Você conhece a nova Rede Social para o Terceiro Setor?


socialdeverdade

 

Fonte: Rede Gots

A mobilização de recursos tem sido um grande desafio para todas as instituições do Terceiro Setor, especialmente as menores ou aquelas que não dispõem de um setor específico, em sua organização, voltado exclusivamente para a busca de recursos para a manutenção institucional ou para a realização de projetos.

A rede “Social de Verdade” é uma organização do Terceiro Setor que surge como uma alternativa criativa e inteligente para auxiliar as demais organizações. Trata-se de uma plataforma que coloca em contato, de um lado, instituições ou pessoas que queiram doar recursos financeiros ou serviços e, de outro, organizações e indivíduos que tenham uma causa legítima necessitando de apoio.

Em uma página semelhante ao Facebook, as organizações podem mostrar o seu trabalho e os seus projetos, além de também poderem estabelecer vínculos e parcerias com outras entidades. Após cadastrarem-se na rede, os doadores, que podem ser pessoas físicas ou jurídicas, também têm a possibilidade de solicitar amizade para outros doadores e para as instituições que mais combinem com sua filosofia, de modo que todos possam acompanhar as postagens de seus potenciais parceiros ou colaboradores, como em uma rede social padrão. Através do estabelecimento dessa rede, o doador pode fazer um acompanhamento detalhado da sua doação, ou até mesmo cobrar ações prometidas pelas instituições, gerando uma maior transparência na atuação das entidades. As instituições que receberem alguma doação e não postarem publicamente as suas ações são notificadas e podem ter o botão através do qual recebem apoio totalmente desabilitado.

Toda a participação na rede Social de Verdade é gratuita e a instituição não recebe nada nas transações que envolvem valores financeiros – tudo é intermediado pelo PagSeguro. O endereço da rede é www.socialdeverdade.com.br e quem quiser assistir a uma entrevista com a sua diretora, Herica Gonçalves, realizada durante a ONG Brasil 2013, o maior evento de Terceiro Setor da América Latina, é só acessar os canais REDEGOTS  no Youtube.

Alavanca Social ministrará Workshop em Macaé-RJ


Olá pessoal,

Mais uma vez, através da parceria com a Associação Telecentros de Informação e Negócios, a Alavanca Social ministrará o Workshop BOAS PRÁTICAS NAS GESTÃO DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS. Desta vez, a cidade escolhida será Macaé-RJ e o evento acontecerá em 07/05/13.

Contaremos também com apoio da Escola Sentrinho que disponibilizará o espaço e da AME – Associação de Mulheres Empreendedoras.

O encontro contará com a presença de representantes de Organizações Sociais daquela região que darão um toque especial durante todo o dia.

O conteúdo do evento serão assuntos relacionados à Gestão, Organização, Planejamento, Captação de Recursos e outros, tão importantes na condução de uma organização do Terceiro Setor.

Juntamente conosco estarão presentes também representantes da ATN e IBM, os quais transmitirão informações importantes sobre o IBM Connections.

Desde já a Alavanca Social dá boas vindas a todos!

Vejam a seguir a chamada para o evento:

Convite evento de Macaé-RJ

Boas Práticas na Gestão de Organizações Sociais. Vejam momentos dos eventos!


Olá pessoal!

O programa ATN / IBM continua em diversas partes do Brasil e a Alavanca Social, juntamente com os parceiros locais em cada uma das cidades onde o evento se realizou, pode compartilhar seus conhecimentos e experiências a todas as pessoas que estiveram presentes.

Hoje estaremos mostrando algumas fotos dos eventos de Belém-PA e Vitória-ES, onde houve uma ótima participação e pessoas ativas que também colaboraram com o sucesso dos eventos através de suas experiências pessoais e profissionais.

Vejam a seguir algumas fotos dos eventos:

Belém-PA

DSCN1132

DSCN1133 DSCN1199

Vitória-ES

DSC03085 DSC03086 DSC03107

Agradecimentos a todos que fizeram parte em cada um desses eventos.

Em 2013, se Deus assim permitir, estaremos de volta com novos eventos e formatos.

Alavanca Social ministra Workshop em Belo Horizonte


Olá pessoal!

A Alavanca Social, em parceria com a ATN (Associação Telecentro de Informação e Negócios) e IBM, ministrará o Workshop BOAS PRÁTICAS NA GESTÃO DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS na cidade de Belo Horizonte.

O evento acontecerá em 30/10/12, cujos convidados serão diversas organizações do Terceiro Setor, e abordará questões importantes nesta área da economia, como a Estruturação, Legalização, Ética e Transparência, Áreas de Gestão, Captação de Recursos e Voluntariado. O evento terá duração de 08 horas e contará com o apoio das Organizações KNH (Kinder Not Hilf) e Morada e Cidadania. Na próxima semana, teremos mais informações.

Programa Crack, é Possível Vencer tem ações em nove estados


Fonte: Rede de Mobilização Social

O programa do governo federal Crack, é Possível Vencer já recebeu adesão de nove estados: Alagoas, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Acre, Santa Catarina, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

Até 2014, Alagoas receberá R$ 37 milhões , já Pernambuco R$ 85 milhões. O estado do Rio de Janeiro receberá R$ 240 milhões, o Rio Grande do Sul R$ 103 milhões. Minas Gerais terá R$ 476 milhões, o Acre terá, até 2014, R$ 13,3 milhões e Santa Catarina receberá R$ 56 milhões da União. O Espírito Santo receberá R$ 9,85 milhões e Mato Grosso do Sul R$ 29 milhões.

Estão em fase de pactuação técnica para futura adesão o Distrito Federal e a Bahia. A Paraíba se prepara para a pactuação.

Lançado em dezembro de 2011, o programa Crack, é possível vencer abrange um conjunto de ações interministeriais para enfrentar o crack e outras drogas.

Com investimento de R$ 4 bilhões da União até 2014 e articulação com estados, Distrito Federal e municípios, além da participação da sociedade civil, tem o objetivo de aumentar a oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários drogas, enfrentar o tráfico e as organizações criminosas e ampliar atividades de prevenção.

As ações estão estruturadas em três eixos: cuidado, autoridade e prevenção.

O programa Crack, é Possível Vencer conta com a atuação direta dos ministérios da Justiça, da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, além da Casa Civil e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.