Veja como fica uma casa construída por garrafas Pet


Olá pessoal!

Num mundo onde encontram-se muitos desafios a serem vencidos, principalmente para comunidades de baixa renda, surgem soluções maravilhosas, que permitem que pessoas possam viver dignamente e em comunidade. Hoje estamos compartilhando com vocês uma dessas soluções, que permitiu ao pedreiro Ed Mauro Aparecido Morbidelli construir sua casa através desta técnica.

Sabemos que trata-se de uma solução não muito recente, mas que vale a pena ser divulgada. Vejam a seguir a matéria do site http://ciclovivo.com.br/.

Pedreiro usa 11 mil garrafas PET para construir sua própria casa em MG

casa de pets

Construir usando garrafas PET é um jeito muito eficiente de resolver dois problemas de uma só vez: colaborar para a preservação ambiental, ao mesmo tempo em que reduz os custos da obra. Essa conclusão foi confirmada pelo pedreiro Ed Mauro Aparecido Morbidelli, que aproveitou a técnica para erguer a sua própria casa.

Localizada em Extrema, cidade mineira próxima à divisa com São Paulo, a residência possui cem metros quadrados e tem as suas principais paredes fabricadas com uma base que mescla garrafas plásticas cheias de terra, terra e cimento. Em entrevista ao CicloVivo, Morbidelli explica que foram usadas 11 mil garrafas PET em todo o projeto.

casa de pets2

Esta técnica evitou que uma enorme quantidade de plástico fosse descartada e ajudou a substituir outros tipos de materiais tradicionais à construção civil. Esta foi a principal motivação para Morbidelli. “O que me inspirou foi a possibilidade de estar reaproveitando um material que traz tanto mal ao nosso meio ambiente se descartado em lugares inapropriados e que assim eu pudesse fazer algo diferente e poder mostrar que é possível reaproveitar mais nossos lixos”, comentou. Mesmo sendo uma construção não convencional, o resultado e a eficiência da residência são iguais aos de uma casa comum e em alguns pontos são ainda melhores.

casa de pets3

O pedreiro levou dois anos para ter a casa finalizada, com telhado e acabamento, também feito de forma sustentável em barro. Segundo ele, é preciso ter paciência. “Não se consegue levantar uma casa assim com o mesmo tempo de uma casa normal. Precisa ter paciência e persistência, mas o resto acaba sendo do mesmo jeito”, explicou.

casa de pets4

Segundo Morbidelli, uma das principais diferenças ao trabalhar com o plástico é a dificuldade maior no assentamento, mas as facilidades e benefícios também são importantes. Um dos objetivos do projeto era ter uma casa que armazenasse o calor interno durante o frio e mantivesse o ambiente fresco durante o calor e a proposta foi alcançada com sucesso. Além disso, a estrutura com garrafas facilita a instalação dos sistemas hidráulicos, por exemplo. Como não é necessário cortar paredes, basta encaixar a estrutura entre as garrafas e chumbar.

casa de pets5

“Optei por um alicerce de pedra onde eu conseguiria fazer na mesma largura da garrafa e que esse alicerce não deixaria subir a umidade da terra para as paredes”, explicou o pedreiro sobre a estrutura. A técnica sustentável não foi usada somente nas paredes. Ao invés de usar os materiais tradicionais para o acabamento, o construtor usou barro e o arrimo foi feito com pneus reaproveitados. O resultado é uma casa altamente eficiente e com custos muito baixos.

casa de pets6

Um grupo de estudantes paulista também usou técnica semelhante para construir a Casa PET. Clique aqui e veja os detalhes desse projeto.

Por Thaís Teisen – Redação CicloVivo

Convite para curso de CAPACITAÇÃO TÉCNICA DO MEDIADOR CULTURAL: COMO DESENVOLVER AÇÕES E CAPTAR RECURSOS



         

Ainda com algumas vagas disponíveis!

Inicio em 07/05/12.          INSCREVA-SE!

A Alavanca Social, em parceria coma Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESP-SP, estará fazendo parte do grupo de docentes que ministrará o curso CAPACITAÇÃO TÉCNICA DO MEDIADOR CULTURAL COMO DESENVOLVER AÇÕES E CAPTAR RECURSOS, ficando responsável pelo Módulo que tratará da Captação de Recursos.

O curso terá inicio em 07/05/2012 e concluirá em 13/06/2012, com as aulas acontecendo durante a semana, às segundas e quartas, das 19:00 às 22:30. O módulo que tratará da Captação de Recursos e que estaremos responsáveis será realizado nos dias 04 e 06/06/2012.

Objetivos

O curso tem por objetivo apresentar uma estrutura conceitual e técnica que permite ao cursista planejar e iniciar ações culturais com diferentes grupos sociais e culturais, atendendo suas necessidades e avanços específicos; dialogar com equipes multidisciplinares, acompanhar e avaliar os resultados obtidos. Afirma a importância do trabalho do mediador cultural para o crescimento econômico do país e a solidificação da base democrática. Ao tratar de cultura, o curso desenvolve-se permeando as áreas da arte educação, comunicação, ciências da informação, política, sociologia, educação e administração; ao pensar a prática, entende como ação transformadora que pede atitude inventiva e reflexiva.

Assim, no presente curso, busca-se oferecer conceitos, cases, estruturas de projetos e espaços de criação que atendem às essas perguntas, com o objetivo de preparar mais pessoas para entrarem nesse movimento de melhoria econômica e de busca de maior participação política e artística. Nesse sentido, são objetivos específicos:

– preparar o profissional para desenvolver projetos de ação cultural;
– apresentar conceitos básicos que permitam interpretar diferentes realidades sociais e culturais;
– apresentar e analisar experiências com ação cultural;
– propor estruturas de ação para viabilizar projetos de ação cultural;
– criar projetos de ação cultural.

Público Alvo

Profissionais do terceiro setor e de qualquer área de atuação; estudantes com graduação concluída ou em curso de qualquer área do saber, bem como para interessados em atuar com comunidades, nas áreas da cultura, informação, educação, arte e política.

Valor do Curso: R$ 650,00 divididos em 03 parcelas.

Para mais informações acesse: http://www.fespsp.org.br/extensao/artc_bibci_mediadorcultural.html

Faça já sua inscrição!

Poucas vagas ainda disponíveis! 

http://www.fespsp.org.br/extensao/fespextensao/Pages/Inscricao.aspx

Local:

Unidade General Jardim
Rua General Jardim, 522 – Vila Buarque
São Paulo – SP
Cep:01223-010
Próximo ao Metrô República ou Santa Cecília
Tel.: (11) 3123-7800 / 3255-2001