CAPSad: atenção e tratamento no enfrentamento ao Crack


Este slideshow necessita de JavaScript.

Postado por Rede de Mobilização Social

Você sabe o que é um Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas, o CAPSad? É uma unidade de saúde que atende usuários de álcool e drogas e apoia as suas famílias. O Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, criado pelo Governo Federal, em parceria com estados e municípios, investe para ampliar o número de CAPSad.  Hoje, são mais de 200 Centros em funcionamento em todo o país.

Os CAPSad foram criados a partir da reforma psiquiátrica no Brasil. Buscam humanizar o tratamento, evitando a internação constante dos pacientes.  O objetivo é reconduzir o usuário de crack, álcool e outras drogas ao convívio social. No CAPSad o usuário é assistido mas não fica isolado da sociedade. Continua tendo acesso ao trabalho, lazer e ao convívio social e familiar. Os profissionais dos Centros também oferecem assistência e apoio aos familiares do paciente.

A sua cidade já dispõe desse atendimento. Procure as informações na Secretaria Municipal de Saúde. Para orientação sobre drogas, consulte o serviço de atendimento telefônico gratuito: o VivaVoz – 132 ou o Portal Enfrentando o Crack.

Participe dessa mobilização! Converse com familiares, amigos, membros da sua comunidade. Crack, é possível vencer.

Hospitais CEMA e Villa-Lobos promovem atividades de arte e cultura com a Arte Despertar


Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Cíntia Ferreira (Ecco Press Comunicação)

Cerca de 300 colaboradores de ambas as unidades devem participar de encontros de sensibilização até o final do ano, promovendo a humanização no ambiente hospitalar

O Grupo INAL, responsável pela administração dos Hospitais CEMA e Villa-Lobos e Instituto CEMA, vai promover, até o fim do ano, encontros de sensibilização com arte e cultura para mais de 300 dos seus colaboradores. O projeto é desenvolvido em parceria com a Associação Arte Despertar e tem como objetivo promover ações de humanização nos hospitais.

O primeiro encontro aconteceu em maio. Em julho reuniu 15 gestores de diferentes áreas do Grupo INAL em atividades de comunicação não-verbal, com a utilização de instrumentos de percussão e sons produzidos com o corpo, possibilitando aos participantes perceber a sintonia que a música proporciona para o cotidiano do serviço hospitalar, favorecendo a percepção de si próprio, do outro e do ambiente em que atuam.                                              

A equipe da Associação apresentou, ainda, a Tecnologia Arte Despertar/TAD. Uma metodologia social que consiste em ações estruturadas e aplicadas por arte-educadores, psicólogos e pedagogos em instituições hospitalares, para posterior disseminação entre os profissionais. Sua concepção está em consonância com os parâmetros da Política Nacional de Humanização/PNH.

A equipe de treinamento de Recursos Humanos do Grupo INAL receberá as informações necessárias para implementação das atividades desenvolvidas pela Arte Despertar com os demais profissionais da instituição, dando continuidade, posteriormente, ao trabalho de humanização com arte e cultura.

 

Informações à Imprensa

Hospital CEMA

Hospital Villa-Lobos

Ecco Press Comunicação

11.5543.0039

Nilza Botteon/ Tabata Alves/ Cintia Ferreira

Nilza.botteon@eccopress.com.br

Tabata.alves@eccopress.com.br

Cintia.ferreira@eccopress.com.br

 

Associação Arte Despertar

Helena Domingos / Júlia Ramos

11 3845-3349

comunicacao@artedespertar.org.br

redessociais@artedespertar.org.br