JIVOCHAT: A SOLUÇÃO PARA CONSEGUIR MAIS CLIENTES E PARCEIROS


Olá pessoal!

Estamos passando por aqui para deixar um importante recado para vocês. Como estamos sempre preocupados com nossos clientes, parceiros, colaboradores, seguidores e amigos, estamos hoje compartilhando informações de uma importante novidade para todos aqueles que já possuem um negócio, projeto ou até mesmo está planejando um novo empreendimento.

Estou falando da JIVOCHAT, empresa cujo objetivo é ajudar você a alcançar sucesso em suas jornadas profissionais, sociais e pessoais. É surpreendente o alcance desta ferramenta para todas as empresas dos 3 setores da economia, atraindo possibilidades infinitas de crescimento em suas áreas de ação, facilitando o atingimento de objetivos pretendidos. Particularmente penso que para as ONGs, seja uma oportunidade incrível para atrair stakeholders, apoiadores, colaboradores, parceiros e voluntários.

A Alavanca Social está fazendo um novo planejamento para suas atividades e um dos objetivos é implantar em breve este importante meio de comunicação.

Atendimento impecável e suporte com profissionais preparados para ajudá-los!

BOTÃO TESTE GRÁTIS

Para conhecerem melhor esta importante ferramenta, ver a seguir algumas informações:

Formatos de atendimento personalizados

Fiquei impressionado com as diversas formas de atendimento que a plataforma oferece, permitindo a todos serem recebidos por profissionais preparados em todos os segmentos da plataforma.

Agilidade

A tecnologia está em constante mutação e cada vez mais ágil, tanto em conteúdos, questionamentos, como respostas. Hoje em dia, deixar de atender alguém ou demorar para dar retorno, é considerado uma forma de perder clientes e/ou pessoas interessadas em seus produtos ou serviços. O JivoChat permite essa rapidez e fluidez das informações, e sempre de forma ágil e precisa.

Possibilidades incríveis de alavancar novos negócios, vendas e cativar seu público.

A JivoChat apresenta uma variedade impressionante de possibilidades no atendimento a todos que entram em contato para levantar informações sobre a ferramenta, aquisição, afiliação, suporte e tudo o que for necessário para que você possa ter à sua disposição o melhor atendimento e tenha todas as suas dúvidas esclarecidas.

Suporte feito por profissionais preparados.

Existe uma frase que diz o seguinte: “Não se faz omeletes sem ovos”. Fiquei impressionado com a variedade de atendimento que a plataforma oferece, bem como perceber que todos estão muito bem preparados para desempenhar esta tarefa, com amplos conhecimentos sobre tudo o que está relacionado a esta poderosa ferramenta, facilitando o entendimento de todos que procuram esclarecimentos e apoio.

Formas e benefícios ao se comunicar com o mundo com rapidez e qualidade

As formas de atendimento são diversas e podem ser conferidas em todos os canais de comunicação da empresa, sendo estes formatos fundamentais para que ninguém fique sem retorno aos seus questionamentos e busca de informações.

A JIVOCHAT oferece diversas formas e benefícios ao comunicar com seus clientes, parceiros e colaboradores, não sendo apenas um chat de comunicação. Ver a seguir alguns deles

  • Ligação Instantânea e chat conectados no JivoChat;
  • Conecta o JivoChat ao seu sistema CRM;
  • Aumento das vendas a partir de celulares, tablets e computadores;
  • Traduz as mensagens em tempo real;
  • Aumento no fluxo de clientes;
  • Aumento da qualidade do atendimento aos clientes;
  • Aumento da produtividade dos funcionários;
  • Monitoramento em tempo real;
  • Outros.

Aplicativo

O aplicativo da JivoChat permite que uma caixa de diálogo seja disponibilizada instantaneamente assim que o visitante abre a página do e-commerce. A própria equipe entra em contato com o cliente através de uma conversa humanizada permitindo o desenvolvimento de uma relação de confiança, já que entre os motivos mais citados para a satisfação de um cliente, está a conveniência de ter as dúvidas sanadas diretamente do site de compras, sem que o visitante tenha que procurar um telefone ou e-mail.

Além disso, o aplicativo também possui uma versão paga, que a partir de um valor simbólico, fornece outras diferentes ferramentas para complementar o atendimento ao cliente, como call-back  e detalhamento de visitas.

Mais informações favor acessar: https://www.jivochat.com.br


É isso pessoal! Esperamos que possa colaborar para o sucesso de todos!

Acesse a plataforma e experimente novas possibilidades para seu negócio e projetos!

Ficaremos felizes ao alcançarem meios de conseguir atingir seus objetivos.


(08) 728 x 90

Disque 100 recebeu mais de 120 mil denúncias de violação de direitos de crianças e adolescentes


violencia_infantil6

Fonte: http://www.promenino.org.br

De janeiro a novembro de 2012, 77% das denúncias registradas por meio do Disque 100 são relativas a violação de direitos humanos de crianças e adolescentes. Foram 120.344 denúncias. As meninas correspondem a mais da metade (57%) das vítimas, principalmente na faixa etária de 8 a 14 anos. Além disso, 61% desses registros são relacionados a crianças e adolescentes pretos e pardos.

Segundo números divulgados hoje (10) pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), responsável pelo serviço de denúncias por telefone, nos noves meses deste ano foram registrados, ao todo, 155.336 casos, relacionados também à violação de direitos de idosos, de pessoas com deficiência, entre outros.

Para a ministra da SDH, Maria do Rosário, a elevada incidência de denúncias ligadas a crianças e adolescentes é explicada, em parte, pela vulnerabilidade dessa população diante dos agressores. Ela acredita que o aumento do número de denúncias tenha ligação com o fato de o serviço ter sido lançado em 2003, com o monitoramento exclusivo da violência contra crianças e adolescentes.

“Não tenho nenhuma dúvida que, no Brasil de hoje, temos que estar dedicados à proteção das crianças para que elas não sofram violência”, disse, lembrando que o governo federal começa a pagar, mensalmente, os recursos da expansão do Brasil Carinhoso. A ação integra o Plano Brasil sem Miséria e complementa a renda das famílias extremamente pobres de forma que todos os integrantes superem o patamar de renda de R$ 70 mensais.

“Dessa forma, estamos alcançando em termos de renda mais 8,1 milhões de crianças no país, que estão saindo da situação de miséria extrema. Aliamos a renda e o atendimento para enfrentarmos a violência”, disse.

A secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Angélica Goulart, destacou que, para enfrentar o problema, o governo federal está trabalhando para fortalecer os conselhos tutelares pelo país. A partir de março de 2013, os conselhos receberão novos equipamentos, como carros, computadores com acesso à internet, celulares e impressoras.

“Inicialmente, 500 conselhos vão receber os equipamentos para poder aplicar melhor as medidas de proteção a todas as crianças e adolescentes”, disse, acrescentando que a medida será estendida, progressivamente, a outros conselhos tutelares. Ao todo, essas unidades somam 5.900 no país.

Disque100Foram registradas entre janeiro e novembro deste ano 21.404 denúncias de violação de direitos dos idosos, o que corresponde a 13,8% do total; 7.527 denúncias relacionadas aos direitos das pessoas com deficiência, representando 4,8% do total; 2.830 contra a população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros), ou 1,8% do total; 489 contra população em situação de rua (0,3%) e 1.603 contra outras populações em situação de vulnerabilidade, que engloba quilombolas, indígenas, ciganos entre outros (1,8%).

Desde maio de 2003, quando o Disque 100 passou a ser operado pelo governo federal, foram recebidas 396.693 denúncias. O serviço funciona 24 horas, todos os dias da semana, incluindo domingos e feriados. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone em todo o território nacional.

As denúncias de violações de direitos humanos são examinadas e encaminhadas para os órgãos responsáveis, entre eles o Ministério Público, as defensorias públicas nos estados e os conselhos estaduais do idoso, para apuração e providências.

A partir do ano que vem, o Disque 100 vai registrar denúncias de tortura em prisões.

Fonte: Agência Brasil – 10/12/2012

Lei Federal nº 12.653/2012 – Agora é Crime exigir cheque-caução em atendimentos emergenciais hospitalares


cheque_caucao

Fonte: http://ceaddh.blogspot.com.br

Não é tão difícil imaginar o grande número de pessoas que levaram familiares, amigos em situação de urgência médica e vivenciaram uma situação absurda de exigência de cheque-caução, preenchimento de formulários, enquanto o paciente aguardava para ser atendimento, podendo piorar o quadro, ou até morrer.

Importante divulgar a Lei Federal nº 12.653/2012 que criminaliza a exigência de garantia financeira ou prévio preenchimento de formulários administrativos como condição para o atendimento médico-emergencial.
Na prática, quando numa situação tal como a supra apresentada, havia a possibilidade de se recorrer ao Poder Judiciário e conseguir liminar, assim como indenização pelo dano causado em virtude do não atendimento que tenha ocasionado o evento morte ou dano irreversível comprometedor da saúde do paciente, sendo importante destacar também que tal prática já era considerada irregular pela ANS e pelos Órgãos de Defesa do Consumidor. A nova Lei veio a atribuir a prática como crime.
Sancionada no dia 29 de maio de 2012, a Lei Federal nº 12.653 veio a alterar o artigo 135-A, do Código Penal, passando a vigorar da seguinte forma:
Art. 135-A.  Exigir cheque-caução, nota promissória ou qualquer garantia, bem como o preenchimento prévio de formulários administrativos, como condição para o atendimento médico-hospitalar emergencial:  
Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa. 
Parágrafo único.  A pena é aumentada até o dobro se da negativa de atendimento resulta lesão corporal de natureza grave, e até o triplo se resulta a morte.”
Vale salientar, de acordo com o disposto no artigo segundo da supracitada Lei,
Art. 2o  O estabelecimento de saúde que realize atendimento médico-hospitalar emergencial fica obrigado a afixar, em local visível, cartaz ou equivalente, com a seguinte informação: “Constitui crime a exigência de cheque-caução, de nota promissória ou de qualquer garantia, bem como do preenchimento prévio de formulários administrativos, como condição para o atendimento médico-hospitalar emergencial, nos termos do art. 135-A do Decreto-Lei no2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal.” 
Vamos divulgar!

Convite para o Voluntariado em Jundiaí!


logo_voluntariado_são vicente

O Grupo VISITA VICENTE VOLUNTARIADO, que promove ações para um atendimento mais humano e harmônico no Hospital São Vicente em Jundiaí, convida a todos para fazerem parte desta família.

Coloque sua habilidade e sensibilidade em favor do outro! O que você está esperando?

Veja a seguir a chamada:

O Grupo de Voluntariado continua a receber as inscrições para o projeto Vicente Visita no Hospital de caridade São Vicente de Paulo

Para ser voluntário basta ser maior de 18 anos e ter duas horas semanais livres.

O horário das visitas acontece diariamente das 16h:00 às 20h:00 , sendo este horário, dividido em 2 grupos de duas horas.

 “A equipe de voluntários atua juntamente com o grupo de Humanização do Hospital, dando assistência aos familiares, encaminhando os mesmos para os devidos setores, e na medida do possível amenizar suas angustias.

 Este projeto conta com suporte do Centro de Voluntariado de São Paulo. Não vale como estágio, mas damos um certificado de horas trabalhadas como voluntários.

 Os interessados devem entrar em contato através do e-mail: voluntariadosaovicente@hotmail.com  ou nos telefones: (11)99901-0496 (Cyzinha) e (11)7758-3858 (Maria Cristina) e Rua Jorge Zolner, 193 (casa Branca) nas segundas e Quintas das 14h:00 às 16h:00 .

  

VENHA FAZER PARTE DO NOSSO GRUPO!