Garoto que criou método para detectar câncer inspira Intel


 

 

Olá pessoal!

Acredito que todos nós viemos para este mundo para colaborar com o meio onde estamos inseridos e que Deus, em sua infinita sabedoria, nos preenche com muitas possibilidades para esta condição. Cabe a cada um de nós, baseados em conhecimentos adquiridos em outras eras e na vivência atual, colocarmos em prática nossos dons, habilidades e competências como forma de transformar nosso entorno. Se vai ser uma transformação positiva ou negativa, vai depender muito da intenção de quem a pratica.

Hoje quero trazer para vocês a história do jovem Jack Andraka que, aos 15 anos, criou um sistema fantástico de diagnósticos que trará soluções em todas as partes do mundo. Vejam a seguir um resumo do que estou comentando:

Intel

 

Fonte: http://www.proxxima.com.br

O jovem de 15 anos Jack Andraka ficou conhecido mundialmente após ganhar o Grand Prize da Feira de Ciência e Engenharia da Intel em 2012. O sucesso veio por uma causa nobre: Andraka criou um método de detecção de câncer 168 vezes mais rápido, 400 vezes mais sensível e 26 mil vezes menos caro que o utilizado pela medicina normalmente.

A ideia veio depois de o garoto perder seu tio para o câncer pancreático e ouvir do médico que se a doença tivesse sido diagnóstica antes, ele poderia sobreviver. A emocionante história de Jack é a primeira da série de filmes da Intel que irá divulgar a nova plataforma da marca, chamada “Look Inside”. O filme foi criado pela Venables Bell & Partners, dos Estados Unidos.

Assista ao vídeo:

 

Prêmio Agente Jovem de Cultura


Foi publicado no Diário Oficial da União do dia 14 de dezembro o edital Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais, desenvolvido pelo Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Cidadania Cultural (SCC/MinC). O concurso vai conceder 500 prêmios, no valor de R$ 9 mil cada, a iniciativas culturais já realizadas e concluídas, propostas por jovens agentes culturais de todo o país. As inscrições para a premiação estão abertas a partir desta quinta-feira, 15, e se estendem até 31 de janeiro de 2012.

Poderão participar da iniciativa jovens brasileiros natos ou naturalizados e estrangeiros residentes há mais de três anos no país, na faixa etária entre 15 e 29 anos. O edital é uma parceria entre o MinC – que investirá R$ 2,9 milhões – e os ministérios da Saúde (R$ 1 milhão) e do Desenvolvimento Agrário (R$ 600 mil), além da Secretaria-Geral da Presidência da República/Secretaria Nacional de Juventude (R$ 500 mil).

Leia o edital

Anexo 1 – Formulário de inscrição

Anexo 2 – Declaração de Ciência

Anexo 3 – Declaração

Anexo 4 – Formulário Recurso – Fase Habilitação

Anexo 5 – Formulário Recurso – Fase Seleção

Clique aqui para fazer sua inscrição.

Tutorial para inscrições no SalicWeb

(Fonte: SCC/MinC)

17ª edição do Prêmio Direitos Humanos


Fonte: Janaelle Neri (Grupo Yahoo Fomento do 3º Setor)

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) abriu inscrições para sugestões ao Prêmio Direitos Humanos – edição 2011 – 17ª Edição. O prêmio, composto por uma escultura e um certificado, é concedido pelo Governo Federal a pessoas e organizações cujos trabalhos na área dos Direitos Humanos sejam merecedores de reconhecimento e destaque por toda a sociedade.Poderão ser sugeridas pessoas físicas ou jurídicas que desenvolvam ações na área dos Direitos Humanos.

As sugestões deverão ser encaminhadas para o endereço eletrônico

pdh@sdh.gov.br até o prazo final de 30 de outubro de 2011. Os vencedores serão conhecidos em dezembro, ponto alto das comemorações da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Na edição de 2011 foram incluídas três novas categorias: Centros de Referência em Direitos Humanos, Garantia dos Direitos da População em Situação de Rua e Diversidade Religiosa.Ao longo de 17 anos de existência já foram agraciadas diversas pessoas e instituições. Entre as personalidades premiadas estão: Herbert de Souza, o Betinho, o Cardeal Emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, a novelista Glória Perez, o padre Júlio Lancelotti, ex-ministro da Justiça, José Gregori, Milton Santos (post morten), o Padre Jaime Crowe, Manoel Bezerra de Mattos Neto, Elzita Santos de Santa Cruz Oliveira, entre outros. Das ONGs contempladas estão: Central Única de Favelas, Fórum em Defesa dos Direitos Indígenas, Comissão Pastoral da Terra, Aldeias Infantis SOS Brasil – Amazonas, Grupo Cultural AfroReggae, Articulação no Semi-árido Brasileiro, entre outras.

Prêmio de Empreendedorismo “Faça e Aconteça”, do Jornal Extra no Rio de Janeiro


Fonte: http://www.fazerparamudar.org.br/

Publicado em 17 de outubro de 2011   por Luisa Bonin

Começam inscrições do Prêmio Faça e Aconteça 2011.
Empreendedores podem contar casos de sucesso no site do EXTRA

Não é de hoje que o brasileiro busca variadas formas de ser o próprio patrão. Somente no Estado do Rio, segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas(Sebrae-RJ), há 210 mil pequenos negócios. E o EXTRA vai dar uma força a essas iniciativas : estão abertas, desde ontem dia 16 de outubro, as inscrições do PrêmioFaça e Aconteça 2011, que vai selecionar e premiar os autores de boas histórias de empreendedorismo.

A iniciativa tem o patrocínio do Banco do Brasil (BB) e o apoio do Sebrae e da Aliança Empreendedora. Os donos das 20 melhores histórias ingressarão no programa Sebrae para Empreendedores Individuais. Os quatro primeiros terão a trajetória publicada no caderno “Vida Ganha”,em forma de fotonovela, ganharão um laptop e farão imersão em empreendedorismo comunitário, durante quatro dias, sob a supervisão da Aliança Empreendedora. As inscrições vão até 5 de novembro, no site do EXTRA. Desta vez, será possível enviar a história por vídeo, ou da forma tradicional, por texto. Uma equipe especializada analisará o material, considerando: histórico e visão de futuro do negócio,produtos e serviços oferecidos, viabilidade, postos de trabalho gerados e impactos na região de atuação, incluindo o meio ambiente. O resultado sairá no jornal, no dia 11. O superintendente do Sebrae-RJ, Cezar Vasquez —que tem um blog sobre empreendedorismo no site do EXTRA— diz que, para conseguir sucesso, é necessário buscar qualificação e informação: — É importante cuidar muito bem dos recursos, além de oferecer melhores produtose serviços, pois os consumidores estão mais exigentes. E, nesse novo cenário, é preciso contar com o reconhecimento e o boca a boca. — Ganhar um prêmio dá uma visibilidade enorme para pequenos empreendedores. São eles que mais precisam de marketing pessoal e divulgação pela vizinhança — diz ele.

O diretor executivo da Aliança Empreendedora, Rodrigo Brito, diz que a capacitação começará na inscrição: — O exercício de pensar sobre seu trabalho, e perceber o quanto seu negócio faz diferença para sua vida e a vida da comunidade, já impulsiona a acrescer e perceber que o empreendedorismo é uma poderosa ferramenta para o desenvolvimento socioeconômico.

O Prêmio é exclusivo para empreendedores do estado do Rio de Janeiro .

Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS abre inscrições


Estão abertas até 29 de julho as inscrições (www.saude.gov.br/premio) para o Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS – 2011.

Em sua 10ª edição foi criada a categoria “acesso ao SUS”, que vale a premiação de R$ 15 mil. O objetivo é reconhecer trabalhos que apresentem avaliações e indicadores sobre o acesso, acolhimento e atendimento da população, visando à promoção da saúde e prevenção de doenças. O acesso aos serviços de saúde em caráter universal é um dos princípios da Constituição Brasileira, por isso a relevância do tema para a produção de conhecimento por meio da pesquisa.

Nessa categoria podem concorrer artigos publicados em revista científica (versão impressa ou eletrônica) no período de 01 de janeiro de 2001 a 12 de junho de 2011, contendo avaliação sobre o acesso, acolhimento e atendimento da população, visando à promoção da saúde e prevenção de doenças.

Além disso, foram mantidas as outras categorias: tese de doutorado (com premiação no valor de R$ 15 mil); dissertação de mestrado (R$ 10 mil); trabalho científico publicado (R$ 10 mil); monografia de especialização ou residência (R$ 5 mil).

O prêmio é uma iniciativa dão sistema de informações do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE) do Ministério da Saúde. O SISC&T gerencia o Programa Pesquisa para o SUS, o Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS, o Prêmio Nacional de Incentivo à Promoção de Uso Racional de Medicamentos, o Banco de Consultores e o Pesquisa Saúde.

Outras informações: decit.premio@saude.gov.br

Prêmio Fundação Banco do Brasil – Inscrições prorrogadas


O objetivo é de que mais iniciativas e instituições possam se inscrever, já que o Prêmio também tem como foco reconhecer tecnologias e incentivar sua reaplicação. Vale lembrar que serão nove prêmios no valor de R$ 80 mil cada – cinco serão para as categorias regionais (um para cada região do País) e um para cada categoria especial: “Direitos da Criança e do Adolescente e Protagonismo Juvenil”; “Gestão de Recursos Hídricos”; “Participação das Mulheres na Gestão de Tecnologias Sociais”; e uma nova categoria: “Tecnologia Social na Construção de Políticas Públicas para a Erradicação da Pobreza”.  Até agora, cerca de 500 tecnologias já foram inscritas.
As inscrições podem ser feitas por meio do portal www.fbb.org.br/tecnologiasocial  até o dia 22 de julho e o Prêmio conta com o patrocínio da Petrobrás e o apoio institucional do Ministério da Ciência e Tecnologia, da Unesco e da KPMG Auditores Independentes. Confira regulamento .  O Prêmio é concedido a cada dois anos e tem por objetivo identificar, certificar, premiar e difundir Tecnologias Sociais já aplicadas, implementadas em âmbito local, regional ou nacional e que sejam efetivas na solução de questões relativas à alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente, recursos hídricos, renda e saúde.
Serão três etapas:
Certificação – Todas as inscrições recebidas até o dia 22 de  julho de 2011 participarão desta etapa. As tecnologias certificadas serão inseridas no Banco de Tecnologias Sociais, receberão um Certificado de Tecnologia Social e passarão, automaticamente, a concorrer à etapa de Seleção das Finalistas do Prêmio.
Seleção das Finalistas – As tecnologias sociais certificadas serão pontuadas segundo os critérios de efetividade, nível de sistematização da tecnologia e resultados qualitativos e quantitativos. Serão declaradas finalistas as 3 tecnologias, por categoria, que obtiverem as médias mais elevadas.
Julgamento das Vencedoras – As tecnologias sociais finalistas, selecionadas na etapa anterior, serão pontuadas segundo os critérios de inovação, nível de envolvimento da comunidade, transformação social e potencial de reaplicabilidade. A tecnologia com maior pontuação média, em cada categoria, será declarada vencedora. Cada uma das 9 (nove) instituições responsáveis pelas Tecnologias Sociais vencedoras receberá um prêmio de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) para ser utilizado em atividades de aperfeiçoamento ou reaplicação da iniciativa.
A relação das Tecnologias Sociais certificadas será disponibilizada no site da Fundação Banco do Brasil na segunda quinzena de setembro de 2011 e os finalistas serão comunicados formalmente. A premiação das nove vencedoras acontecerá em novembro, em uma Cerimônia em Brasília/ DF.
Tecnologia Social
Tecnologia Social compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representem efetivas soluções de transformação social. As Tecnologias Sociais certificadas pela Fundação Banco do Brasil passam a integrar o Banco de Tecnologias Sociais – BTS, base de dados on-line disponível no site www.tecnologiasocial.org.br contendo informações sobre as tecnologias e instituições que as desenvolveram. O BTS é o principal instrumento utilizado pela Fundação Banco do Brasil para disseminar, promover e fomentar a reaplicação de Tecnologias Sociais. Para as inscrições  clique aqui