(CORRENTE DO BEM) UM PEDIDO DE AJUDA


Bom dia pessoal!

Passando hoje para replicar e compartilhar uma campanha de doação para INSTITUTO ANJOS DA LUZ, que, em conjunto com o GSJNM – GRUPO SOCORRISTA JESUS NOSSO MESTRE, está pedindo doações cujo objetivo é, com o dinheiro arrecadado, reverter em alimentos, material de proteção, produtos de higiene e limpeza, etc. para famílias carentes.

Esta campanha foi motivada pela chegada do vírus COVID-19, que paralisou o Brasil e todo o planeta e, em função da necessidade de isolamento social, fez com que, principalmente famílias de baixa renda, tivessem suas dificuldades aumentadas. Portanto este é o momento para dar a nossa colaboração para ajudar pessoas carentes e necessitadas neste momento delicado que vive o planeta.

Para aqueles que desejarem entrar em contato com as instituições acima favor acessar os points de comunicação deles para mais informações: INSTITUTO ANJOS DA LUZ e GSJNM

O email de contato para esta campanha é unitodosialuzgsjnm@gmail.com

Whatsapp atual da campanha: (11)99714-1874 (Cleusa Martins)

Ver os dados para doação abaixo:

Instituto Beneficente Anjos da Luz

CNPJ: 11.313.096/0001-64

Banco Itaú – Agência 7472 – Conta corrente: 25000-5


VAMOS PARTICIPAR DESTA CORRENTE DO BEM!


Alavanca Social

Promovendo soluções e compartilhando para você vencer!


Dia de Doar Agora


Olá pessoal! Bom dia!

Depois de algum tempo sem fazer publicações, desejo compartilhar com vocês hoje uma publicação do site http://www.diadedoar.org.br.

Para aqueles que acompanham ações do Terceiro Setor sabem que foi institucionalizado um Dia de Doar aqui no Brasil, que sempre ocorre no mês de dezembro. Este ano, em função da pandemia e do momento atual que vive o Brasil e todo o planeta, foi idealizado o DIA DE DOAR AGORA, justamente para que, através da solidariedade das pessoas, Instituições do Terceiro Setor, Projetos Sociais e Ações Solidárias da Sociedade Civil Organizada possam obter recursos (humanos, materiais, intelectuais e financeiros), importantes para continuarem a fazer seu trabalho, cumprir suas missões e propósito, colaborando com aqueles que necessitam de ajuda.

Vejam a abaixo a reprodução deste artigo. Boas doações a todos!

Apesar da data ter sido ontem (05/05/20), eu sempre acredito que pode ser todos os dias….

Mobilizando o Brasil pela doação

No Dia de Doar, acreditamos que a generosidade tem o poder de unir e transformar comunidades tanto em momentos bons como nos ruins. Uma ameaça global como a COVID 19 não afeta apenas quem se infectou. Uma pandemia como essa mexe com cada um de nós no planeta e nos apresenta uma oportunidade de nos unirmos como uma comunidade global.

O Dia de Doar 2020 está agendado para 01 de dezembro mas, para atender a emergência em que vivemos, foi criado o Dia de Doar Agora, um novo dia global de doação e união que vai acontecer em 05 de maio, acompanhando o movimento global #GivingTuesdayNow.

A proposta é celebrar as doações já recebidas e mostrar o poder de transformação que as doações têm quando feitas em conjunto: a expansão da generosidade, o engajamento cidadão, a atuação forte no mundo dos negócios e das redes de filantropia e o apoio sem precedentes para as comunidades e ONGs por todo o Brasil.

Juntos podemos nos curar. Ser a parte da solução: mostre o seu apoio e se mobilize para fazer o bem. Nas redes sociais use as hashtags #diadedoar, #diadedoaragora, #eudoei, #orgulhodeserdoador.

Coloque na agenda!

Alavanca Social

Promovendo soluções e compartilhando para você vencer!


 

 

 

 

 

 

 

Com período de adesão aberto, 149 municípios já solicitaram a participação no Criança Feliz


Programa de Treinamento Alavanca Social e Instituto Sabedoria

Faça a pré-inscrição!


Olá pessoal,

Compartilhando com vocês uma notícia do Ministério do Desenvolvimento Social – MDS sobre o PROGRAMA CRIANÇA FELIZ.

O Marco Legal da Primeira Infância completou dois anos nesta quinta-feira (08/03/18). A lei estabeleceu princípios e diretrizes para a formulação e a implementação de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento infantil. Entre elas, o Criança Feliz. Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o programa é resultado da lei, e coloca em prática os cuidados voltados ao período em que o ser humano desenvolve a inteligência e as competências essenciais para as demais fases da vida.

O Programa Criança Feliz, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), está em expansão.

Desde a abertura do novo período para adesões, 149 prefeituras preencheram o termo de aceite disponível no site (http://www.mds.gov.br/) da pasta e solicitaram a participação. Outros municípios que cumprem os requisitos para participar, mas ainda não entraram no programa, têm até o dia 30 de junho para integrarem as ações voltadas para o desenvolvimento infantil integral.

Um dos novos municípios é Matipó, em Minas Gerais. A secretária de Assistência Social da cidade, Erlaine Inácio, fez o pedido de adesão e, agora, aguarda pelo início das atividades. “Assim que soubemos do programa, fomos atrás de mais informações e decidimos aderir. O que chamou a atenção foi o acompanhamento de crianças e gestantes, além da possibilidade de monitoramento da família, que é importante para sabermos como está a situação da alimentação, da escola, e até instruirmos sobre benefícios e direitos”, disse.

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, destacou que a ampliação do Criança Feliz garante o atendimento às crianças e famílias mais vulneráveis do Brasil e o investimento no início da vida –fase mais importante para o desenvolvimento humano.
“É importante que os municípios venham para o Criança Feliz e cuidem do seu bem mais precioso: as crianças pequenas. A ciência comprova que é no início da vida que todas as competências humanas se organizam. Se a gente deixar passar esse período sem nenhum apoio, as crianças vão ter muito mais dificuldades em seu desenvolvimento”, explicou.

Segundo a diretora de Atenção à Primeira Infância do MDS, Ely Harasawa, o balanço do programa é positivo. Já são atendidas mais de 223 mil crianças e gestantes em 1.891 municípios.
“A cada semana, o número de beneficiários aumenta. Esperamos que cresça ainda mais com a participação de novos municípios. Precisamos fazer chegar esse benefício a todas as famílias mais vulneráveis do país”, afirmou ela.

Adesões – Podem integrar o programa municípios que tenham ao menos um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) com registro no Cadastro Nacional do Sistema Único de Assistência Social (CadSuas) e, no mínimo, 140 pessoas do público prioritário do programa.
Para aderir, o gestor da assistência social deve acessar o sistema (com seu CPF e senha), preencher o termo de aceite e encaminhá-lo para aprovação do Conselho Municipal de Assistência Social.
Saiba mais O Programa Criança Feliz prioriza gestantes e crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), além daquelas que estão afastadas do convívio familiar por medidas protetivas.
Técnicos capacitados visitam às famílias, semanalmente, levando orientações sobre a melhor maneira para estimular o desenvolvimento infantil.

*Por Diego Queijo
Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003
Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
http://www.mds.gov.br/area-de-imprensa
(http://www.mds.gov.br/area-de-imprensa)
registrado em: Ministro Osmar Terra
(http://mds.gov.br/@@search?


Palestras Acadêmicas Alavanca Social

Programa de palestras gratuitas em Instituições de Ensino!


R2 Creative

Criação de Apresentações Profissionais, Pessoais e Acadêmicas!

A imagem e comunicação de sua Organização ou carreira em destaque!


A Alavanca Social e Instituto Sabedoria deseja um excelente 2018!


Olá pessoal!

O ano passou bem rápido não é mesmo?

Outro dia recebi uma mensagem de uma amiga que comparava cada ano como sendo um livro que se escreve a cada momento de nossas vidas e quando chega esta época, é momento de o colocarmos na Biblioteca da vida presente no universo.

Não importa se foram bons ou maus momentos, se conseguiu ou não atingir seus objetivos, mas cada experiência e o enriquecimento pessoal, profissional e espiritual através do conhecimento adquirido.

Mais alguns dias receberemos um novo livro, totalmente em branco e a partir do primeiro dia de janeiro temos a oportunidade de escrevê-lo e torná-lo a mais bela história de nossas vidas.

Foi muito bom estar com vocês em 2017, esperando que continuem conosco em mais uma jornada de alegrias e vitórias!

Um excelente 21018 a todos!

Marcelo Rachid de Paula

 

Como a MSF vacinou 25 mil meninas pré-adolescentes contra câncer cervical nas Filipinas


Olá pessoal!

Não me canso de admirar o trabalho realizado pelo pessoal da Organização MÉDICOS SEM FRONTEIRAS. Incansáveis e perseverantes…é como gosto de defini-los. Não desistem da luta para resolver ou minimizar situações críticas em todo o mundo.

Hoje vou compartilhar com vocês um artigo sobre uma das campanhas realizadas pelo mundo, desta vez em Manila, capital da Filipinas, e como realizaram uma vacinação em um dos locais mais precários de lá.

Vejam a seguir o artigo elaborado pela equipe de comunicação do MSF:

Mais de 300 mil pessoas vivem abarrotadas das favelas de Tondo, coladas às docas do porto de Manila, a capital das Filipinas. Tondo tem um número insignificante de médicos – apenas um para cada 36 mil habitantes.

Nesses distritos pobres, Médicos Sem Fronteiras (MSF) lançou uma campanha em larga escala para vacinar 25 mil jovens contra o papiloma vírus humano (HPV), uma das principais causas de câncer cervical – também conhecido como câncer de colo do útero.

NO LABIRINTO DE AROMA E HAPPYLAND

Todos os dias, 12 mulheres nas Filipinas morrem de câncer cervical. Em 2015, o governo intensificou seus esforços para combater a doença, dando prioridade às regiões mais pobres do país. Manila, também a capital financeira, não é uma delas. E enquanto apenas alguns quilômetros separam o opulento centro financeiro da cidade dos bairros de Tondo, a diferença entre ricos e pobres é imensa.

Com o apoio da Manila City Health e em parceria com a organização local Likhaan, MSF lançou uma primeira rodada de vacinas em fevereiro de 2017. Mais de 25 mil jovens de 9 a 13 anos receberam a primeira dose de uma vacina que, para ser eficaz, requer uma segunda dose seis meses depois.

As favelas de Tondo podem parecer um labirinto e muitos de seus moradores levam vidas imprevisíveis. É comum que as pessoas se mudem de repente, dependendo de suas condições de vida e oportunidades econômicas.

Manila é uma das cidades mais densamente povoadas do mundo, com mais de 70 mil habitantes por quilômetro quadrado. E, embora os nomes das favelas possam parecer pitorescos, elas refletem as condições desafiadoras dos moradores. Uma é chamada de “Happyland”, um jogo de palavras com o termo “hapilan”, que significa ‘lugar de despejo’ em uma língua local. Outro, “Aroma”, evoca os cheiros fortes que vêm das montanhas de lixo que circundam as favelas.

A maioria das residências – e seus habitantes – não possuem um endereço oficial. Armazéns vultosos e em desuso tornaram-se abrigos improvisados, cada um acomodando até centenas de famílias. Nesse caos, procurar um total de 25 mil jovens no início do ano foi um desafio. Encontrá-las novamente apenas seis meses depois, ainda mais.

A relativa falta de acesso à educação sobre saúde em Tondo poderia ter prejudicado a compreensão sobre a importância crucial da segunda dose. Além disso, não era possível marcar consultas com seis meses de antecedência para essas jovens, cujas famílias geralmente vivem uma existência imediatista em condições de privação.

Foi aí que o conhecimento da Likhaan sobre as favelas revelou-se vital.

Conhecidas como mobilizadoras comunitárias, as assistentes sociais locais cobriram quilômetros de ruas, de porta em porta, para fazer o acompanhamento de tantas garotas quanto fosse possível.

Elas também organizaram uma campanha de mensagens de texto visando os 10 mil números de telefone registrados durante a primeira rodada de vacinas, para enviar lembretes sobre a segunda dose.

Finalmente, elas realizaram sessões de educação comunitária nas favelas para lembrar as pessoas da importância dessa vacinação, além de suas sessões habituais sobre saúde reprodutiva e planejamento familiar.

DERROTANDO O CÂNCER CERVICAL

A Organização Mundial de Saúde recomenda a vacinação de meninas menores de 15 anos para reduzir o número de mulheres que desenvolvem câncer cervical à medida que envelhecem. Em 2011, o governo filipino integrou a vacinação contra o HPV no programa nacional e depois o estendeu em 2015, mas as mulheres mais velhas para as quais a vacina não existia quando eram adolescentes são muito mais propensas a contrair a doença.

MSF e Likhaan também criaram programas de triagem e tratamento. Suas equipes fornecem informações sobre o câncer cervical e oferecem consultas e tratamento gratuito em sua clínica de Tondo, bem como numa clínica móvel: uma van que atravessa os bairros mais pobres de Manila para chegar a um maior número de mulheres.

A triagem de rotina leva apenas três minutos. As mulheres com células pré-cancerígenas são imediatamente tratadas com crioterapia, enquanto as pessoas suspeitas de estarem em estágio mais avançado da doença são encaminhadas para o hospital para diagnóstico. A equipe apoia essas mulheres em todas as etapas do processo.

Mais de 1.200 mulheres passaram pela triagem entre janeiro e setembro de 2017.

Após semanas de trabalho árduo, as equipes alcançaram um resultado que superou as expectativas: quase 90% das meninas receberam a segunda injeção. Nesse tipo de campanha – onde os pacientes devem ir a um centro de saúde por conta própria – os organizadores geralmente conseguem mobilizar novamente entre 60% e 70% daqueles que receberam a primeira dose.

MOBILIZAR COMUNIDADES

Com a Likhaan, MSF realizou uma campanha de informação em larga escala. Likhaan apoia a saúde das mulheres e o planejamento familiar nas Filipinas há mais de 20 anos. O objetivo da campanha era mobilizar famílias e encorajar as jovens a retornar para a segunda dose da vacina.

FOOTNOTES: Direitos autorais: Hannah Reyes Morales

Manila, Filipinas


Programa de Treinamento Alavanca Social e Instituto Sabedoria

Faça a pré-inscrição!


Palestras Acadêmicas

Programa de palestras gratuitas em Instituições de Ensino!


R2 Creative

Criação de Apresentações Profissionais, Pessoais e Acadêmicas!

A imagem e comunicação de sua Organização ou carreira em destaque!


Você conhece o Projeto Banho de Gato?


Olá pessoal,

Passando hoje para compartilhar com vocês este belo projeto.

Tenho o hábito de dizer que todos os projetos sociais são bons para pessoas e comunidades e mexem comigo, alguns atuam com muita dedicação e amor, se posicionando de forma muito especial, principalmente aqueles que ajudam pessoas em condições de vulnerabilidade, seja ela qual for.

Hoje quero lhes apresentar o Projeto Banho de Gato, que atua na ajuda e recuperação da dignidade de Moradores de Rua. Veja a seguir um pequeno resumo sobre ele:

O Banho de Gato é um projeto que visa o desenvolvimento social focado nos moradores quem vivem em situação de rua que vivem em situações desumanas, ficando semanas sem tomar um banho. A proposta do projeto é arrecadar kits de higiene compostos por (shampoo, condicionador, sabonete, creme dental produtos de higiene pessoal em geral) já inclusos no valor da estadia de hotel, hostel, pousada, avião… Os kits são remontados sempre contendo os produtos de higiene, mas 2 preservativos e quando são direcionados para mulheres e travestis incluem produtos como absorventes, cremes, perfumes… Os kits são distribuídos para os moradores de rua que moram na região do centro de São Paulo, próximos a Cracolândia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um breve resumo

O projeto Banho de Gato surgiu no ano de 2016 quando ainda com uma proposta pequena,  sendo até então recolher kit de higiene com amigos mais próximos e distribuir pelo centro de São-Paulo, proposta que surgiu pela grande quantidade de moradores que vivem em situação de rua, consequência que gera fatores negativos na vida dessas pessoas, entre esses fatores está o banho uma necessidade básica e diária que todo ser humano precisa ter, coisa que não acontece com os moradores que vivem em situação de rua, pelo fato de não terem um lugar para se lavarem ficando dias até semanas sem um banho. Outra consequência importante para tirar o Banho de GATO do papel, foi através do TETO (ONG que atua nas comunidades de extrema pobreza com projetos sociais alinhando moradores e voluntários) uma das atividades realizada pela ONG é a construção de casas emergenciais, durante o evento é normal e faz parte ficar 2, ou 5 dias sem banho, abrindo exceção para lenço umedecido, questionamento e acomodação que foi levantando a necessidade, a importância e a felicidade após um simples banho. ‘’ É impossível tornar uma história real sem você participar dela’’. E enxergando toda essa necessidade e a importância do banho para uma pessoa, o projeto surge com Kit’s de banho compostos de sabonete, shampoo, condicionador, cremes, escova dental, absorvente, e sempre 2 preservativos, kit’s que são distribuídos para moradores de rua, junto com abraços, sorrisos, amor e uma dose de prosa, olhar nos olhos, dizer ‘’ Bom-dia’’, apertar as mãos, ser-humano é a porta de chegada para abordar um morador de rua e oferecer o Kit. O Banho de Gato doa produtos de higiene pessoal arrecadados em tamanho grande para A ONG CENA localizada próximo a Cracolândia que oferece todas as terças-feiras 200 senhas valendo banho, roupa e comida para os moradores de rua. O projeto tem alguns pontos de coletas espalhados pela cidade de São-Paulo e começa a contar com a doação de grandes empresas que acreditam no poder de transformação e em toda a beleza do trabalho e o cuidado com os moradores de rua.

QG

O projeto recebe doações de kit de higiene de qualquer estado do Brasil, kits que são enviados pelos correios para um escritório de recebimento, aonde são feitos os kits de banho e distribuídos na rua. O valor do envio sai sempre reduzido pelo fato dos produtos serem leves.

O endereço para envio dos kits é:

Rua: Martim Burchad 284. Brás /SP / CEP: 03043-020

Aos cuidados de Lenon de Oliveira Volpini.

Para mais informações sobre o projeto o e-mail é: projetobanhodegato@gmail.com

 

=======================================================================

Programa de Treinamento Alavanca Social e Instituto Sabedoria

Faça a pré-inscrição!


R2 Creative (Apresentações )

A imagem e comunicação de sua Organização e empresa em destaque!


Mães de Bebês com Microcefalia


Olá pessoal, bom dia!

Atuo como voluntário desde os 25 anos e tenho atuação profissional no terceiro setor desde 2007. Já vi e presenciei muitas situações, algumas boas, felizes, outras nem tanto, mas mesmo assim importantes, mesmo que seja para provocar um alerta ou até mesmo, promover modificações nas mentes e corações de todos.

Algumas me emocionam, outras me deixam tristes devido a determinadas situações, mas revelam uma força que pode surpreender e preencher cada um e impulsioná-lo na direção da união e do amor.

Porque estou falando isso? Recebi uma mensagem com uma apresentação que estava mostrando o universo de pessoas vivendo um grande drama em Campina Grande – MS, com mães travando a difícil batalha de receber uma nova vida, iniciando-a já com um grande desafio. Falo de crianças que estão nascendo com Microcefalia, doença grave que deforma a criança e impede o seu desenvolvimento natural, fazendo com que mães e pessoas ligadas a elas se dediquem muito para dar-lhes a melhor condição de vida.

Foi pensando nisso que Ianka, jovem mãe de 18 anos, criou um projeto e em união à Kickante (Plataforma de Financiamento Coletivo) o inseriram com o objetivo de obter ajuda para cuidar de seu filho e também para outras mães daquela região terem recursos necessários para tratamento de seus filhos que se encontram na mesma situação.

Vejam a seguir um breve resumo do projeto e o link que permitirá ter mais detalhes. Vamos ajudar!

Vejam o resumo:

campanha-ajuda-bebes-com-microcefalia

Já imaginou ouvir do seu médico que seu tão esperado filho vai nascer com microcefalia? Nós também não estávamos preparadas pra isso, e hoje buscamos forças sozinhas para enfrentar dificuldades emocionais e financeiras. Tivemos que largar nosso emprego para cuidar da saúde de quem mais amamos. Você não faria o mesmo? Agora contamos com a generosidade de pessoas como você para tratar nossos bebês. 

Eu, Ianka, tenho 18 anos e, aos sete meses de gestação de meu segundo filho, Sofia, soube da microcefalia. E com isso levou a brigas com meu marido. mais depois tudo se resolveu e estamos com nossa família unida novamente. Infelizmente não foi o mesmo com algumas mães. São centenas de nós, abandonadas por seus maridos, sozinhas com filhos doentes e dependentes.

campanha-ajuda-bebes-com-microcefalia2

Algumas de nós acordam de madrugada e saem ainda no escuro e sob muito frio para conseguir levar nossos pequenos para o tratamento. São dias difíceis, mas que sabemos que conseguiremos enfrentar se tivermos o básico, comida em casa para eles, água quente para um banho. Clique ao lado e dê o leite para nossos pequenos!

A microcefalia ainda está cercada de mistérios. No mundo inteiro, um exército de cientistas começou uma corrida para solucioná-los. Enquanto procuramos respostas, é preciso lidar com os problemas! Até o início do ano foram confirmados 863 casos de microcefalia, em 327 cidades brasileiras. Clique ao lado e transforme a realidade de trinta destas crianças, e nos ajude a lidar com tudo isso. É demais para enfrentarmos sozinhas, mas, com você, podemos ir adiante! Apoie nosso projeto.


Clique no link abaixo, conheça mais detalhes e faça a sua colaboração:

Mães de Bebês com Microcefalia

Compartilhe este projeto!


Quando há fraternidade, o amor é sereno; quando há solidariedade, o amor é ativo, e quando há caridade, o amor é vivo.

Juahrez Alves