Banco Tupinambá: promovendo o crescimento de pessoas e comunidades


cabecalho-banco

Olá Pessoal!

Transformar positivamente a vida das pessoas e situações é um dever de todos nós.

Em todas as partes do planeta observamos fatos e acontecimentos que promovem esta condição e são dignas de apoio e divulgação, como forma de permitir que este DNA se espalhe pelo mundo e provoque avalanches de mudanças positivas na vida de todos os envolvidos.

Dentro deste contexto, vamos falar hoje sobre uma instituição localizada na Ilha do Mosqueiro, a qual faz parte do município de Belém do Pará.

ilha mosqueiro2

A ideia surgiu a partir dos problemas que afligem muitas cidades pelo Brasil, como falta de oportunidades, infraestrutura, desenvolvimento sustentável, etc., onde viviam basicamente à base da pesca e turismo. Foi então que Ivoneide Vale teve a ideia de criar uma organização que pudesse levar a força para as pessoas, no sentido de impulsioná-las para novos tempos e seguindo o velho e sábio conselho de crescimento comunitário, “Ensinar a pescar, do que dar somente o peixe”, idealizou a BANCO COMUNITÁRIO TUPINANBÁ, cuja missão é “Promover o desenvolvimento econômico da comunidade da Baía do Sol, através de serviços financeiros, social e cultural tendo como base os princípios da Economia Solidária.” 

tupinambá comercio

As principais diretrizes que movimentam as ações do Banco e os fazem sua razão de existir são:

  • Organizar redes de prosumidores (produtor + consumidor)
  • Desenvolver a comunidade da Baía do Sol
  • Desenvolver o empreendedorismo na comunidade
  • Fortalecer a moeda social
  • Promover o consumo solidário
  • Incentivar a cultura regional
  • Oferecer serviços financeiros econômicos

Estas e outras ações estão sendo determinantes para a vida de toda a comunidade, transformando positivamente a vida das pessoas, sendo um ponto de destaque a criação de uma moeda local (MOQUEIO) que movimenta toda a economia e moradores da região.

moeda moqueio

Poderíamos ficar falando sobre seus projetos por muito tempo, mas preferimos que assista o vídeo a seguir que fala sobre a Instituição, seus objetivos, resultados e depoimentos:

Visite o site http://bancotupinamba.blogspot.com.br/ e conheça detalhes deste belo projeto.

Convite para Curso de Gestão Cultural na Fesp-SP – Faça já sua inscrição e reserve sua participação!


Olá pessoal,

A Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – Fesp, sempre preocupada em oferecer os melhores conteúdos e informações para a capacitação das pessoas, está convidando a todos para participarem do Curso INTRODUÇÃO À GESTÃO CULTURAL.

O curso é o 1º Módulo de três que compõem o tema Gestão Cultural. Introduz conteúdos básicos e técnicas que permeiam o trabalho de um gestor cultural. Sua estrutura desenvolve-se sob três campos do conhecimento: arte educação, comunicação e o da informação, os quais estão distribuídos em cinco temas. Finaliza com a pontuação de conceitos básicos para a elaboração de um plano de ação cultural.

Para aqueles que já tem atuações nesta área e desejam se aprimorar em alguns contextos, podem estar escolhendo qual módulo participar, focando apenas na sua necessidade. Para aqueles que desejam conhecer e atuar nesta área, sugerimos fazer os 3 módulos

Este curso foi idealizado por um grupo de docentes excelentes, todos especialistas em suas áreas de ação e atualizados nos principais contextos culturais existentes no país, facilitando o entendimento dos aspectos que envolvem a Gestão Cultural.

A Alavanca Social, através de Marcelo Rachid de Paula estará responsável para a aula sobre Captação de Recursos.

Para alunos da Fesp são concedidos descontos especiais. Para ex-alunos, instituições conveniadas e funcionários da prefeitura e dependentes também é concedido ótimo desconto.

Para conhecerem mais detalhes sobre o 1º MÓDULO, acessem http://www.fespsp.org.br/extensao/matriculas-abertas/introducao-a-gestao-cultural.

Faça já a sua matrícula: http://www.fespsp.org.br/fespsp-inscricao/extensao

Veja a seguir a divulgação do evento:

Folder Curso Cultural Fesp

Convite para Curso de Extensão na Fesp-SP sobre Gestão Cultural


GESTÃO CULTURAL

Olá pessoal,

A cultura é uma parte de extrema importância no contexto de uma nação e para que seja ricamente explorada, também são necessários ingredientes para que sejam úteis na vida das pessoas. Um destes ingredientes e o mais importante é seguramente a presença do especialista capaz de colocar em prática todo o seu conhecimento para que os conteúdos e exposições sejam os melhores para todos!

É dentro deste conceito que a Fesp-SP está convidando a todos para o curso de Extensão “INTRODUÇÃO À GESTÃO CULTURAL”, o qual será o 1º Módulo para a capacitação de pessoas na prática da Gestão Cultural. Caberá à Alavanca Social ministrar a aula que tratará sobre a Captação de Recursos nesta área.

PROGRAMA DE DESCONTOS

Alunos regularmente matriculados em cursos de graduação e pós-graduação da FESPSP têm 40% de desconto nos cursos do programa de extensão.

Instituições conveniadas e ex-alunos da FESPSP têm 15% de desconto no valor total do curso.

Prefeitura Municipal de São Paulo, 15% de desconto para servidores e dependentes

Veja se sua instituição é conveniada com a FESPSP e aproveite o benefício

Vejam a seguir informações mais detalhadas sobre o curso:

Detalhes sobre o curso: http://www.fespsp.org.br/extensao/matriculas-abertas/introducao-a-gestao-cultural

Faça já a sua inscrição: http://www.fespsp.org.br/fespsp-inscricao/extensao

Introdução a Gestão Cultural – Módulo I

Curso de Extensão – 20 hs

Coordenação: Profa. Dra. Tania Callegaro.

I. Apresentação

 O curso é o 1º Módulo de três que compõem o tema Gestão Cultural. Introduz conteúdos básicos e técnicas que permeiam o trabalho de um gestor cultural. Sua estrutura desenvolve-se sob três campos do conhecimento: arte educação, comunicação e o da informação, os quais estão distribuídos em cinco temas. Finaliza com a pontuação de conceitos básicos para a elaboração de um plano de ação cultural.

II. Justificativa

O gestor cultural atua no amplo e complexo campo da cultura contemporânea. Tarefa nada óbvia, ou fácil de realizar, na qual o conhecimento de algumas técnicas e teorias resolveria. A cultura envolve o marketing, a produção e consumo artístico em todas as nuances de sua diversidade cultural, a atuação dos centros de informação e cultura formais e informais (a as escolas, o espaço da rua, os museus de arte, as bibliotecas), os movimentos organizados pelos direitos humanos, as dinâmicas sociais locais e transnacionais, as mídias de massa popular, as políticas públicas de cultura, as redes sociais, etc… Essa realidade gera constantes mudanças e produções culturais que permitem afirmar a necessidade do conhecimento interdisciplinar, da avaliação e discussão de experiências, técnicas e teorias para trabalhar com a cultura.

Sabe-se que cada técnica traz um conceito de cultura e o tipo de relação que o gestor estabelece com a comunidade. Assim, pergunta-se: O gestor cultural sabe selecionar, distinguir as técnicas que utiliza? Para qual direção pretende caminhar? Onde se insere o gestor na sociedade? Qual é sua função? O que é cultura?

Neste curso valoriza – se o conhecimento da teoria, de algumas técnicas e o exercício da atitude investigativa, criativa, dialógica e reflexiva do gestor. Apresenta um modo de desenvolver a gestão cultural, e, ao mesmo tempo, desafia, instiga o/a cursista para questionar e reinventar esse modo.

Objetivo Geral

– Introduzir noções básicas, teórica e técnica, para iniciar um trabalho de gestão cultural.

Objetivos Específicos

Apresentar conceitos e técnicas básicas que permitam esboçar um plano de ação cultural.

– Dimensionar o trabalho do gestor cultural na dinâmica da cultura urbana.

Metodologia

– Aulas expositivas e práticas;

– apresentação de estudos de caso.

– aulas no laboratório de informática.

Carga horária: 20 hs

Oferta: 2º semestre de 2013

Dias da semana: sábados

Início: 24 de agosto

Horário: 09 às 13 hs

Estrutura do curso

1ª aula. O gestor cultural na dinâmica da cultura contemporânea. Profa. Dra. Tania Callegaro. 4 hs

2ª aula. Arte educação nos trânsitos culturais. Profa Ms. Jurema L.F. Sampaio. 4hs

3ª aula. Redes sociais, usos e cidadania. Profa. Ms Regina Fazioli. 4hs no laboratório de informática.

4ª Captação de Recursos. Prof. Marcelo Rachid. 4 hs

5ª Plano de ação cultural – pontos básicos. Profa. Dra. Tania Callegaro. 4hs

 

Carga Horária

20 horas

Datas

24/08 a 28/09/2013

Docentes

Tania Callegaro-24/08,
Jurema Sampaio-31/08
Regina Fazioli- 14/09
Marcelo Rachid- 21/09
Tania Callegaro- 28/09

Duração

5 semanas

Horário

sábados, das 09h às 13h

Público Alvo

Livre

Aguardamos vocês por lá!

 

 

Alavanca Social em ação na Fesp-SP – Curso de Mediação Cultural


 

FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO E NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

A Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESP-SP, convida a todos para participarem do curso “CAPACITAÇÃO TÉCNICA DO MEDIADOR CULTURAL COMO DESENVOLVER AÇÕES E CAPTAR RECURSOS”.

No curso, busca-se oferecer conceitos, cases, estruturas de projetos e espaços de criação que atendem às essas perguntas, com o objetivo de preparar mais pessoas para entrarem nesse movimento de melhoria econômica e de busca de maior participação política e artística, além de formas de planejamento e captação de recursos.

O curso acontecerá em diversos módulos e caberá à Alavanca Social, ministrar aquele que tratará da Captação de Recursos.

Contamos com a sua presença! Vejam à seguir a chamada oficial da Fesp-SP.

FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO E NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

Para informações mais detalhadas acesse: http://www.fespsp.org.br/extensao/artc_bibci_mediadorcultural.html

Hospitais CEMA e Villa-Lobos promovem atividades de arte e cultura com a Arte Despertar


Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Cíntia Ferreira (Ecco Press Comunicação)

Cerca de 300 colaboradores de ambas as unidades devem participar de encontros de sensibilização até o final do ano, promovendo a humanização no ambiente hospitalar

O Grupo INAL, responsável pela administração dos Hospitais CEMA e Villa-Lobos e Instituto CEMA, vai promover, até o fim do ano, encontros de sensibilização com arte e cultura para mais de 300 dos seus colaboradores. O projeto é desenvolvido em parceria com a Associação Arte Despertar e tem como objetivo promover ações de humanização nos hospitais.

O primeiro encontro aconteceu em maio. Em julho reuniu 15 gestores de diferentes áreas do Grupo INAL em atividades de comunicação não-verbal, com a utilização de instrumentos de percussão e sons produzidos com o corpo, possibilitando aos participantes perceber a sintonia que a música proporciona para o cotidiano do serviço hospitalar, favorecendo a percepção de si próprio, do outro e do ambiente em que atuam.                                              

A equipe da Associação apresentou, ainda, a Tecnologia Arte Despertar/TAD. Uma metodologia social que consiste em ações estruturadas e aplicadas por arte-educadores, psicólogos e pedagogos em instituições hospitalares, para posterior disseminação entre os profissionais. Sua concepção está em consonância com os parâmetros da Política Nacional de Humanização/PNH.

A equipe de treinamento de Recursos Humanos do Grupo INAL receberá as informações necessárias para implementação das atividades desenvolvidas pela Arte Despertar com os demais profissionais da instituição, dando continuidade, posteriormente, ao trabalho de humanização com arte e cultura.

 

Informações à Imprensa

Hospital CEMA

Hospital Villa-Lobos

Ecco Press Comunicação

11.5543.0039

Nilza Botteon/ Tabata Alves/ Cintia Ferreira

Nilza.botteon@eccopress.com.br

Tabata.alves@eccopress.com.br

Cintia.ferreira@eccopress.com.br

 

Associação Arte Despertar

Helena Domingos / Júlia Ramos

11 3845-3349

comunicacao@artedespertar.org.br

redessociais@artedespertar.org.br

Convite para curso de CAPACITAÇÃO TÉCNICA DO MEDIADOR CULTURAL: COMO DESENVOLVER AÇÕES E CAPTAR RECURSOS



         

Ainda com algumas vagas disponíveis!

Inicio em 07/05/12.          INSCREVA-SE!

A Alavanca Social, em parceria coma Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESP-SP, estará fazendo parte do grupo de docentes que ministrará o curso CAPACITAÇÃO TÉCNICA DO MEDIADOR CULTURAL COMO DESENVOLVER AÇÕES E CAPTAR RECURSOS, ficando responsável pelo Módulo que tratará da Captação de Recursos.

O curso terá inicio em 07/05/2012 e concluirá em 13/06/2012, com as aulas acontecendo durante a semana, às segundas e quartas, das 19:00 às 22:30. O módulo que tratará da Captação de Recursos e que estaremos responsáveis será realizado nos dias 04 e 06/06/2012.

Objetivos

O curso tem por objetivo apresentar uma estrutura conceitual e técnica que permite ao cursista planejar e iniciar ações culturais com diferentes grupos sociais e culturais, atendendo suas necessidades e avanços específicos; dialogar com equipes multidisciplinares, acompanhar e avaliar os resultados obtidos. Afirma a importância do trabalho do mediador cultural para o crescimento econômico do país e a solidificação da base democrática. Ao tratar de cultura, o curso desenvolve-se permeando as áreas da arte educação, comunicação, ciências da informação, política, sociologia, educação e administração; ao pensar a prática, entende como ação transformadora que pede atitude inventiva e reflexiva.

Assim, no presente curso, busca-se oferecer conceitos, cases, estruturas de projetos e espaços de criação que atendem às essas perguntas, com o objetivo de preparar mais pessoas para entrarem nesse movimento de melhoria econômica e de busca de maior participação política e artística. Nesse sentido, são objetivos específicos:

– preparar o profissional para desenvolver projetos de ação cultural;
– apresentar conceitos básicos que permitam interpretar diferentes realidades sociais e culturais;
– apresentar e analisar experiências com ação cultural;
– propor estruturas de ação para viabilizar projetos de ação cultural;
– criar projetos de ação cultural.

Público Alvo

Profissionais do terceiro setor e de qualquer área de atuação; estudantes com graduação concluída ou em curso de qualquer área do saber, bem como para interessados em atuar com comunidades, nas áreas da cultura, informação, educação, arte e política.

Valor do Curso: R$ 650,00 divididos em 03 parcelas.

Para mais informações acesse: http://www.fespsp.org.br/extensao/artc_bibci_mediadorcultural.html

Faça já sua inscrição!

Poucas vagas ainda disponíveis! 

http://www.fespsp.org.br/extensao/fespextensao/Pages/Inscricao.aspx

Local:

Unidade General Jardim
Rua General Jardim, 522 – Vila Buarque
São Paulo – SP
Cep:01223-010
Próximo ao Metrô República ou Santa Cecília
Tel.: (11) 3123-7800 / 3255-2001

Fundo Comgás de Patrocínio Sociocultural até 31/03/12


Fonte: Renata Bertelli (R2B)

Prêmio Agente Jovem de Cultura


Foi publicado no Diário Oficial da União do dia 14 de dezembro o edital Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais, desenvolvido pelo Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Cidadania Cultural (SCC/MinC). O concurso vai conceder 500 prêmios, no valor de R$ 9 mil cada, a iniciativas culturais já realizadas e concluídas, propostas por jovens agentes culturais de todo o país. As inscrições para a premiação estão abertas a partir desta quinta-feira, 15, e se estendem até 31 de janeiro de 2012.

Poderão participar da iniciativa jovens brasileiros natos ou naturalizados e estrangeiros residentes há mais de três anos no país, na faixa etária entre 15 e 29 anos. O edital é uma parceria entre o MinC – que investirá R$ 2,9 milhões – e os ministérios da Saúde (R$ 1 milhão) e do Desenvolvimento Agrário (R$ 600 mil), além da Secretaria-Geral da Presidência da República/Secretaria Nacional de Juventude (R$ 500 mil).

Leia o edital

Anexo 1 – Formulário de inscrição

Anexo 2 – Declaração de Ciência

Anexo 3 – Declaração

Anexo 4 – Formulário Recurso – Fase Habilitação

Anexo 5 – Formulário Recurso – Fase Seleção

Clique aqui para fazer sua inscrição.

Tutorial para inscrições no SalicWeb

(Fonte: SCC/MinC)