A esperança de Malala (Assine a Petição)


Fonte: http://www.avaaz.org

428,532 assinaram a petição. Ajude-nos a chegar em 500,000

Malala dedicou sua infância para defender a educação de garotas como ela no Paquistão. Enquanto ela se recupera em uma cama de hospital, vítima de atiradores do Talibã, vamos ajudar o seu sonho a se tornar realidade.

Já existe, em uma parte do Paquistão, um programa bem sucedido que dá benefícios para famílias que enviarem suas filhas para a escola com frequência. No entanto, na província da garota Malala, o governo está de braços cruzados. Alguns políticos de cargos altos lhe ofereceram ajuda e se agirmos agora podemos fazer com que eles se comprometam a implementar essa ideia em todo o país.

Antes que a atenção da mídia se volte para outro caso, vamos elevar nossas vozes e exigir que o governo do Paquistão anuncie medidas de auxílio financeiro para todas as garotas paquistanesas irem à escola. Em alguns dias, o enviado da ONU para educação se encontrará com o presidente paquistanês Asif Ali Zardari e disse que a entrega em mãos de 1 milhão de assinaturas pode dar força à sua presença. Assine a petição e compartilhe com todos – vamos ajudar a tornar o sonho da garota Malala realidade.

(Veja a seguir a mensagem enviada ao Presidente do Paquistão)

Para o Presidente do Paquistão Asif Ali Zardari; Primeiro-ministro Raja Pervez Ashraf; e Governador da Província de Khyber-Pakhtunkhwa Syed Masood Kausar:

“Pedimos que o Paquistão se comprometa com um plano para fornecer educação para todas as crianças por meio da construção de escolas, treinamento de professores e financiamento para famílias com meninas visando a participação frequente delas na escola. Todos os governos e organizações internacionais devem ter um papel ativo para garantir que milhões de crianças atualmente fora da escola tenham acesso à educação.”

http://www.avaaz.org/po/malalahopenew/?bbHxCdb&v=18823

Anúncios

Movimento Gota D’Água



Bom dia!

Existem certas ações que acontecem e que realmente valem a pena serem difundidas, apoiadas e compartilhadas com todos. O movimento Gota D’Água surgiu num momento importante, não só para o Brasil, mas também para todo o planeta.

A grande maioria dos brasileiros já ouviu falar do projeto governamental que pretende instalar a Usina Hidrelétrica Belo Monte, com a promessa de geração de energia limpa e milhões de kWs. Como diz o vídeo acima que terão a oportunidade de assistir ou então visitando a página http://movimentogotadagua.com.br, o que os idealizadores do projeto governamental não divulgam é que durante 8 meses do ano existe um período com redução de chuvas nesta região, que farão com que a usina somente produza neste período, somente 1/3 de sua capacidade, além de alagar uma área de 640 km² de área florestal e também irá desalojar milhares de pessoas (Índios, Ribeirinhos e outras pessoas que vivem nesta região), além do prejuízo  à fauna e a flora.

O que você acha disso? Você concorda com uma mudança tão radical numa região de extrema importância para um planeta praticamente destruído pela ganância e insensatez humana? O que você acha de soluções alternativas para a geração de energia, como a Aeólica e Solar?

Enfim, muitas respostas para diversos questionamentos que poderemos ter e com certeza podermos influenciar positivamente as futuras gerações, além de podermos afirmar: ” Eu ajudei de alguma forma a salvar o Planeta!”

Para fazer isso é muito simples: acesse o site http://movimentogotadagua.com.br, assista ao vídeo, leia com atenção o porque é importante sua participação e assine a petição que será enviada para a Presidente Dilma Roussef para impedir a construção desta que será um marco negativo para o Brasil e o planeta, caso se concretize.

Está nas suas mãos o poder de, através de um “clik”, mudar de forma positiva esta situação.

ASSINEM A PETIÇÃO E JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS!

Ou você vai esperar para ver no que vai dar?

Vamos acabar com a FOME? Assinem a petição!!!


Clique aqui e ajude a acabar com a fome no mundo

Faça pressão sobre os políticos para acabar com a fome. Assine a petição, e reivindique ação onde quer que esteja.

O IBC NÃO PODE FECHAR!


        

Fonte: Semíramis Alencar

Olá pessoal!

Existe uma disposição de algumas áreas do governo em fechar o Instituto Benjamin Constant, que destaca-se por ações diversas na área de educação, sobretudo para pessoas com deficiência visual.

Vejam no endereço a seguir uma petição para evitar o fechamento e solicitando adesão das pessoas para que não acabe um trabalho desenvolvido desde os tempos de D. Pedro II.

Acessem e apoiem a campanha!  http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N8365

Participem deste abaixo assinado!

Vejam a seguir um resumo da Instituição:

O Instituto Benjamin Constant foi criado pelo Imperador D.Pedro II através do Decreto Imperial n.º 1.428, de 12 de setembro de 1854, tendo sido inaugurado, solenemente, no dia 17 de setembro do mesmo ano, na presença do Imperador, da Imperatriz e de todo o Ministério, com o nome de Imperial Instituto dos Meninos Cegos. Este foi o primeiro passo concreto no Brasil para garantir ao cego o direito à cidadania.

Estruturando-se de acordo com os objetivos a alcançar, o Imperial Instituto dos Meninos Cegos foi pouco-a-pouco derrubando preconceitos e fez ver que a educação das pessoas cegas não era utopia, bem como a profissionalização.

Com o aumento da demanda foi idealizado e construído o prédio atual, que passou a ser utilizado a partir de 1890, após a 1ª etapa da construção. Em 1891, o instituto recebeu o nome que tem hoje: Instituto Benjamin Constant (IBC), em homenagem ao seu terceiro diretor.

Fechado em 1937 para a conclusão da 2ª e última etapa do prédio, o IBC reabriu em 1944. Em setembro de 1945 criou seu curso ginasial, que veio a ser equiparado ao do Colégio Pedro II em junho de 1946. Foi proporcionado, assim, o ingresso nas escolas secundárias e nas universidades.

Atualmente, o Instituto Benjamin Constant vê seus objetivos redirecionados e redimensionados. É um Centro de Referência, a nível nacional, para questões da deficiência visual. Possui uma escola, capacita profissionais da área da deficiência visual, assessora escolas e instituições, realiza consultas oftamológicas à população, reabilita, produz material especializado, impressos em Braille e publicações científicas.

Toda a história centenária do IBC foi publicada no primeiro exemplar da Revista Benjamin Constant, em um texto que apresenta os seguintes tópicos históricos: antecedentes, fundação, primeiros diretores, nomes do instituto, imprensa Braille e o instituto no século XX.

abs a todos!

 

Organização Xingú Vivo para Sempre – Usina Belo Monte


A história se repete.

Os governantes, a fim de interesses pessoais e de poucos, está promovendo o que podemos dizer de devastação e dilaceração de áreas e reservas importantíssimas na região do Amazonas sob o pretexto de levar energia e progresso para aquela região e todo o norte e nordeste do Brasil, além da capacidade de exportar para países vizinhos.

(Vídeo produzido pela Organização Xingú Vivo para Sempre)

Não é possível que, com tantos exemplos e acontecimentos pelo mundo de situações semelhantes que devastaram diversas e grandes áreas ambientais causando a destruição da vida e diversidade ecológica, continuam a cometer os mesmos erros. Não imaginam, ou fingem não ver uma realidade perturbadora para todos os habitantes do planeta, pois o complexo de rios do Amazonas e toda sua diversidade, representa hoje 1/5 do manancial de água doce de todo o mundo, ajudando na geração, manutenção e equilíbrio da vida necessária para todos.

(Vídeo produzido pela Organização Xingú Vivo para Sempre)

Os estragos causados por esta obra serão imensos, diversas espécies correm o risco de desaparecer, além de sérios problemas para todos os que vivem dos recursos daquela região. O governo, a pretexto de levar progresso e bem estar, está se esquecendo dos impactos negativos que provocará inicialmente em toda aquela região e obviamente a todas as nações do mundo, pois trata-se de uma das áreas de equilíbrio ambiental do planeta.

Existem pelo mundo, magníficos exemplos e modelos de geração de energia, sem destruir a natureza ou com impactos tão devastadores como este de Belo Monte.  O governo insiste nesta obra apesar dos protestos em diversas partes do país, estando atualmente tramitando nos tribunais e áreas judiciárias, diversos processos e liminares para conter o ímpeto ganancioso de uma parte da nação.

Por isso, cada um pode fazer sua parte, mesmo que mínima, para impedir um erro que vai afetar principalmente as nossas gerações futuras.  Quem viver verá!

Caso você tenha a intenção de colaborar com sua assinatura na petição (será explicado nos vídeos) clique aqui para ter acesso à página da petição

 

 

 

VOCÊ ACREDITA QUE PODE FAZER A DIFERENÇA?

PENSE NISSO!