns detalhes a mais em nossa página “INFORMAÇÕES”
    Veja a seguir estes passos:
    I. Ser informado sobre a missão da organização, sobre como a organização pretende usar os recursos doados e sobre sua capacidade de usar as doações efetivamente para o objetivo pretendido.

    II. Ser informado sobre a identidade daqueles que pertencem ao conselho diretor da organização, e esperar que esse conselho exerça julgamento prudente nas suas responsabilidades administrativas.

    III. Receber agradecimento e reconhecimento apropriados.

    IV. Ter acesso à mais recente demonstração financeira da organização.

    V. Ter assegurado que as doações serão usadas para os propósitos para os quais foram feitas.

    VI. Ter assegurado que a informação sobre a doação será tratada com respeito e confidencialidade.

    VII. Esperar que todos os relacionamentos com indivíduos que representem organizações de interesse para o doador serão de natureza profissional.

    VIII. Ser informado se aqueles que pedem doações são voluntários, empregados da organização ou solicitantes contratados.

    IX. Ter a oportunidade de ter seus nomes retirados das relações de endereços que uma organização possa pretender compartilhar com outras.

    X. Sentir-se livre para questionar quando estiver fazendo uma doação e receber respostas prontas, francas e verdadeiras.

    Um forte abraço
    Marcelo

  11. Olá Marcelo
    Me chamo Edson José e escrevo pois trabalho numa ONG chamada Instituto Padre Luis Cecchin que esta situada no agreste de Pernambuco. E assim como qualquer ONG esta passando por apertos na captação de recursos. Gostaria de que se possível você me enviasse o Estatuto do Doador para que Eu possa dar uma averiguada melhor nas formas e nos modelos de captação de recursos para nossa ONG. Se desejar acesse nossa página: http://www.iplclimoeiro.org

    Nosso trabalho é com crianças de 6 a 15 anos e com jovens e adultos de 16 a 65 anos com curso de qualificação profissional nas mais diversas áreas. Tudo de forma gratuita, dai a necessidade de recursos para manutenção da obra.

    No mais espero notícias e retorno.

  12. Olá Edson, parabéns pelo projeto.

    A captação de recursos é, na opinião da maioria, um dos maiores entraves e que causam maiores dificuldades em organizações sociais.
    Pela sua complexidade é necessário um planejamento antecipado como forma de obter todos os passos necessários para esta tarefa.
    Ele passa pela identificação da necessidade, o conhecimento e participação de todas as pessoas da organização, um planejamento de etapas e atividades e a aplicação prática de todo este planejamento. É preciso ter apoio, comprometimento e determinação de todos na busca dos recursos (humanos, materiais e financeiros), pois sem a união destas forças, fica mais difícil consegui-los.
    O Estatuto do Doador não é um documento oficial, mas sim uma relação de posturas e atitudes importantes e necessárias para planejar a captação e a fidelização do doador/patrocinador. São 10 itens que, se seguidos, ajudam e muito nesta fidelização.
    Via e-mail vou estar enviando o Estatuto e também um documento interessante para quem deseja captar recursos.
    Espero que ajude! Qualquer coisa me avise.

    Grande abraço
    Marcelo

  13. Oi Marcelo!!!
    Minha sogra é presidente de uma casa de repouso para idosos que é filantrópica e necessita de ajuda para captar recursos para mantimantos, manutenção, reparos da casa de repouso… Gostaria se saber se tem alguma lei, projetos para captação de fundo na iniciativa privada e pública, pois ela mantem 55 idosos e a casa necessita de reparos.

  14. Olá Ana, grato pelo seu contato.

    Na verdade existem diversas possibilidades. Além de campanhas planejadas de forma individual na sua cidade junto a pessoas, empresas e poder público, existem também editais lançados por empresas e por fundações (neste caso é preciso pesquisar quais empresas lançam estes editais e que apoiam projetos iguais ao de vocês) e também através de possibilidades de acordo com o Estatuto do Idoso, que prevê incentivo fiscal para pessoas e empresas que apoiarem projetos desta natureza.

    Procure alguém que possa estar realizando esta pesquisa e comece a planejar a captação direcionada a cada uma destas condições.
    Sem o planejamento fica realmente difícil a captação dos recursos necessários ao bom andamento dos seus projetos.

    Qualquer dúvida nos retorne.

    Abs
    Marcelo

  15. Bom dia, Marcelo.
    Trabalho em um Instituto de Curitiba e fiquei muito interessada no Estatuto do Doador. Você poderia me enviar também.

    Abraços
    Claudinéa

  16. Claro que sim Claudinéia.

    Envio para você via e-mail.
    Você pode acessá-lo também na nossa página “Informações”.

    Grande abraço
    Marcelo

  17. Gostaria de receber por e-mail os 10 itens importantes para captação de recursos e planejamento. O qual vc citou no e-mail respondido para a simone.
    Obrigada.

  18. Olá Carlos, obrigado pelo seu contato.

    Creio que você está se referindo ao Estatuto dos Direitos do Doador, o qual constam 10 itens essenciais para as organizações poderem, caso atuem de acordo com ele, aumentar ainda mais as possibilidades de fidelização dos apoiadores atuais e permitir a chegada de novos.
    Para acessar o estatuto, favor acessar nosso site https://alavancasocial.com.br/, e colocar o mouse sobre a aba “Informações”, possibilitando o acesso a ele.

    Qualquer dúvida ou dificuldade me retorne que eu envio via e-mail.

    Grande abraço

  19. Olá;
    Sou Maria Cleidselma e sou responsável pelo Núcleo Dimensões do Alto localizado na cidade de ribeirão preto, nossa instituição trabalha com crianças, adolescentes e jovens carentes da cidade, oferecemos oficinas de música, informática e artesanato todas gratuitas.
    Nossa maior dificuldade como da maioria das instituições é a captação de recursos, por isso gostaria de pedir que enviasse por e-mail o documento para quem precisa fazer captação q vc citou e o estatuto do direito do doador.
    Grata;

  20. Olá Maria, agradecemos o seu contato.

    Vamos enviar o Estatuto do Doador via e-mail.

    Quanto ao documento que menciona, você pode ser mais específica, pois temos diversas informações sobre este tema. Pedimos desculpas mas, você diz que eu mencionei sobre ele, porém, não encontramos informações direcionadas para você sobre este tema.
    Favor nos enviar exatamente o que deseja sobre o documento para fazer a captação de recursos conforme menciona no seu pedido, pois vai ficar mais fácil separar o material e enviar a você.

    Abs

  21. Olá, Marcelo !!
    Meu nome é Marcio e moro no Japão tenho um projeto de abrir uma ONG ( aqui é NPO )Trabalho no setor público como tradutor e tenho visto e presenciado muita dificuldade por parte de nossos compatriotas, como faço trabalho de tradução voluntário muitos me pedem pra formalizar a ONG mas como muitos sem verba fica difícil alugar um escritório ,condução,meios de ajudar as pessoas então, gostaria que se você pudesse me ajudar com algumas informações, documentos, para que eu tenha pelo menos noção de onde estou me metendo. Tenho 20 anos de Japão e não sei como devo proceder nessa nova empreitada já que sempre fui funcionário e nunca tive um negócio próprio. Agradeço desde Já.

  22. Olá Marcio, agradecemos o seu contato
    Parabéns pela ideia e projeto.

    Quanto à sua intenção em abrir uma Ong, gostaria de saber se é no Japão ou aqui no Brasil?
    Se for no Brasil, posso dar algumas informações, pois possuímos um conhecimento melhor das legislações vigentes. Caso seja no Japão, pouco poderemos ajudá-lo, pois cada país tem a sua particularidade e exigências na abertura deste tipo de empresa.
    Neste momento, podemos ajudá-lo apenas com algumas dicas que te ajudarão a elaborar um planejamento que o auxiliará na criação da Ong:

    1) O que eu quero?
    – Definir missão e objetivos;
    – Definir público alvo;
    – Convidar pessoas comprometidas para ajudá-lo;
    – Elaborar projeto completo e resumo;
    – Estabelecer os objetivos de forma clara.

    2) Como eu vou implantar?
    – Planejar as etapas e atividades;
    – Definir local de atuação;
    – Elaborar apresentação para os investidores.

    3) Quem e como realizar?
    – Elaborar plano de captação de recursos;
    – Divisão de responsabilidades entre as pessoas do grupo;
    – Elaborar Estatuto Social.

    4) Etapas de Legalização (Brasil)
    – Ata de Constituição;
    – Apoio jurídico e contábil;
    – Registro de Ata e Estatuto Social.

    5) Personalização legal
    – Publicação no Diário Oficial; (opcional)
    – Cadastro no Ministério da Fazenda;
    – Solicitação de Certificados.

    Enfim, são muitas ações e responsabilidades. Se for no Japão, conheça primeiro a legislação local para implantar a sua Ong.
    Os passos principais sempre serão estes que mencionei acima. Coloque-os em prática!

    Não sei se pude ajudar, mas é apenas um resumo.

    Desejamos boa sorte a todos!

    Abs

  23. Boa noite Marcelo!
    Sou recém formada em Serviço Social mas, atuo como voluntária social há quase trinta anos, motivo o qual me levou à profissionalização. Sou também artesã, que é uma outra paixão, que como voluntária transmito este talento que Deus me deu a pessoas que através das artes possam melhoras sua vida, emocional, ocupacional e/ou financeira, possibilitando-as a um novo posicionamento em suas vidas. Sou voluntária numa instituição não governamental com famílias em risco e/ou vulnerabilidade social há + ou – uns 15 anos, mas também não deixo de prestar voluntariado onde precisar de mim e eu estiver disponível. E desta maneira é que me deparei com uma questão urgente. Temos em nosso município, ou seja no meu, uma casa para anciãos passando por sérias dificuldades financeiras. A instituição está completando este mês 50 anos e já teve várias ameaças de fechar, é a única na cidade e cidades circunvizinhas para esta política.
    Ajude-me por favor no direcionamento de tomadas e orientações para captação de recursos e patrocinadores para esta instituição.
    desde já muitíssimo obrigada. Admiro muito seu trabalho e colaboração com o ser social. Um grande abraço, Edite.

  24. Olá Edite, agradecemos o seu contato.

    A busca por recursos é uma das tarefas mais árduas, porém, compensadoras quando conseguimos atingir nossos objetivos.
    Para realizá-la é necessário conhecer um pouco desta atividade, ter boas noções de organização, liderança e boa comunicação como requisitos mínimos para iniciar o trabalho de planejamento e posteriormente sua execução na prática.
    Veja a seguir algumas delas:
    Estar preparado para receber os recursos talvez seja o maior desafio das instituições do terceiro setor.
    Existem muitas opções de mobilização e captação, contudo, é necessário que esteja com todas as questões legais em dia, um projeto bem elaborado, um grupo de trabalho focado no trabalho e o profundo desejo de transformar o meio onde se vive.
    Vocês já possuem uma sede? Estão legalizados em seu município? Qual é a missão do projeto? O estatuto está elaborado?
    Essas e muitas outras perguntas serão feitas por empresários, poder público e comunidade antes de ajudar o projeto.
    Estando com tudo isso em ordem, começa-se o trabalho de planejar a captação de recursos, seja ela material, humano ou financeiro.

    A Captação de Recursos, como todas as atividades humanas, necessitam de uma preparação e planejamento adequados com uma certa antecipação para que possam ter uma chance maior de sucesso. Costumo sempre dizer aos meus alunos que para realizar uma boa campanha de Captação de Recursos, sejam eles quais forem, é preciso conhecer bem o seu entorno, pois na maioria das vezes, todas as soluções estão dentro da própria comunidade que estão inseridos, seja na forma solidária das pessoas comuns da sociedade, que doam um pequeno valor mensal, como para empresários e poder público que dispõem de valores maiores para as causas sociais. Vai aí algumas dicas:
    1) Antes de tudo procure identificar exatamente o que deseja captar (recursos humanos, materiais ou financeiros).
    2) Faça uma lista por ordem de importância e necessidade.
    3) Converse com todos as pessoas envolvidas no projeto para não deixar nada de fora.
    4) Faça um levantamento das empresas de sua cidade e identifique a área de atuação de cada uma delas.
    5) Selecione aquelas com maiores possibilidades de ajudá-los no seu projeto.
    6) Procure descobrir o maior nº de detalhes sobre eles antes do contato.
    7) Você tem de estar com o projeto escrito para deixar com o possível investidor se assim for solicitado.
    8) Prepare uma apresentação do projeto.
    9) Marque encontros para apresentar o projeto ao empresário.
    10) Procure definir cotas de patrocínio de acordo com orçamento pré-definido. Quando você define cotas, facilita-se o apoio e a chegada de diversos doadores.
    11) Trabalhe a ideia de formação de um pool de mantenedores para custear, pelo menos, as despesas principais da instituição.
    12) Mostre a eles como eles são importantes para o projeto e que serão parceiros em todas as atividades da organização e que estarão sendo divulgados em todas as formas de mídia.
    13) Consiga apoio da comunidade para trabalhar na captação de recursos menores.
    14) Em relação às pequenas empresas, sugere-se conseguir apoio de algum bem material.
    15) Em relação ao governo local, estabeleça uma negociação pautada na ética e edificação da causa, mostrando a importância para a comunidade.
    16) Procure se reunir periodicamente para ver o andamento da captação diretamente com todos os envolvidos.
    17) Procure formar parcerias. Elas fortalecem o projeto e a instituição.

    Existem outras formas de captação, como o CROWDFUNDING, que atualmente trata-se de um formato interessante para conseguir os recursos. Leia sobre o assunto e implante aí na sua região.

    Qualquer coisa pode retornar.

    Grande abraço
    Marcelo

  25. Olá Cida, agradecemos novamente seu contato.

    Os 10 itens que menciona são conhecidos no terceiro setor como Estatuto do Doador, que, se seguidas e adotadas, podem fidelizar doadores, patrocinadores e stakeholders.
    O Estatuto do Doador não se trata de um documento formal, criado por autoridades ou governos e sim por pessoas que militam nas questões sociais há muito tempo e perceberam a necessidade de ter respeito a todos os envolvidos nos anseios das Organizações. Pelo fato de ser um parceiro fundamental para a existência e sustentabilidade dos projetos, o doador, patrocinador ou apoiador permitem a transformação positiva através dos recursos que disponibilizam e as organizações não percebem que alguns cuidados devem ser tomados para tê-los sempre por perto. Essa necessidade fez com que alguns americanos, canadenses e algumas pessoas de outros países elaborassem 10 itens que julgam fundamental para estabelecer este vínculo com muito respeito e longevidade. Você pode conhecer alguns detalhes a mais em nossa página “INFORMAÇÕES”
    Veja a seguir estes passos:

    I. Ser informado sobre a missão da organização, sobre como a organização pretende usar os recursos doados e sobre sua capacidade de usar as doações efetivamente para o objetivo pretendido.
    II. Ser informado sobre a identidade daqueles que pertencem ao conselho diretor da organização, e esperar que esse conselho exerça julgamento prudente nas suas responsabilidades administrativas.
    III. Receber agradecimento e reconhecimento apropriados.
    IV. Ter acesso à mais recente demonstração financeira da organização.
    V. Ter assegurado que as doações serão usadas para os propósitos para os quais foram feitas.
    VI. Ter assegurado que a informação sobre a doação será tratada com respeito e confidencialidade.
    VII. Esperar que todos os relacionamentos com indivíduos que representem organizações de interesse para o doador serão de natureza profissional.
    VIII. Ser informado se aqueles que pedem doações são voluntários, empregados da organização ou solicitantes contratados.
    IX. Ter a oportunidade de ter seus nomes retirados das relações de endereços que uma organização possa pretender compartilhar com outras.
    X. Sentir-se livre para questionar quando estiver fazendo uma doação e receber respostas prontas, francas e verdadeiras.

    Um forte abraço
    Marcelo

  26. Gostaria de manter contato com ao menos 3 pessoas da área de captação de recursos.
    Temos uma instituição que abriga pessoas com grave vulnerabilidades social, e em desvantagem econômica, principalmente pessoas portadoras de transtornos decorrentes do uso e abudo de drogas.
    Nossa ONG possui o Título de OSCIP

    Estamos funcionando em uma propriedade rural, com potencial para exploração econômica para: peixes, suínos, aves, apicultura, gado de leite, fruteiras e água mineral.
    Precisamos de recursos retornáveis ou não para investimento nestas áreas.
    Grato,

    Haroldo Resende
    79 9994 9150 vivo

  27. Bom dia Haroldo, agradecemos o seu contato.
    Pedimos desculpas pela demora no retorno, mas tivemos um pequeno problema de acesso ao nosso painel de controle e isso impossibilitou o acesso.

    Sobre o seu pedido, exatamente o que necessita na área de captação de recursos? Informações? Consultoria? Treinamento?

    Abraços!
    Marcelo

  28. Preciso de ajuda financeira para montar uma comunidade terapêutica feminina em Uberlândia-MG-e UMA ESCOLA DE EQUITAÇÃO PARA CRIANÇAS ESPECIAS E OUTRAS EM SANTA FÉ DO SUL-SP-JÁ TEM 03 ANOS QUE EU E MEU ESPOSO MANTEMOS SOZINHOS,SÓ QUE AG NÃO DA MAIS.

  29. Olá Rosimei re, agradecemos o seu contato.

    Se vocês estão tendo dificuldades financeiras e necessitam de recursos, será melhor planejar uma campanha de Captação de Recursos direcionada para melhorar as possibilidade. Não existem maneiras mais fáceis para isso, e para esta tarefa é importante ter uma pessoa e equipe especial para preparar e agir neste sentido. Veja a seguir algumas dicas para vc planejar uma campanha de captação de recursos em sua cidade e região:

    A busca por recursos é uma das tarefas mais árduas, porém, compensadoras quando conseguimos atingir nossos objetivos.
    Para realizá-la é necessário conhecer um pouco desta atividade, ter boas noções de organização, liderança e boa comunicação como requisitos mínimos para iniciar o trabalho de planejamento e posteriormente sua execução prática.
    Veja a seguir algumas delas:
    Estar preparado para receber os recursos talvez seja o maior desafio das instituições e projetos. Existem muitas opções de mobilização e captação, contudo, é necessário que esteja com todas as questões legais em dia, um projeto bem elaborado, um grupo de trabalho focado no trabalho e o profundo desejo de transformar o meio onde se vive.
    Vocês já possuem uma sede? Estão legalizados em seu município? Qual é a missão do projeto? O estatuto está elaborado?
    Essas e muitas outras perguntas serão feitas por empresários, poder público e comunidade antes de ajudar o projeto.
    Estando com tudo isso em ordem, inicia-se o trabalho de planejar a captação de recursos, seja ela material, humano ou financeiro.
    A Captação de Recursos, como todas as atividades humanas, necessitam de uma preparação e planejamento adequados com certa antecedência à ação, para que possam ter uma chance maior de sucesso. Costumo sempre dizer aos meus alunos que para realizar uma boa campanha de Captação de Recursos, sejam eles quais forem, é preciso conhecer bem o seu entorno, pois na maioria das vezes, todas as soluções estão dentro da própria comunidade que estão inseridos, seja na forma solidária das pessoas comuns da sociedade, que doam um pequeno valor mensal, como para empresários e poder público que dispõem de valores maiores para as causas sociais, saúde, esportes, meio ambiente, etc.
    Vai aí algumas dicas:
    1) Antes de tudo procure identificar exatamente o que deseja captar (recursos humanos, materiais ou financeiros).
    2) Faça uma lista por ordem de importância e necessidade. Converse com todos as pessoas envolvidas no projeto para não deixar nada de fora, desde o mais graduado até o mais humilde colaborador…todos são importantes para determinar as necessidades do projeto.
    4) Faça um levantamento das empresas de sua cidade e identifique a área de atuação de cada uma delas.
    5) Selecione aquelas com maiores possibilidades de ajudá-los no seu projeto.
    6) Procure descobrir o maior nº de detalhes sobre eles antes do contato.
    7) Você tem de estar com o projeto escrito para deixar com o possível investidor se assim for solicitado.
    8) Prepare também um Resumo Executivo, pois ele servirá para os primeiros contatos, quando a maioria solicita o envio via e-mail ou correios.
    8) Prepare uma apresentação do projeto.
    9) Marque encontros para apresentar o projeto ao empresário.
    10) Procure definir cotas de patrocínio de acordo com orçamento pré-definido. Quando você define cotas, facilita-se o apoio e a chegada de diversos doadores.
    11) Trabalhe a ideia de formação de um pool de mantenedores para custear, pelo menos, as despesas principais da instituição.
    12) Mostre a eles como eles são importantes para o projeto e que serão parceiros em todas as atividades da organização e que estarão sendo divulgados em todas as formas de mídia.
    13) Consiga apoio da comunidade para trabalhar na captação de recursos menores.
    14) Em relação às pequenas empresas, sugere-se conseguir apoio de algum bem material ou até mesmo um espaço que esteja necessitando.
    15) Em relação ao governo local, estabeleça uma negociação pautada na ética e edificação da causa, mostrando a importância para a comunidade.
    16) Procure se reunir periodicamente para ver o andamento da captação diretamente com todos os envolvidos.
    17) Procure formar parcerias. Elas fortalecem o projeto e a instituição.
    18) Por se tratar de projeto incentivado, procure conhecer à fundo todas as premissas que envolvem as leis, decretos, portarias, publicações, etc., pois o empresário tem de saber quais serão as vantagens que terão apoiando seu projeto.

    Existem outras formas de captação, como o CROWDFUNDING, que atualmente trata-se de um formato interessante para conseguir os recursos. Leia sobre o assunto e implante aí na sua região.
    Desejamos boa sorte a vocês. Qualquer coisa pode retornar.

    Grande abraço

  30. Sou dirigente de uma organização de proteção à saúde e meio ambiente que recebeu recursos do governo federal (MDA) para fortalecimento do cooperativismo da agricultura familiar e economia solidária. Entretanto, tivemos problemas com um assessor administrativo, contratado para ajudar nos processos licitatórios e pagamentos de empresas. O assessor falsificou assinaturas do presidente e tesoureiro e deu um golpe de mais de R$ 160.000,00 na instituição. Como a Caixa Econômica pagou com assinaturas falsificadas, solicitamos a reposição à conta para continuidade das ações previstas, entretanto a CEF encaminhou o assunto para a polícia federal para quem já prestamos depoimentos. Também protocolamos denúncias e comunicamos o fato aos órgãos competentes, porém, os recursos estão bloqueados na conta da Caixa econômica aberta exclusivamente para este fim, e o governo se recusa a continuar a execução do projeto enquanto o R$ não for reposto. A CEF só vai posicionar-se após conclusão da PF. Dessa forma, vários anos se passaram e ninguém resolve nada! Em função disso, a instituição que tem mais de 20 anos está fragilizada e corre o risco de acabar.
    Considerando sua experiência e competência, bem como falta de recurso para assessoria jurídica e coordenador para o projeto, gostaria de ouvir alguma consideração e orientações sobre como proceder diante dessa situação, a fim de destravar o recurso de dar continuidade ao projeto ou encerrar de vez esse contrato.

    Atenciosamente

  31. Olá Sr Israel, agradecemos o seu contato.

    Realmente uma situação delicada e de difícil solução, pois a CEF, mesmo sendo um órgão governamental, tem suas ações e prerrogativas para agir de forma isolada, sem sofre interferências do comando central, que são os poderes executivo, legislativo e judiciário. A CEF pode alegar que pagou porque as assinaturas conferiam e isso pode se arrastar por anos, pois será a palavra de um com a de outro. Nesta situação, se eu estivesse envolvido, conseguiria um ótimo advogado que atue em ações nesta área fiscal, financeira, estelionato, etc, para entrar com ações contra a CEF e poder público, como forma de pressionar as autoridades para a fato. Uma segunda ação seria obter junto à PF, o atual status da investigação, pois, com tanta coisa acontecendo no país, se não pressionarem, esta investigação se arrastará por muito tempo. Uma terceira opção, somente paliativa, mas que pode gerar uma pressão nas autoridades é criar uma denúncia em publicá-la em sites como o AVAZZ, Change.org e alguns outros, que vem obtendo relativo sucesso nestas denúncias ou até mesmo em ações positivas na sociedade.

    Sua situação é mesmo um pouco difícil de resolver, mas as alternativas acima pode dar um impulso para que tudo seja solucionado e vocês recuperem o dinheiro.

    Paralelamente a isso, caso o convênio atual que tem com o poder público ainda estiver em pé, converse com eles e veja se podem empreender ações de captação de recursos, pois vocês tem de agir e pensar na possibilidade de nada dar certo e como vocês tem de prestar contas devido ao convênio, o ideal será captar recursos que permitam regularizar o ajuste de contas com o governo e também tocar os seus projetos. Caso consigam recuperar o dinheiro, terão um adicional para seus projetos. Não fique parado esperando a solução. Esta pode levar anos para ser solucionada.

    Estamos à disposição!
    Marcelo

    Espero que

  32. Prezado,

    Estou querendo o documento com os 10 itens muito importantes que devem ser levados em consideração quando estiver planejando seus contatos de captação de recursos. Desde já obrigado.

  33. Boa tarde meus Senhores.Sou João alfazema,apartir do distrito de Milange na República de Moçambique.Sou Presidente da Associação Kulinji,uma Ass.que luta para o bem estar das Crianças.Meu pedido, é de pedir conhecer os Doadores,para financiar nosso Projecto de “Apoio Psico Social as Crianças órfãs e Vulnerável.Depois de nos ajudar em identificar o/os Doadores,estou pedir para me enviar resposta ou estatutos dos Doadores no meu endereço de e-mail.Abraços.Sou:João Alfazema,apartir de Moçambique

  34. Olá Érick, agradecemos o seu contato.
    Seja bem vindo à Alavanca Social.

    Sobre sua pergunta ficou uma dúvida.
    Você está falando sobre as 10 principais ações na captação de recursos ou sobre os 10 itens que compõem o Estatuto do Doador?
    Favor nos retornar para ver como poderemos te passar as informações.

    Abraços
    Marcelo R Paula

  35. Bom dia João, agradecemos o seu contato
    Seja bem vindo à Alavanca Social!

    Sobre sua pergunta, não dispomos de lista de doadores para este tipo de projeto.
    A melhor maneira sempre é pesquisar na internet, falar com amigos e pessoas de sua comunidade, sua cidade e região, como forma de obter informações que te ajudem a selecionar empresários e pessoas que possam ajudar o projeto.
    Sem este estudo, fica mais difícil conseguir.
    No nosso caso, como estamos no Brasil, não conhecemos bem os modelos e empresas que atuam com responsabilidade social em Moçambique, ficando difícil obter diagnósticos mais esclarecedores sobre sua região.

    Se necessitar de dicas de como fazer a captação de recursos, poderemos ajudá-lo.

    Grande abraço
    Marcelo R Paula

  36. Lendo os seus comentários me interessei no documento “Estatuto do doador”. Participo de uma ONG em Natal/RN e estamos com projetos escritos com todo o planejamento e cronograma, em busca de parceria para o desenvolvimento deles.

  37. Olá Simone, grato pelo seu contato.

    A captação de recursos é um dos desafios mais interessantes que que vivenciei em minha vida e através de um bom planejamento, execução e avaliações constantes, as chances de sucesso aumentam significativamente. Uma das partes mais importantes que pode garantir a subsistência e sustentabilidade de uma organização ou projeto é a relação que devemos ter com os apoiadores, doadores ou patrocinadores, pois define a “fidelidade” dos mesmos a curto, médio e longo prazo.

    O Estatuto do Doador não é um documento oficial, idealizado por juristas, legisladores, ou governos, na verdade ele é resultado da união de experiências e ideias de captadores de recursos da Europa, EUA, Canadá e alguns países da América Latina, e que define/sugere ações que estejam relacionadas a pessoas que acreditam nos projetos que chegam até eles, sendo a permanência deste apoio condicionado a determinadas atitudes de captadores, gestores, conselhos das organizações, colaboradores em gera. São 10 itens de extrema importância e que se seguidos, podem fidelizar um apoiador por muito tempo, sendo a transparência e respeito os principais ingredientes para que isso aconteça;

    Para você ter acesso a estes 10 itens acesse nossa página: https://alavancasocial.com.br/artigosinformacoes/estatuto-do-doador/

    Qualquer dúvida favor me retornar. Se precisarem de orientações a respeito podemos marcar um evento em sua região para falar sobre este e outros assuntos.

    Abraços!
    Marcelo R Paula

  38. Boa tarde !
    Me chamo Luiz Henrique e sou voluntário na comunidade terapêutica Desafio Jovem Lavras que cuida de dependentes químicos gratuitamente, e eu gostaria de receber o Estatuto do Doador por e-mail se possível pois como os internos fazem o tratamento gratuito, nós passamos por muitas dificuldades financeiras !!!

  39. Olá Luiz Henrique, grato pelo seu contato.

    A captação de recursos é um dos desafios mais interessantes que que vivenciei em minha vida e através de um bom planejamento, execução e avaliações constantes, as chances de sucesso aumentam significativamente. Uma das partes mais importantes que pode garantir a subsistência e sustentabilidade de uma organização ou projeto é a relação que devemos ter com os apoiadores, doadores ou patrocinadores, pois define a “fidelidade” dos mesmos a curto, médio e longo prazo.

    O Estatuto do Doador não é um documento oficial, idealizado por juristas, legisladores, ou governos, na verdade ele é resultado da união de experiências e ideias de captadores de recursos da Europa, EUA, Canadá e alguns países da América Latina, e que define/sugere ações que estejam relacionadas a pessoas que acreditam nos projetos que chegam até eles, sendo a permanência deste apoio condicionado a determinadas atitudes de captadores, gestores, conselhos das organizações, colaboradores em geral. São 10 itens de extrema importância e que se seguidos, podem fidelizar um apoiador por muito tempo, sendo a transparência e respeito os principais ingredientes para que isso aconteça;

    Para você ter acesso a estes 10 itens acesse nossa página:https://alavancasocial.com.br/artigosinformacoes/estatuto-do-doador/

    Qualquer dúvida favor me retornar. Se precisarem de orientações a respeito podemos marcar um evento em sua região para falar sobre este e outros assuntos.

    Abraços!

  40. Olá, bom dia,
    Estamos iniciando em uma associação e temos como foco principal a capacitação de jovens e adultos para inserção no mercado de trabalho para geração de emprego e renda. Estou precisando de ajuda no sentido, de ver onde posso encontrar parceiros para alavancarmos esses projetos.

  41. Olá Jonas, agradecemos o seu contato.
    Parabéns pelo projeto.

    Infelizmente não fazemos parceria para introduzir projetos, pois somos uma empresa de capacitação, eventos e prestação de serviços. Se necessitarem de capacitação para prepará-los para fazer a busca e o planejamento, estamos à disposição!

    Quanto à sua pergunta sobre conseguir parceiros, sugiro você criar campanhas de captação de recursos que possa equacionar as ações do projeto.
    Para isso é preciso ter em mente que as principais informações do que desejam devem estar bem claras, pois bem definidas permitirá a vocês elaborarem um planejamento adequado para conseguir os recursos humanos, materiais e financeiros, isso sem contar com as parcerias que também devem fazer parte deste planejamento. Veja a seguir algumas dicas para criar estas campanhas e seu planejamento:
    A busca por recursos é uma das tarefas mais árduas, porém, compensadoras quando conseguimos atingir nossos objetivos.
    Para realizá-la é necessário conhecer um pouco desta atividade, ter boas noções de organização, liderança e boa comunicação como requisitos mínimos para iniciar o trabalho de planejamento e posteriormente sua execução prática.
    Veja a seguir algumas delas:
    Estar preparado para receber os recursos talvez seja o maior desafio das instituições e projetos. Existem muitas opções de mobilização e captação, contudo, é necessário que esteja com todas as questões legais em dia, um projeto bem elaborado, um grupo de trabalho focado no trabalho e o profundo desejo de transformar o meio onde se vive.

    Vocês já possuem uma sede? Estão legalizados em seu município? Qual é a missão do projeto? O estatuto está elaborado?

    Essas e muitas outras perguntas serão feitas por empresários, poder público e comunidade antes de ajudar o projeto.
    Estando com tudo isso em ordem, inicia-se o trabalho de planejar a captação de recursos, seja ela material, humano ou financeiro.
    A Captação de Recursos, como todas as atividades humanas, necessitam de uma preparação e planejamento adequados com certa antecedência à ação, para que possam ter uma chance maior de sucesso. Costumo sempre dizer aos meus alunos que para realizar uma boa campanha de Captação de Recursos, sejam eles quais forem, é preciso conhecer bem o seu entorno, pois na maioria das vezes, todas as soluções estão dentro da própria comunidade que estão inseridos, seja na forma solidária das pessoas comuns da sociedade, que doam um pequeno valor mensal, como para empresários e poder público que dispõem de valores maiores para as causas sociais, saúde, esportes, meio ambiente, etc.
    Vai aí algumas dicas:
    1) Antes de tudo procure identificar exatamente o que deseja captar (recursos humanos, materiais ou financeiros).
    2) Faça uma lista por ordem de importância e necessidade. Converse com todos as pessoas envolvidas no projeto para não deixar nada de fora, desde o mais graduado até o mais humilde colaborador…todos são importantes para determinar as necessidades do projeto.
    4) Faça um levantamento das empresas de sua cidade e identifique a área de atuação de cada uma delas.
    5) Selecione aquelas com maiores possibilidades de ajudá-los no seu projeto.
    6) Procure descobrir o maior nº de detalhes sobre eles antes do contato.
    7) Você tem de estar com o projeto escrito para deixar com o possível investidor se assim for solicitado.
    8) Prepare também um Resumo Executivo, pois ele servirá para os primeiros contatos, quando a maioria solicita o envio via e-mail ou correios.
    8) Prepare uma apresentação do projeto.
    9) Marque encontros para apresentar o projeto ao empresário.
    10) Procure definir cotas de patrocínio de acordo com orçamento pré-definido. Quando você define cotas, facilita-se o apoio e a chegada de diversos doadores.
    11) Trabalhe a ideia de formação de um pool de mantenedores para custear, pelo menos, as despesas principais da instituição.
    12) Mostre a eles como eles são importantes para o projeto e que serão parceiros em todas as atividades da organização e que estarão sendo divulgados em todas as formas de mídia.
    13) Consiga apoio da comunidade para trabalhar na captação de recursos menores.
    14) Em relação às pequenas empresas, sugere-se conseguir apoio de algum bem material ou até mesmo um espaço que esteja necessitando.
    15) Em relação ao governo local, estabeleça uma negociação pautada na ética e edificação da causa, mostrando a importância para a comunidade.
    16) Procure se reunir periodicamente para ver o andamento da captação diretamente com todos os envolvidos.
    17) Procure formar parcerias. Elas fortalecem o projeto e a instituição.
    18) Por se tratar de projeto de capacitação, procure conhecer à fundo todas as premissas que envolvem estas atividades e seus resultados, pois o empresário tem de saber quais serão as vantagens que terão apoiando seu projeto.

    Existem outras formas de captação, como o CROWDFUNDING, que atualmente trata-se de um formato interessante para conseguir os recursos. Leia sobre o assunto e implante aí na sua região.

    Desejamos boa sorte a vocês. Qualquer coisa pode retornar.

    Grande abraço

  42. Somos a APRECED – Associação de Preservação do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e Difusão da Cultura e Educação. Estamos apresentando o Projeto “Limpando o meio Ambiente e Varrendo a Exclusão Social”, trata- se da fabricação industrial de vassouras através de garrafas pet, com proposta de Parceria, para vossa apreciação. Este projeto , esta embasado fortemente em ações para o Meio Ambiente, Inclusão Social , Sustentabilidade, trabalho e renda , economia solidaria e que permeiam um caminho para empoderamento de classes de baixo poder aquisitivo , contenção de resíduos sólidos de lixo para o Meio Ambiente e resgate da dignidade humana.

    Obrigado
    Atenciosamente
    Nestor de Moura
    coordenador do projeto

    PERGUNTO: Será que existe possibilidade de patrocínio. E quanto abre novos editais para patrocínios.
    Obrigado

  43. Olá Nestor,
    Agradecemos o seu contato.

    Primeiramente esclarecendo que não temos política de patrocínios, somente replicamos informações de interesse público.
    Nós procuramos colaborar, além da divulgação da informação, é dando dicas para que as pessoas possam encontrar um caminho para a obtenção de recursos, lembrando sempre que quando vai planejar a campanha, deve pensar sobre todas as possibilidades de recursos, ou seja, Humano, Material e Financeiro.

    Também ministramos cursos e eventos para a capacitação de pessoas nesta e outras áreas também. Acesse https://institutosabedoria.wordpress.com/

    Se interessarem estas dicas favor nos retornar.

    Um grande abraço!
    Marcelo R Paula

  44. Olá. Em primeiro quero parabeniza-los pelo excelente conteúdo e ferramenta de apoio que é este site. Em segundo, busco informações sobre, quais setores (publico-privado) podemos buscar recursos para nosso projeto de “Programa de atenção e inclusão para idosos no mercado de trabalho”. Precisamos pagar o desenvolvimento de um Portal e realizar algumas ações em campo onde precisaremos custear uma equipe com transporte, alimentação, hospedagem e honorários ( E se podemos utilizar “ajuda de custo” para subsidiar este custeio com menos impostos). Visto que a carga tributária morde boa parte dos recursos de um projeto quando se paga pessoal. Aguardo contato, grato, Lannes Lopes.

  45. Olá Lannes, agradecemos seu contato e elogios.
    Nosso objetivo sempre é poder promover o conhecimento através de cursos, palestras e até consultorias dirigidas, como forma de colaborar com as pessoas a atingirem seus objetivos.

    Sobre suas perguntas, fica difícil uma análise mais detalhada que pudessem indicar caminhos.
    O que normalmente fazemos é passar algumas informações e dicas que possam direcionar as pessoas.
    No seu caso, entendi que necessitam de recursos para uma pesquisa que traga subsídios suficientes para implantarem o projeto para os idosos, é isso mesmo? Para isso imagino alguns caminhos que possam levar a planejar campanhas de captação de recursos:
    – Apresentação em empresas;
    – Leis municipais, estaduais e federais de incentivo fiscal;
    – Editais nacionais e internacionais;
    – Plataforma Crowdfunding;
    – Projeto gerador de renda (vide McLancheFeliz do Macdonalds e GRAACC);
    – Fundações nacionais e internacionais;
    – Organizações Religiosas;
    – Venda de produto personalizado;
    – Convênios com governos municipais, estaduais e federal;
    – Eventos;
    – Parcerias.

    Enfim, a gama é muito grande. O ideal é escolher no máximo 3 modalidades, planejar e colocar em pratica.

    Sobre redução da carga tributária, se vocês tem um estatuto que os qualifica como Organização Social sem Fins Lucrativos, você naturalmente terá direito a isenção ou imunidade em determinadas taxas e impostos que normalmente são cobrados nas empresas da livre iniciativa.

    Espero que tenha ajudado.

    Grande abraço!
    Marcelo R Paula
    Idealizador dos Projetos
    Alavanca Social e Instituto Sabedoria

  46. Devido a toda problematica em que se encontra nosso Pais, estamos com dificuldades para darmos continuidade ao atendimento terapeutico gratuito de 50 crianças e adolescentes com diversas sindromes, por isso vimos solicitar orientação a fim de podermos angariar fundos e associarmos nossa instituiçao para podermos continuar com trabalho que já é desenvolvido a quase 20 anos na comunidade da Vila Cruzeiro na Penha , Rj.
    Desde já agradecemos, colocando-nos a disposicao para maiores esclarecimentos
    Julia – Assistentre Social
    julia.quintas@yahoo.com.br

  47. Olá Julia, tudo bem?
    Obrigado pelo seu contato.
    Realmente estamos passando por um grande desafio, ocasionado principalmente pelas instituições públicas e que refletiu em todo o país.
    Todos, sem exceção, estão tendo que encontrar meios criativos para atrair o que se deseja e necessita.
    Em relação ao seu pedido, quando não temos mais informações ou não estamos trabalhando diretamente na organização, procuramos colaborar passando dicas e informações que possam ajudar as organizações e pessoas na busca de recursos ou outras dúvidas que estejam tendo.
    Em relação aos recursos veja a seguir uma sequência de planos e ações importantes na captação de recursos, sejam eles humanos, materiais e financeiros:
    Para fazer a captação dos recursos humanos, materiais e financeiros necessários para o seu projeto, é necessário seguir alguns passos importantes. Veja abaixo algumas dicas para a captação de recursos, independente de ser um projeto incentivado ou não.
    A busca por recursos é uma das tarefas mais árduas, porém, compensadoras quando conseguimos atingir nossos objetivos.
    Para realizá-la é necessário conhecer um pouco desta atividade, ter boas noções de organização, liderança e boa comunicação como requisitos mínimos para iniciar o trabalho de planejamento e posteriormente sua execução prática.
    Veja a seguir algumas delas:
    Estar preparado para receber os recursos talvez seja o maior desafio das instituições e projetos. Existem muitas opções de mobilização e captação, contudo, é necessário que esteja com todas as questões legais em dia, um projeto bem elaborado, um grupo de trabalho focado no trabalho e o profundo desejo de transformar o meio onde se vive.

    Vocês já possuem uma sede? Estão legalizados em seu município? Qual é a missão do projeto? O estatuto está elaborado?

    Essas e muitas outras perguntas serão feitas por empresários, poder público e comunidade antes de ajudar o projeto.
    Estando com tudo isso em ordem, inicia-se o trabalho de planejar a captação de recursos, seja ela material, humano ou financeiro.

    A Captação de Recursos, como todas as atividades humanas, necessita de uma preparação e planejamento adequados com certa antecedência à ação, para que possam ter uma chance maior de sucesso. Costumo sempre dizer aos meus alunos que para realizar uma boa campanha de Captação de Recursos, sejam eles quais forem, é preciso conhecer bem o seu entorno, pois na maioria das vezes, todas as soluções estão dentro da própria comunidade que estão inseridos, seja na forma solidária das pessoas comuns da sociedade, que doam um pequeno valor mensal, como para empresários e poder público que dispõem de valores maiores para as causas sociais, saúde, esportes, meio ambiente, etc.
    Vai aí algumas dicas:
    1) Antes de tudo procure identificar exatamente o que deseja captar (recursos humanos, materiais ou financeiros).
    2) Faça uma lista por ordem de importância e necessidade. Converse com todos as pessoas envolvidas no projeto para não deixar nada de fora, desde o mais graduado até o mais humilde colaborador…todos são importantes para determinar as necessidades do projeto.
    4) Faça um levantamento das empresas de sua cidade e identifique a área de atuação de cada uma delas.
    5) Selecione aquelas com maiores possibilidades de ajudá-los no seu projeto.
    6) Procure descobrir o maior nº de detalhes sobre eles antes do contato.
    7) Você tem de estar com o projeto escrito para deixar com o possível investidor se assim for solicitado.
    8) Prepare também um Resumo Executivo, pois ele servirá para os primeiros contatos, quando a maioria solicita o envio via e-mail ou correios.
    8) Prepare uma apresentação do projeto.
    9) Marque encontros para apresentar o projeto ao empresário.
    10) Procure definir cotas de patrocínio de acordo com orçamento pré-definido. Quando você define cotas, facilita-se o apoio e a chegada de diversos doadores.
    11) Trabalhe a ideia de formação de um pool de mantenedores para custear, pelo menos, as despesas principais da instituição.
    12) Mostre a eles como eles são importantes para o projeto e que serão parceiros em todas as atividades da organização e que estarão sendo divulgados em todas as formas de mídia.
    13) Consiga apoio da comunidade para trabalhar na captação de recursos menores.
    14) Em relação às pequenas empresas, sugere-se conseguir apoio de algum bem material ou até mesmo um espaço que esteja necessitando.
    15) Em relação ao governo local, estabeleça uma negociação pautada na ética e edificação da causa, mostrando a importância para a comunidade.
    16) Procure se reunir periodicamente para ver o andamento da captação diretamente com todos os envolvidos.
    17) Procure formar parcerias. Elas fortalecem o projeto e a instituição.
    18) Por se tratar de projeto com possibilidades de oferecer incentivos, procure conhecer à fundo todas as premissas que envolvem as leis, decretos, portarias, publicações, etc., pois o empresário tem de saber quais serão as vantagens que terão apoiando seu projeto.

    Existem outras formas de captação, como o CROWDFUNDING, que atualmente trata-se de um formato interessante para conseguir os recursos. Leia sobre o assunto e implante aí na sua região.

    Desejamos boa sorte a vocês. Qualquer coisa pode retornar.

    Grande abraço
    Marcelo

  48. Faço parte de uma Comunidade Religiosa, e preciso de infirmação de como montar uma planilha para realização de um evento, para captação de recurso. Como como? O que é necessario saber?
    Fico aguardando resposta. Obrigada.
    Erinalda

  49. Olá Erinalda, agradecemos o seu contato.

    Sobre seu pedido, para dar alguma dicas a você é preciso que nos informe o tipo de evento e o que deseja controlar.
    Da forma que colocou não tem como imaginar algum controle para o que deseja realizar.

    Aguardo você!

  50. Acho importante divulgar todas as informações sobre captação de recursos, pois muitos empresários não conhecem e não sabem os principais meios para conseguir…

  51. Olá Claudio, grato pelo seu contato.

    Verdade, se os empresários tiverem acesso a estas informações podem realizar grandes coisas em benefício da sociedade, e por conseguinte, para eles mesmos. O maior desafio é encontrar maneiras destas informações chegarem até eles, pois antes da informação chegar à pessoa que decide, passa por assistentes que não tem ideia da informação recebida, e quase sempre deixam de encaminhar às áreas competentes.
    O ideal será um mailing para contato direto com empresários, facilitaria muito essa comunicação.

    Um ótimo dia!
    Marcelo

  52. Olá Claudio, grato pelo seu contato.

    Verdade, se os empresários tiverem acesso a estas informações podem realizar grandes coisas em benefício da sociedade, e por conseguinte, para eles mesmos. O maior desafio é encontrar maneiras destas informações chegarem até eles, pois antes da informação chegar à pessoa que decide, passa por assistentes que não tem ideia da informação recebida, e quase sempre deixam de encaminhar às áreas competentes. O ideal será um mailing para contato direto com empresários, facilitaria muito essa comunicação.

    Um ótimo dia!

    *”Nosso lema é Aprender, ensinar e compartilhar”*

    *Marcelo Rachid de PaulaTreinamento Comunicação Eventos Terceiro Setor* *http://alavancasocial.com.br *

    *http://institutosabedoria.wordpress.com * *(0xx11)3379-8176 / (11)96201-0700 / (11)97655-2347* *Promovendo soluções para você vencer!*

  53. Boa noite, gostaria de alguma informação sobre captação de recursos para projetos de reciclagem, estou em Trancoso na Bahia um distrito da cidade de Porto Seguro com 15mil habitantes mas no verão chega as 12mil pessoas por dia gerando muito lixo, aqui realizamos o trabalho de coleta seletiva e educação ambiental na comunidade, estamos precisando de ajuda para continuarmos nossas operações , não temos nenhum apoio publico ou privado, mas temos a força de vontade e a fé que ate hoje nos deixa de pé, aqui na região infelizmente não temos aterro , temos o lixão de porto seguro para onde e destinado todo nosso lixo, realizo a coleta separação e destinação correta dos resíduos recicláveis , gostaria de conseguir algum incentivo para aprimorarmos esse trabalho.

    Att,
    Fernando Bruno

  54. Olá Fernando, agradeço o seu contato.
    Primeiramente, parabéns pelo projeto.

    Informamos que não temos vínculo com empresas ou práticas de patrocínio. Nossas atividades estão direcionadas para atender as pessoas e organizações através de consultorias dirigidas, treinamento e compartilhamento de informações. Somos uma empresa especializada em assuntos relacionados ao Terceiro Setor e seus maravilhosos projetos, que tanto fazem pelas comunidades.

    Sobre o seu pedido, existem diversas maneiras de você implantar uma campanha de captação, que podem gerar os recursos necessários para sua implantação e/ou manutenção. Tudo vai depender do que realmente necessita, estar legalizado é importante e que tipo de parceria irá propor.

    Dentre as formas mais conhecidas de captação de recursos, destaco:
    – Criar formulário no seu site ou alguma área de publicações na internet, solicitando doação via imposto de renda;
    – Editais Públicos e Privados (nacionais e internacionais)
    – Parcerias com empresas do setor privado;
    – Convênios com o Poder Público;
    – Campanhas de pessoas físicas;
    – Instituições Religiosas;
    – Cadastro de Projeto em plataforma CROWDFUNDING;
    – Criação de um projeto gerador de renda;
    – Venda de produtos;
    – Prestação de Serviços;
    – Parcerias com pessoas ou instituições;
    – Voluntariado;
    – Programas locais de arrecadação via Nota Fiscal (se houver);
    – Leis de incentivo fiscal (ver Novo Marco Regulatório do Terceiro Setor).

    Além desses tem outros que podem dar certo, como eventos (almoços, jantares, eventos pagos, etc.), lojas tipo brechós, eventos comemorativos, etc.

    Enfim, muitas formas de captação. O mais trabalhoso é a preparação, planejamento e implantação, além de conseguir pessoas comprometidas para te ajudar durante as campanhas. Porém, com determinação e foco, acredito que poderá ter sucesso. Estamos à disposição!

    Normalmente ajudamos de 3 formas: Realizar consultoria dirigida até o inicio ou final das campanhas, Ministrar cursos de capacitação para os envolvidos interessados em aprender ou passar dicas e sugestões para que as pessoas possam tentar planejar a campanha.

    Estamos à disposição! Boa sorte e sucesso sempre!

    Um excelente dia para vocês!

    Marcelo R Paula
    (11)97655-2347 (Whatsapp)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s