Você conhece o Projeto Banho de Gato?


Olá pessoal,

Passando hoje para compartilhar com vocês este belo projeto.

Tenho o hábito de dizer que todos os projetos sociais são bons para pessoas e comunidades e mexem comigo, alguns atuam com muita dedicação e amor, se posicionando de forma muito especial, principalmente aqueles que ajudam pessoas em condições de vulnerabilidade, seja ela qual for.

Hoje quero lhes apresentar o Projeto Banho de Gato, que atua na ajuda e recuperação da dignidade de Moradores de Rua. Veja a seguir um pequeno resumo sobre ele:

O Banho de Gato é um projeto que visa o desenvolvimento social focado nos moradores quem vivem em situação de rua que vivem em situações desumanas, ficando semanas sem tomar um banho. A proposta do projeto é arrecadar kits de higiene compostos por (shampoo, condicionador, sabonete, creme dental produtos de higiene pessoal em geral) já inclusos no valor da estadia de hotel, hostel, pousada, avião… Os kits são remontados sempre contendo os produtos de higiene, mas 2 preservativos e quando são direcionados para mulheres e travestis incluem produtos como absorventes, cremes, perfumes… Os kits são distribuídos para os moradores de rua que moram na região do centro de São Paulo, próximos a Cracolândia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um breve resumo

O projeto Banho de Gato surgiu no ano de 2016 quando ainda com uma proposta pequena,  sendo até então recolher kit de higiene com amigos mais próximos e distribuir pelo centro de São-Paulo, proposta que surgiu pela grande quantidade de moradores que vivem em situação de rua, consequência que gera fatores negativos na vida dessas pessoas, entre esses fatores está o banho uma necessidade básica e diária que todo ser humano precisa ter, coisa que não acontece com os moradores que vivem em situação de rua, pelo fato de não terem um lugar para se lavarem ficando dias até semanas sem um banho. Outra consequência importante para tirar o Banho de GATO do papel, foi através do TETO (ONG que atua nas comunidades de extrema pobreza com projetos sociais alinhando moradores e voluntários) uma das atividades realizada pela ONG é a construção de casas emergenciais, durante o evento é normal e faz parte ficar 2, ou 5 dias sem banho, abrindo exceção para lenço umedecido, questionamento e acomodação que foi levantando a necessidade, a importância e a felicidade após um simples banho. ‘’ É impossível tornar uma história real sem você participar dela’’. E enxergando toda essa necessidade e a importância do banho para uma pessoa, o projeto surge com Kit’s de banho compostos de sabonete, shampoo, condicionador, cremes, escova dental, absorvente, e sempre 2 preservativos, kit’s que são distribuídos para moradores de rua, junto com abraços, sorrisos, amor e uma dose de prosa, olhar nos olhos, dizer ‘’ Bom-dia’’, apertar as mãos, ser-humano é a porta de chegada para abordar um morador de rua e oferecer o Kit. O Banho de Gato doa produtos de higiene pessoal arrecadados em tamanho grande para A ONG CENA localizada próximo a Cracolândia que oferece todas as terças-feiras 200 senhas valendo banho, roupa e comida para os moradores de rua. O projeto tem alguns pontos de coletas espalhados pela cidade de São-Paulo e começa a contar com a doação de grandes empresas que acreditam no poder de transformação e em toda a beleza do trabalho e o cuidado com os moradores de rua.

QG

O projeto recebe doações de kit de higiene de qualquer estado do Brasil, kits que são enviados pelos correios para um escritório de recebimento, aonde são feitos os kits de banho e distribuídos na rua. O valor do envio sai sempre reduzido pelo fato dos produtos serem leves.

O endereço para envio dos kits é:

Rua: Martim Burchad 284. Brás /SP / CEP: 03043-020

Aos cuidados de Lenon de Oliveira Volpini.

Para mais informações sobre o projeto o e-mail é: projetobanhodegato@gmail.com

 

=======================================================================

Programa de Treinamento Alavanca Social e Instituto Sabedoria

Faça a pré-inscrição!


R2 Creative (Apresentações )

A imagem e comunicação de sua Organização e empresa em destaque!


Anúncios

Mães de Bebês com Microcefalia


Olá pessoal, bom dia!

Atuo como voluntário desde os 25 anos e tenho atuação profissional no terceiro setor desde 2007. Já vi e presenciei muitas situações, algumas boas, felizes, outras nem tanto, mas mesmo assim importantes, mesmo que seja para provocar um alerta ou até mesmo, promover modificações nas mentes e corações de todos.

Algumas me emocionam, outras me deixam tristes devido a determinadas situações, mas revelam uma força que pode surpreender e preencher cada um e impulsioná-lo na direção da união e do amor.

Porque estou falando isso? Recebi uma mensagem com uma apresentação que estava mostrando o universo de pessoas vivendo um grande drama em Campina Grande – MS, com mães travando a difícil batalha de receber uma nova vida, iniciando-a já com um grande desafio. Falo de crianças que estão nascendo com Microcefalia, doença grave que deforma a criança e impede o seu desenvolvimento natural, fazendo com que mães e pessoas ligadas a elas se dediquem muito para dar-lhes a melhor condição de vida.

Foi pensando nisso que Ianka, jovem mãe de 18 anos, criou um projeto e em união à Kickante (Plataforma de Financiamento Coletivo) o inseriram com o objetivo de obter ajuda para cuidar de seu filho e também para outras mães daquela região terem recursos necessários para tratamento de seus filhos que se encontram na mesma situação.

Vejam a seguir um breve resumo do projeto e o link que permitirá ter mais detalhes. Vamos ajudar!

Vejam o resumo:

campanha-ajuda-bebes-com-microcefalia

Já imaginou ouvir do seu médico que seu tão esperado filho vai nascer com microcefalia? Nós também não estávamos preparadas pra isso, e hoje buscamos forças sozinhas para enfrentar dificuldades emocionais e financeiras. Tivemos que largar nosso emprego para cuidar da saúde de quem mais amamos. Você não faria o mesmo? Agora contamos com a generosidade de pessoas como você para tratar nossos bebês. 

Eu, Ianka, tenho 18 anos e, aos sete meses de gestação de meu segundo filho, Sofia, soube da microcefalia. E com isso levou a brigas com meu marido. mais depois tudo se resolveu e estamos com nossa família unida novamente. Infelizmente não foi o mesmo com algumas mães. São centenas de nós, abandonadas por seus maridos, sozinhas com filhos doentes e dependentes.

campanha-ajuda-bebes-com-microcefalia2

Algumas de nós acordam de madrugada e saem ainda no escuro e sob muito frio para conseguir levar nossos pequenos para o tratamento. São dias difíceis, mas que sabemos que conseguiremos enfrentar se tivermos o básico, comida em casa para eles, água quente para um banho. Clique ao lado e dê o leite para nossos pequenos!

A microcefalia ainda está cercada de mistérios. No mundo inteiro, um exército de cientistas começou uma corrida para solucioná-los. Enquanto procuramos respostas, é preciso lidar com os problemas! Até o início do ano foram confirmados 863 casos de microcefalia, em 327 cidades brasileiras. Clique ao lado e transforme a realidade de trinta destas crianças, e nos ajude a lidar com tudo isso. É demais para enfrentarmos sozinhas, mas, com você, podemos ir adiante! Apoie nosso projeto.


Clique no link abaixo, conheça mais detalhes e faça a sua colaboração:

Mães de Bebês com Microcefalia

Compartilhe este projeto!


Quando há fraternidade, o amor é sereno; quando há solidariedade, o amor é ativo, e quando há caridade, o amor é vivo.

Juahrez Alves

EMPRESÁRIO DE GOIÂNIA CRIA GELADEIRA SOLIDÁRIA PARA MORADORES DE RUA


Olá pessoal, bom dia!

Estamos em junho de 2016, o país  passa por uma crise político/institucional/econômica que está trazendo muitas dificuldades e desafios para aqueles que labutam diariamente para transformar seu contexto em algo melhor e, consequentemente, de todos aos seu redor. Nos meios de comunicação atuais, as únicas notícias são corrupção, impunidade, crimes, estupro, morte, esperteza, levar vantagem, etc., gerando uma energia negativa que afunda ainda mais as esperanças de um povo pacífico por natureza, mas que trabalha para dias melhores.

No meio desta triste realidade, vemos sopros e alentos de pessoas que faz o possível para trazerem soluções, mesmo que pequenas para alguns, mas enormes para outros que estão carentes de alguma coisa e precisando de apoio e ajuda. Nesta linha de pensamento quero compartilhar hoje uma bela atitude de um empresário de Goiânia que idealizou uma forma de ajudar pessoas através de um projeto simples e eficaz na luta contra a fome. Para conhecerem mais detalhes desta maravilhosa ação, leiam a reportagem que encontrei na página do G1.com. Este projeto foi colocado em prática há algum tempo, mas considero sempre atual pela importância para determinadas camadas da sociedade.

Vamos gerar uma energia contrária a tudo isso que está acontecendo e transformar o Brasil na potência que ele é e representa no cenário mundial. Veja a seguir a matéria:

geladeira solidária

A ideia já não é novidade em alguns países da Europa e até em uma cidadezinha da Arábia Saudita, mas o que ela representa é altamente gratificante: um passo – pequeno, mas ainda assim muito significativo – em direção à conscientização do quanto de comida desperdiçamos diariamente. 
O empresário goiano Fernando Barcelos criou o Projeto Geladeira Solidária e a instalou na calçada de seu comércio, na Rua Sete, localizada no centro de Goiânia.

Em entrevista ao G1, o empresário conta como teve a ideia: “Estava saindo do trabalho e vi uma mulher com um recém-nascido pedindo comida. Eu dei para eles durante três dias. Em casa, vi na internet que tinham feito isso [colocado geladeira na rua] na Holanda e na Arábia Saudita e resolvi fazer aqui também. Espero que seja a primeira de muitas, que outras pessoas vejam e façam o mesmo em outros lugares”.

O local onde a geladeira foi instalada é conhecido pela quantidade de moradores de rua e de usuários de drogas que perambulam por lá.

A intenção do empresário é despertar nas pessoas a consciência do quanto se é desperdiçado de comida por dia: “Nós jogamos fora quase um terço do que consumimos em um ano. Isso é muita coisa. Se tivermos noção de que outras pessoas que não tem nada precisam de alimento, talvez o desperdício seja menor“.

Quem tem fome não tem escolha…

Desde que a geladeira solidária foi instalada o movimento tem sido grande. Muitos já foram beneficiados por esse simples gesto e contam que o período da noite é certamente o mais difícil para quem não tem um lar.

É também o período em que passam mais fome na maioria das vezes.

“As pessoas ficam com receio, não ajudam muito. Os lugares que têm comida e que nos ajudam já estão fechados”, conta Washington Gomes, de 43 anos. “A ideia é inovadora, melhor que dar dinheiro. Já me ajudou quando eu estava com fome. Comi uma pizza aí esses dias, estava muito boa”, completou.

O supérfluo para uns é fundamental para outros…

Fernando não cuida da geladeira sozinho.

Outras pessoas se voluntariaram para cuidar do projeto, como é o caso de Raiany de Sousa, de 24 anos. A auxiliar administrativa conta que quando sai à noite, a geladeira está repleta de alimentos, mas quando chega pela manhã, está vazia.

Não há restrição de horários quanto ao uso da geladeira solidária. Ela está disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana, mas é recolhida no final de semana. Raiany ainda contou que todos respeitam o projeto e que nunca encontrou nada inesperado dentro dela.

Não é necessário realizar qualquer tipo de cadastro para pegar os alimentos da geladeira e, também, não há limitações quanto à quantidade: “vai da consciência de cada um”, afirma Fernando.

Reabastecendo a geladeira solidária…

Para doar alimentos à geladeira, é preciso seguir algumas regras: os alimentos têm de estar fechados, dentro do prazo de validade e com a data de fabricação na embalagem. Não é permitido colocar bebidas alcoólicas, ovos, carnes ou peixes crus e pacotes abertos.

“Nós sempre colocamos doações quando vemos que a geladeira está vazia. Pessoas da região que já viram a ideia também vêm contribuir e até um restaurante aqui da rua”, diz Fernando, referindo-se ao restaurante do empresário Eustáquio Ribeiro, de 48 anos.

Eustáquio doa marmitas todos os dias: “colocamos a comida do dia com a data em que foi feita na embalagem e deixamos lá. Acho que é uma ideia muito interessante. Sempre tem algo que podemos doar e tem muita gente precisando. Se todo mundo fizer um pouquinho, o todo agradece”, afirma.

O desperdício é grande e o número de famintos também

De acordo com uma matéria publicada em agosto pela Revista Galileu, a ONU (Organização das Nações Unidas) divulgou números que indicam que o problema é muito mais grave do que se imagina: 1,3 bilhão de toneladas de comida é desperdiçado por ano.

Esse valor representa mais de um terço de todos os alimentos produzidos para o consumo humano.

“Nos lugares em que homens e mulheres e crianças carregam o fardo da fome, um discurso sobre democracia e liberdade que não reconheça estes aspectos materiais pode soar falso e minar os valores que procuramos promover”. (Nelson Mandela).

O mais impressionante é que mais de 800 milhões de pessoas no mundo não têm o suficiente para comer.

Não é preciso ser um gênio da matemática para chegar à conclusão que o que se desperdiça poderia acabar com o problema da fome no mundo, não é mesmo?

Claro que não é tão simples assim, há vários outros fatores envolvidos, como por exemplo, a má distribuição dos recursos, mas não há dúvidas que esses números cairiam significativamente.

O que cada cidadão deve refletir é o que ele pode fazer para contribuir para a diminuição desses números. Afinal de contas, esse é um problema que nos afeta enquanto humanidade.

Fonte: g1.globo.com.


Agora é sua vez. Qual é a sua contribuição para a solução dos problemas que afligem a humanidade?

Nós queremos te ouvir!


Estar capacitado para a tarefa é ter o poder de transformar você e sua comunidade!

Seja bem vindo ao PROGRAMA DE TREINAMENTO INSTITUTO SABEDORIA! 


Conheça este maravilhoso e corajoso Projeto – Escola Primária Kabiria


escola primária Kabíria

Olá pessoal,

Tenho atuações mais diretas como profissional e voluntário no terceiro setor desde 2007, quando resolvi migrar para uma área recheada de situações especiais, e a partir daí a dedicação foi total.

Hoje quero compartilhar com vocês sobre um projeto criado em Nairobi (Quênia) por Munike Avila em 2013 e que proporciona alegria, alento e esperança para as futuras gerações envolvidas. Falo do projeto ESCOLA PRIMÁRIA KABIRIA, que educa crianças e adolescentes e trabalha no sentido de transformar suas vidas de forma simples, porém, amorosa e com muita dedicação. Quando vejo um projeto desses não deixo de me emocionar, porque as crianças são os donos do amanhã e cabe a nós educá-los e prepará-los para a realidade que irão encontrar e poderem transformar o meio através do aprendizado, respeito, amor e carinho que receberam na infância, tendo a condição de modificar suas vidas e de todos ao redor de forma positiva.

Bom, poderia ficar falando deste assunto por muito tempo, mas o objetivo desta publicação é falarmos da escola. Leiam e conheçam este maravilhoso projeto e se encantem com as crianças e as pessoas envolvidas. Convido inicialmente a assistirem os vídeos para visualizarem e sentirem a alegria das crianças que participam do projeto:

Acessem https://www.facebook.com/escolakabiria/videos

Para conhecerem mais detalhes do projeto convido você a baixar este conteúdo:

ESCOLA PRIMARIA KABIRIA

Para pessoas, empresários e organizações que desejem ajudar na manutenção do projeto favor entrar em contato com: escolakabiria@gmail.com   –  www.facebook.com/escolakabiria

Veja algumas fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Você conhece o Instituto Pro Bono?


pro-bono

Olá pessoal!

Hoje tenho o grande prazer de trazer a vocês informações sobre o Instituto Pro Bono, cuja missão é “Contribuir para a ampliação do acesso à Justiça por meio do estímulo à prática da advocacia pro bono, da assessoria jurídica gratuita, da difusão do conhecimento jurídico e da conscientização dos profissionais do Direito acerca da função social da advocacia”.

Conheci o trabalho deles no ano passado antes da realização de um curso que envolvia um material o qual eram um dos autores. Falo do novíssimo Manual do Terceiro Setor, que contém informações muito boas para quem deseja fundar uma ONG e até mesmo geri-la. Além deles, o Manual foi elaborado e finalizado através de parcerias e conhecimentos do Instituto Filantropia e Instituto Mara Gabrilli.

Esse pessoal realiza um trabalho muito bom e prestam ajuda, orientação e assistência jurídica para ONGs e pessoas que estejam necessitando de ajuda. Para conhecerem melhor sobre suas atividades, vejam o resumo abaixo e também acessem o site:

Pro bono, termo originário do latim, significa “para o bem”. Exercer a advocacia pro bono é prestar serviços de caráter e competência profissionais, sem remuneração, a pessoas e entidades que deles necessitem.

O Instituto Pro Bono é uma associação sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, fundada em 2001 com a missão de contribuir para a promoção do direito de acesso à justiça de populações vulneráveis e organizações da sociedade civil, por meio do estímulo à advocacia voluntária e ao intercâmbio de conhecimentos jurídicos.

Em 2015, viabilizamos o atendimento a 90 entidades do terceiro setor e realizamos 8 palestras e plantões de aconselhamento jurídico, que resultaram em 187 atendimentos a pessoas físicas residentes de bairros e regiões periféricos da cidade de São Paulo.

Saiba mais: www.probono.org.br.

Hoje é o Dia de Doar! Participe e faça a diferença para alguém!


Fonte: IDIS

Muitas pessoas, organizações, cidades e países estão comemorando hoje o Dia de Doar.

É uma ocasião especial para olharmos para o outro e perceber o que podemos doar para ele. Pode ser tempo, pode ser dinheiro, pode ser atenção, pode ser qualquer coisa que você tenha para doar.

Existem várias formas de se juntar a essa comemoração e nós selecionamos algumas ideias para você.

www.diadedoar.org.br

Existem muitas outras formas de doar…um abraço, atenção, participação comunitária, voluntariado, uma palavra amiga, etc.

O QUE VOCÊ PODE DOAR NESTE MOMENTO?

Dia de Doar da Rede Cidadã


Olá pessoal!

Hoje estamos compartilhando informações sobre a Rede Cidadã e suas ações sociais.

A partir de 01/12/2015 será lançada campanha para este dia tão importante para Organizações e Projetos Sociais em todo o país. Para entenderem o que estou dizendo, vejam abaixo um resumo de tudo o que vai acontecer neste dia:

diadedoar       logo juntos com vc       logo rede cidadã

Rede Cidadã é uma das entidades que farão parte do Dia de Doar da plataforma Juntos.com.vc,
Plataforma de financiamento coletivo para projetos sociais realiza o Dia D para estimular a doação no País

No dia 1º de dezembro, a plataforma de financiamento coletivo de projetos sociais Juntos.com.vc realizará o Dia de Doar, quando disponibilizará seus recursos para arrecadação de fundos a vários projetos, entre eles, a Rede Cidadã. Por meio do site www.juntos.com.vc, qualquer pessoa, física ou jurídica, poderá contribuir, de forma efetiva, para modificar a realidade de muitas pessoas. A plataforma irá mediar as doações por meio do site, sem nenhum custo para as entidades. “Essa ação tem que ser comemorada. Por meio dela, projetos sociais dos mais relevantes, sobretudo, para comunidades e pessoas carentes, poderão receber ajuda, fomento, para continuar sua caminhada de ajuda ao próximo”, explica Fernando Alves, diretor executivo da Rede Cidadã.

Como doar?
Para contribuir, o doador deve acessar o site da plataforma (www.juntos.com.vc) e conhecer os projetos disponíveis. Lá, estarão acessíveis todos os dados das entidades, bem como sua área de atuação, quantas pessoas são beneficiadas pelo projeto, o que exatamente ele faz, entre outras informações que atestam a idoneidade de cada organização social. Assim, pode optar livremente pelo projeto social com o qual se identifica mais. A partir daí, é só clicar em “Quero contribuir”, com qualquer quantia, não há restrição, já que a ideia da plataforma é que cada ajuda é igualmente importante, pois faz parte de um todo que se torna grandioso e ajuda a muitos. Mais informações são encontradas no site da plataforma ou no www.diadedoar.org.br, endereço do Dia D.

Por que ajudar a Rede Cidadã?
Especializada na geração de trabalho e renda para jovens, adultos e segmentos sociais mais vulneráveis, como pessoas com necessidades especiais, seniores (maiores de 50 anos) e o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais), a Rede Cidadã insere esses indivíduos no mercado de trabalho por meio de projetos de Empregabilidade e de Aprendizagem, atendendo também a Lei do Jovem Aprendiz. Além disso, promove a melhoria de gestão de micro e pequenos empreendimentos, por meio do seu Eixo de Empreendedorismo, que disponibiliza mentores que oferecem todo o suporte técnico e de conhecimento ao micro e pequeno empreendedor.

A entidade oferece qualificação especializada em diversos segmentos, tais como os setores de varejo alimentar, tecnologia, entre outros. As próprias empresas parceiras da entidade absorvem a mão de obra que se forma dentro da instituição, o que faz girar uma roda de empregabilidade e parceria. Há, ainda, o diferencial de considerar o perfil de cada profissional, tanto na indicação da capacitação quanto no direcionamento das vagas.

Além desse trabalho, a organização facilita a entrada de empreendedores no mercado, dando a eles todo o suporte para o fomento do seu negócio. “Todas as pessoas que nos procuram, seja para aprender um ofício, se recolocar no mercado, ou para iniciar ou incrementar o próprio negócio recebe toda orientação. Atendemos cidadãos a partir dos 16 anos e a não há limite de idade. A crise que vemos hoje no País reitera a necessidade de formação profissional, sobretudo para as pessoas mais carentes, já que sabemos que, sem uma profissão, sem treinamento, as chances de ocupar uma vaga no mercado diminuem ainda mais”, explica o diretor.

Considerada uma das principais entidades do gênero no país, a Rede Cidadã possui atuação em 47 cidades de nove estados brasileiros. A instituição cria complementaridade entre projetos sociais de governos, empresas e iniciativas sociais do Terceiro Setor com o objetivo de fortalecer o movimento de responsabilidade social empresarial com foco na geração de trabalho e renda.

A Rede Cidadã atua a partir de uma metodologia desenvolvida exclusivamente pela própria organização, a Rede de Geração de Trabalho e Renda (RGTR). Esse método já foi reconhecido em 2011 pelos avaliadores da Fundação Banco do Brasil como Tecnologia Social – iniciativas que compreendem produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representam efetivas soluções de transformação social.

Para mais informações: www.redecidada.org.br.

_______________________________________________

Visite o site do Instituto Sabedoria e conheça a melhor maneira de você se capacitar em ações no Terceiro Setor

______________________________________________