A Alavanca Social deseja a todos….


Mensagem de natal alavanca

Boas Práticas na Gestão de Organizações Sociais. Vejam momentos dos eventos!


Olá pessoal!

O programa ATN / IBM continua em diversas partes do Brasil e a Alavanca Social, juntamente com os parceiros locais em cada uma das cidades onde o evento se realizou, pode compartilhar seus conhecimentos e experiências a todas as pessoas que estiveram presentes.

Hoje estaremos mostrando algumas fotos dos eventos de Belém-PA e Vitória-ES, onde houve uma ótima participação e pessoas ativas que também colaboraram com o sucesso dos eventos através de suas experiências pessoais e profissionais.

Vejam a seguir algumas fotos dos eventos:

Belém-PA

DSCN1132

DSCN1133 DSCN1199

Vitória-ES

DSC03085 DSC03086 DSC03107

Agradecimentos a todos que fizeram parte em cada um desses eventos.

Em 2013, se Deus assim permitir, estaremos de volta com novos eventos e formatos.

Lei Federal nº 12.653/2012 – Agora é Crime exigir cheque-caução em atendimentos emergenciais hospitalares


cheque_caucao

Fonte: http://ceaddh.blogspot.com.br

Não é tão difícil imaginar o grande número de pessoas que levaram familiares, amigos em situação de urgência médica e vivenciaram uma situação absurda de exigência de cheque-caução, preenchimento de formulários, enquanto o paciente aguardava para ser atendimento, podendo piorar o quadro, ou até morrer.

Importante divulgar a Lei Federal nº 12.653/2012 que criminaliza a exigência de garantia financeira ou prévio preenchimento de formulários administrativos como condição para o atendimento médico-emergencial.
Na prática, quando numa situação tal como a supra apresentada, havia a possibilidade de se recorrer ao Poder Judiciário e conseguir liminar, assim como indenização pelo dano causado em virtude do não atendimento que tenha ocasionado o evento morte ou dano irreversível comprometedor da saúde do paciente, sendo importante destacar também que tal prática já era considerada irregular pela ANS e pelos Órgãos de Defesa do Consumidor. A nova Lei veio a atribuir a prática como crime.
Sancionada no dia 29 de maio de 2012, a Lei Federal nº 12.653 veio a alterar o artigo 135-A, do Código Penal, passando a vigorar da seguinte forma:
Art. 135-A.  Exigir cheque-caução, nota promissória ou qualquer garantia, bem como o preenchimento prévio de formulários administrativos, como condição para o atendimento médico-hospitalar emergencial:  
Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa. 
Parágrafo único.  A pena é aumentada até o dobro se da negativa de atendimento resulta lesão corporal de natureza grave, e até o triplo se resulta a morte.”
Vale salientar, de acordo com o disposto no artigo segundo da supracitada Lei,
Art. 2o  O estabelecimento de saúde que realize atendimento médico-hospitalar emergencial fica obrigado a afixar, em local visível, cartaz ou equivalente, com a seguinte informação: “Constitui crime a exigência de cheque-caução, de nota promissória ou de qualquer garantia, bem como do preenchimento prévio de formulários administrativos, como condição para o atendimento médico-hospitalar emergencial, nos termos do art. 135-A do Decreto-Lei no2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal.” 
Vamos divulgar!

Projeto Educar para a Vida…veja o andamento


O projeto está tendo uma excelente receptividade e a chegada de novos apoiadores e parceiros permitirá seu fortalecimento e sucesso! Vejam a seguir mais algumas informações enviadas pelo pessoal do Lar Anália Franco:

Olá amigo e amiga do Lar Anália Franco

Tudo bem?

Primeiro, queremos agradecer a vocês pela grande receptividade com nosso Projeto Educar para a Vida, inscrito no Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Jundiaí.

Cada um de vocês tem nos apoiado muito, tanto na divulgação quanto na destinação de imposto de renda.

Para facilitar a sua destinação ao nosso projeto, encaminhamos, abaixo, o simulador da Receita Federal.

Ao incluir seus dados, você poderá estimar o “valor do imposto” e, sobre este, calcular sua porcentagem de destinação.

segue link:

http://www.receita.fazenda.gov.br/aplicacoes/atrjo/simulador/simulador.asp?/tiposimulador=a

Pedimos a gentileza de, ao fazer a destinação, entrar em contato conosco (tel: 9 9630 9616 – Daniel Polo)

Um fraterno abraço,

Daniel Polo

image001

Convite para o Voluntariado em Jundiaí!


logo_voluntariado_são vicente

O Grupo VISITA VICENTE VOLUNTARIADO, que promove ações para um atendimento mais humano e harmônico no Hospital São Vicente em Jundiaí, convida a todos para fazerem parte desta família.

Coloque sua habilidade e sensibilidade em favor do outro! O que você está esperando?

Veja a seguir a chamada:

O Grupo de Voluntariado continua a receber as inscrições para o projeto Vicente Visita no Hospital de caridade São Vicente de Paulo

Para ser voluntário basta ser maior de 18 anos e ter duas horas semanais livres.

O horário das visitas acontece diariamente das 16h:00 às 20h:00 , sendo este horário, dividido em 2 grupos de duas horas.

 “A equipe de voluntários atua juntamente com o grupo de Humanização do Hospital, dando assistência aos familiares, encaminhando os mesmos para os devidos setores, e na medida do possível amenizar suas angustias.

 Este projeto conta com suporte do Centro de Voluntariado de São Paulo. Não vale como estágio, mas damos um certificado de horas trabalhadas como voluntários.

 Os interessados devem entrar em contato através do e-mail: voluntariadosaovicente@hotmail.com  ou nos telefones: (11)99901-0496 (Cyzinha) e (11)7758-3858 (Maria Cristina) e Rua Jorge Zolner, 193 (casa Branca) nas segundas e Quintas das 14h:00 às 16h:00 .

  

VENHA FAZER PARTE DO NOSSO GRUPO!

Hoje é o dia internacional do Voluntariado


voluntário em grupo

Existem muitas situações acontecendo pelo mundo e todas elas, importantes para alguém ou alguma coisa.

As pessoas, num processo natural de construção e segurança, convivem em comunidade, pois isso permite a integração, o desenvolvimento pessoal e coletivo, o progresso natural quando o ser humano coloca em prática suas habilidades e conhecimentos em benefício do todo.

Poderíamos ficar falando sobre esta condição de viver em sociedades por muito tempo, mas hoje quero destacar uma das mais importantes atitudes que um pessoa pode empreender em favor de causas e do crescimento. Estou falando do VOLUNTÁRIO. Você sabe o que é? Muitas pessoas ainda imaginam o voluntariado como um emprego normal do mercado de trabalho e por desconhecimento, tratam esta atividade como uma coisa corriqueira, sem valor ou porque é realizado sem remuneração. Muito pelo contrário, trata-se de uma nobre atitude humana, onde, o uso das aptidões e capacidades são colocadas em prática em benefício do coletivo.

Atuo como voluntário (talvez nem tanto como desejaria) desde a década de 80 e posso dizer que, pelas experiências que vivi, todas foram fantásticas, inovadoras e que engrandeceram a minha capacidade e disposição para o trabalho. Hoje atuo como voluntário de forma virtual nos dias de semana e de forma presencial nos finais de semana, e, em todas elas, o senso de responsabilidade deve estar presente, pois, com certeza, existirão pessoas e organizações dependendo do meu trabalho naquele momentos e quando assumimos um compromisso, temos de oferecer o máximo de nós para que tudo corra conforme desejado e planejado.

O voluntariado permite o crescimento pessoal, espiritual, profissional e intelectual. Permite a formação e preparação para novos tempos. Contribui para o crescimento e o progresso das comunidades. Permite a cura interior daquele que procura respostas. Proporciona alegria àquele que doa seu tempo e habilidades em prol do outro. É transformação pura do ser e colabora com a sociedade desejosa de mudanças que atendam suas necessidades naturais de quem vive em comunidade.

Somente como ilustração, no Oriente, Europa e América do Norte, o voluntariado é visto como uma das mais importantes atitudes na construção de uma sociedade mais feliz e justa, e propicia a chegada de recursos e riquezas onde estão inseridos. No Canadá, 1,8% do PIB nacional advém do Voluntariado, com receitas e valores girando a casa de milhões de dólares anuais. No Brasil o voluntariado ainda está engatinhando, mas caminha para, num futuro breve, se tornar uma das referências mundiais, pois o brasileiro possui um forte apelo à solidariedade e ajuda ao próximo, principais características do voluntário.

O Voluntário não recebe valores materiais pelo seu trabalho, mas recebe algo de valor inestimável…a estima e o reconhecimento pelas suas realizações e principalmente pelo bem estar pessoal experimentado pela sua nobre atitude.

Considero o voluntariado o prólogo de uma sociedade futura que virá, onde o bem estar do outro, é mais importante que o individual.

Hoje comemora-se o DIA INTERNACIONAL DO VOLUNTÁRIO, e é justo dizer que…”São heróis anônimos promovendo a transformação em tudo aquilo que tocam”. Trata-se de uma das mais belas obras do ser humano e exercício puro da  cidadania.

Que as pessoas tenham essa consciência e que as Instituições dos 3 setores da economia se preparem para a chegada deles para que o crescimento seja natural e para que as comunidades estejam cada vez melhores.

VOLUNTÁRIO…PARABÉNS PELO SEU DIA!!!

Você conhece o projeto Comunicação Social?


 

 

 comunica

A Alavanca Social, através de seus constantes contatos com empresas dos 3 setores da economia, observou as dificuldades que muitas possuem quando desejam se comunicar com o mundo. Para atender esta demanda, a área R2 Creative realizou um estudo e chegou à conclusão das melhores formas de colaborar com estas empresas, sejam elas do 1º, 2º ou 3º Setor, a terem ferramentas para sua comunicação global.

Dentro deste contexto, idealizamos o projeto COMUNICAÇÃO SOCIAL, cujo Missão principal é“Proporcionar às empresas do Terceiro Setor e interessados, meios de comunicação eficientes e de baixo custo”, que vai permitir o rápido atendimento nesta área.

Veja mais informações sobre o projeto:

https://alavancasocial.wordpress.com/projetos/comunicacao-social/

Projeto Comunicação Social

Conectando pessoas e possibilitando o crescimento