RECURSOS PARA PROJETOS SOCIAIS


Fonte: www.perspectivasocial.com.br

Instituto HSBC abre seleção para apoio a projetos sociais

O Instituto HSBC Solidariedade abre seleção para investimento em projetos aprovados nos Conselhos dos Direitos da Infância e Adolescência. O investimento total é de R$ 700 mil, que será dividido entre 10 projetos, de até R$ 70 mil cada, em apoio de um ano.

Os projetos devem investir na redução da vulnerabilidade de crianças e adolescentes, como redução da exploração do trabalho infantil, dos índices de exploração sexual, aumento dos índices de retorno familiar ou de adoção, entre outros. A solução da causa deve obrigatoriamente estar aliada ao sucesso escolar.

Serão aceitos projetos sob responsabilidade de organismos não governamentais e comunitários, legalmente constituídos no país, sem fins lucrativos, que atuem no Terceiro Setor e que estejam aprovados nos Conselhos dos Direitos da Infância e da Adolescência que permitam a doação dirigida ou vinculada. Organismos governamentais podem apresentar projetos por meio de suas fundações e associações.

Para inscrever um projeto, os interessados devem preencher o formulário disponível no site (www.porummundomaisfeliz.org.br) e encaminhar o projeto ao Instituto até 3 de abril. Em 20 de maio, será divulgada no site a lista dos projetos pré-selecionados. A seleção final será publicada no dia 7 de julho.

Mais informações no site: www.porummundomaisfeliz.org.br



Fundação Tide Setubal abre edital para projetos com foco em juventudeNo próximo dia 10 de março, a Fundação Tide Setubal apresentará um edital para seleção de projetos que beneficiem jovens de 14 a 25 anos. As iniciativas devem contribuir para a promoção da cidadania juvenil, por meio da garantia de direitos sociais, políticos e/ou civis, ter foco na criação e ou/mobilização de redes no território e duração de oito meses a um ano. O valor total do investimento é de R$ 200 mil, a ser distribuído em projetos com orçamentos de R$ 10 mil até no máximo R$ 50 mil.

Podem participar organizações de três bairros da zona leste de São Paulo: São Miguel Paulista, Ermelino Matarazzo e Itaim Paulista. Entre os critérios de seleção estão: potencial efeito multiplicador; vínculos estreitos com as comunidades com as quais as propostas se relacionam; adequação da proposta a necessidades reais da comunidade diretamente beneficiada; idoneidade e legitimidade da organização pleiteante; capacidade técnica da organização para realizar o projeto proposto. As inscrições vão até 31 de março.

A partir do dia 10 de março, o edital estará disponível em arquivo para download no site da Fundação Tide Setubal: www.ftas.org.br. Os projetos podem ser enviados por e-mail, para edital@ftas.org.br, ou entregues pessoalmente em exemplar impresso no CDC Tide Setubal. As organizações interessadas poderão tirar dúvidas sobre o edital e sobre elaboração do projeto em um plantão que será oferecido pela Fundação entre 17 e 24 de março, das 10h às 12h e das 15h às 17h, no CDC Tide Setubal, localizado na rua Mario Dallari, 170, Jd. São Vicente, São Miguel Paulista, telefone (11) 2297-5969.

 



Prêmio recebe inscrições de iniciativas de uso sustentável da águaAté o dia 31 de maio, a Agência Nacional de Águas (ANA) recebe inscrições para o Prêmio ANA 2010. Nesta terceira edição, o tema é “Água: o Desafio do Desenvolvimento Sustentável”.

O objetivo da premiação bienal é reconhecer iniciativas de sete categorias – governo, empresas, organizações não governamentais, pesquisa e inovação tecnológica, organismos de bacia, ensino e imprensa – que se destaquem pela excelência de sua contribuição para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos do país.

As ações inscritas também devem estimular o combate à poluição e ao desperdício e apontar caminhos para assegurar água de boa qualidade e em quantidade suficiente para o desenvolvimento e a qualidade de vida das atuais e futuras gerações.

Os critérios de avaliação dos trabalhos levarão em consideração os seguintes aspectos: efetividade; potencial de difusão/replicação; aderência social; originalidade; e impactos social, cultural e ambiental. Os três finalistas em cada categoria serão conhecidos em outubro. A cerimônia de premiação ocorrerá em 1° de dezembro em Brasília (DF).

Os interessados devem encaminhar seus trabalhos por remessa postal registrada aos cuidados da Comissão Organizadora do Prêmio ANA 2010. O endereço é SPO, Área 5, Quadra 3, Bloco “M”, Sala 222, Brasília-DF, CEP: 70610-200.

Mais informações pelo site www.ana.gov.br/premio, pelo e-mail premioana@ana.gov.br ou pelo telefone (61) 2109-5412.

 


Fundo Brasil apoiará projetos que combatem a violência institucional O Fundo Brasil de Direitos Humanos lançou edital para selecionar ações com foco no combate à discriminação e à violência institucional.  O objetivo é apoiar financeiramente as iniciativas. O valor repassado por projeto varia de R$ 10 mil a R$ 25 mil.

A proposta do Fundo Brasil de Direitos Humanos é promover os direitos humanos no Brasil e sensibilizar a sociedade brasileira para que apóie iniciativas capazes de gerar novos caminhos e mudanças para o país. Com o apoio financeiro, busca impulsionar as atividades de pessoas e pequenas ONGs, priorizando aquelas que dispõem de poucos recursos ou tenham dificuldades de acesso a outras fontes.

Os projetos para 2010 devem ser enviados até 23 de março. A íntegra do edital, com todas as orientações para os interessados no financiamento, está disponível no site:  www.fundodireitoshumanos.org.br.

 



FNDE recebe inscrições de autores de obras didáticas para o Ensino Médio a partir de janeiroDe 12 de janeiro a 12 de abril de 2010, autores e titulares dos direitos autorais de obras didáticas voltadas para o ensino médio poderão fazer sua pré-inscrição no Programa Nacional do Livro Didático 2012.

Pela primeira vez, os alunos do ensino médio público receberão livros de filosofia, sociologia e língua estrangeira moderna – inglês ou espanhol. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsável pelos programas de livro didático, enviará aos estudantes também um CD em áudio.

Também serão selecionadas obras de língua portuguesa, matemática, história, geografia, física, química e biologia. No total, o FNDE prevê a aquisição de 80 milhões de exemplares, em benefício de todos os 7,8 milhões de estudantes do ensino médio da rede pública brasileira.

Os livros inscritos serão avaliados pela Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação. Aqueles que forem aprovados integrarão o Guia do Livro Didático 2012, que conterá um resumo das obras selecionadas para que professores e diretores possam escolher o que for mais adequado ao processo pedagógico de cada escola.

Para efetuar o cadastramento das obras, os detentores de direitos autorais devem acessar o site do FNDE na Internet. A inscrição definitiva e a entrega dos livros para avaliação será realizada de 3 a 7 de maio, na cidade de São Paulo (SP), em horário e local a serem agendados.

 



Prêmio Jovem Cientista está com as inscrições abertasO Prêmio Jovem Cientista, instituído pelo CNPq em 1981, abriu inscrições para a sua 24ª edição. O tema é Energia e Meio Ambiente – soluções para o futuro.

Os objetivos da iniciativa são: promover a reflexão e a pesquisa, revelar talentos e investir em estudantes e profissionais que procuram alternativas para os problemas brasileiros.

Serão premiados trabalhos nas categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior, Estudante do Ensino Médio e Mérito Institucional. Os vencedores receberão R$150 mil e computadores, além da concessão de bolsas de Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado ou Pós-Doutorado. A universidade e a escola de ensino médio premiadas na categoria Mérito Institucional recebem R$30 mil, cada uma.

O prazo para envio de é 30 de junho de 2010. O regulamento está disponível nos endereços www.unesco.org.br e www.jovemcientista.cnpq.br.

Mais informações pelos telefones (61) 2108-9410 ou pelo e-mail premios@cnpq.br.

 



Prêmio Jovem Cientista tem inscrições prorrogadasO Prêmio Jovem Cientista, em sua 24ª edição, teve suas inscrições prorrogadas até o dia 30 de junho de 2010. O prêmio é uma parceria entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Gerdau e a Fundação Roberto Marinho.

O objetivo do prêmio é buscar, por meio dos diferentes temas abordados a cada ano, soluções simples e acessíveis para problemas diretamente ligados à população. Com o tema “Energia e Meio Ambiente – Soluções para o Futuro”, o foco desta edição será o estudo, desenvolvimento e uso de energias alternativas, estimulando a produção e o consumo dessas fontes de energia de uma maneira sustentável.

Cinco categorias serão premiadas: Graduado, Estudante de Ensino Superior, Estudante de Ensino Médio, Orientador e Mérito Institucional. Há ainda uma Menção Honrosa para um pesquisador com título de doutor que se destaque por sua trajetória na área relacionada ao tema do prêmio.

Na categoria Graduado, podem concorrer aqueles que concluíram o curso de graduação e que tenham menos de 40 anos de idade em 31 de dezembro de 2009. Na categoria Estudante do Ensino Superior, podem concorrer estudantes que estejam frequentando cursos de graduação e que, em 31 de dezembro de 2009, tenham menos de 30 anos de idade.

Na categoria Estudante do Ensino Médio, podem se inscrever alunos regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas de ensino médio e em escolas técnicas e que tenham menos de 25 anos de idade em 31 de dezembro de 2009.

Na categoria Orientador, serão premiados professores ou pesquisadores que tenham atuado como orientadores dos candidatos vencedores nas categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior e Ensino Médio. Na categoria Mérito Institucional, serão premiadas uma instituição de ensino superior e outra de ensino médio, às quais estiver vinculado o maior número de trabalhos com qualidade.

As premiações, que serão entregues pelo presidente da República e pelas autoridades governamentais da área de ciência e tecnologia, perfazem um total de R$ 150 mil. O 1º lugar na categoria Graduado receberá R$ 20 mil e, em Estudante do Ensino Superior, R$ 10 mil.

As inscrições podem ser feitas pela internet ou pelos Correios. O regulamento do prêmio e a ficha de inscrição estão disponíveis em www.jovemcientista.cnpq.br.

Fonte: Portal Aprendiz – http://aprendiz.uol.com.br/content/dekecechem.mmp

About these ads

49 comentários em “RECURSOS PARA PROJETOS SOCIAIS

  1. Gostaria de algumas informações. Sou assistente social, trabalho no Orgão gestor da Secretaria de Assistencia Social.
    Pudessem enviar quais os projetos que podemos receber recursos, nosso municipio é de pequeno porte.
    Obrigado
    Lusenira Bandeira

  2. Olá Lusenira, obrigado pelo seu contato.

    Posso estar verificando quais as possibilidades de vocês estarem buscando recursos, porém, preciso que me retorne quais são as suas áreas de interesse.
    Sem saber quais são as suas ações junto à comunidade fica um pouco difícil para ajudá-la.
    Vocês atuam em que áreas: saúde, educação, cultura, esporte, puramente social comunitário, etc…???

    Terei imenso prazer em ajudá-la.

    Abs
    Marcelo Rachid
    11-7655-2347
    11-6201-0700

  3. a AKI atua nas áreas da Saúde, Mobilidade Urbana e Meio Ambiente, estamos atualmente tentando buscar dar uma vida mais digna aos catadores de produtos recicláveis de Matinhos-Pr, uma cidade pequena com um numero de 30 catadores sem apoio algum, gostaria de saber como conseguir ajuda para terminar de concretizar nosso projeto, ja temos o local, a prensa, doações feitas por particulares, mas ainda nos falta muito, carrinhos para eles, cestas básicas, material de construção´… poderiam nos ajudar?

  4. Olá Izadora, obrigado pelo contato.

    Parabéns pelo projeto e pelo trabalho.
    A Alavanca Social está localizada em Jundiaí- SP e sempre se coloca à disposição para colaborar de alguma forma.
    Como fica difícil para mim estar aí para ajudá-lo, faço algumas sugestões para que possa modificar o quadro atual:

    - Você tem o projeto descrito em papel ou mesmo no computador? Se não tem, faça-o. É uma ferramenta de suma importância para conseguir apoio de empresários locais. Com ele você faz a divulgação de seu projeto de maneira mais organizada e controlada.
    - Adequar o seu projeto para que possa estar adequado a participar de editais, formatando-o para ser inscrito em oportunidades de recursos.
    - Fazer uma pesquisa na internet dos órgãos e empresas que lançaram editais para este tipo de projeto. Caso os editais estejam abertos, fazer o cadastro para concorrer aos recursos oferecidos.
    - Criar meios de divulgação variados como: apresentações, classificados, panfletos, site ou blog, para tornar o trabalho muito conhecido na comunidade, principalmente empresários.
    - Criar e divulgar um histórico de ações da instituição (logicamente aquelas de sucesso).
    - Criar uma área de telemarketing ativo e passivo. (no Brasil, existe um estudo que cerca de 25% da renda das organizações provêm da doação de pessoas físicas)
    - Buscar ajuda da comunidade local, principalmente das famílias de assistidos.
    - Fazer estudo para a criação de projetos geradores de renda e assim conseguir dar sustentabilidade. (Ex: Aqui em São Paulo tem uma instituição que criou uma pequena padaria e os recursos são para manter o projeto).
    - Fazer parcerias com outras instituições para fortalecer as possibilidades de crescimento através da troca de experiências produtivas.
    - Criar comunidades na internet (Ex: Orkut) para conseguir mais adeptos.
    - Participar de Redes Sociais. (Ex: Rede Social ligada ao Senac)
    - Cadastrar-se em um Centro de Voluntariado ou em todos ( Ex: Centro de Voluntariado de São Paulo)

    Toda esta informação está relacionada à necessidade de estar realizando ações para tornar o seu projeto conhecido e atrair apoio e interesse da comunidade.

    Espero que possa ajudá-lo por enquanto.

    Um forte abraço
    Marcelo

  5. Olá Izadora, obrigado pelo contato.

    Parabéns pelo projeto e pelo trabalho.
    A Alavanca Social está localizada em Jundiaí- SP e sempre se coloca à disposição para colaborar de alguma forma.
    Como fica difícil para mim estar aí para ajudá-lo, faço algumas sugestões para que possa modificar o quadro atual:

    - Você tem o projeto descrito em papel ou mesmo no computador? Se não tem, faça-o. É uma ferramenta de suma importância para conseguir apoio de empresários locais. Com ele você faz a divulgação de seu projeto de maneira mais organizada e controlada.
    - Adequar o seu projeto para que possa estar adequado a participar de editais, formatando-o para ser inscrito em oportunidades de recursos.
    - Fazer uma pesquisa na internet dos órgãos e empresas que lançaram editais para este tipo de projeto. Caso os editais estejam abertos, fazer o cadastro para concorrer aos recursos oferecidos.
    - Criar meios de divulgação variados como: apresentações, classificados, panfletos, site ou blog, para tornar o trabalho muito conhecido na comunidade, principalmente empresários.
    - Criar e divulgar um histórico de ações da instituição (logicamente aquelas de sucesso).
    - Criar uma área de telemarketing ativo e passivo. (no Brasil, existe um estudo que cerca de 25% da renda das organizações provêm da doação de pessoas físicas)
    - Buscar ajuda da comunidade local, principalmente das famílias de assistidos.
    - Fazer estudo para a criação de projetos geradores de renda e assim conseguir dar sustentabilidade. (Ex: Aqui em São Paulo tem uma instituição que criou uma pequena padaria e os recursos são para manter o projeto).
    - Fazer parcerias com outras instituições para fortalecer as possibilidades de crescimento através da troca de experiências produtivas.
    - Criar comunidades na internet (Ex: Orkut) para conseguir mais adeptos.
    - Participar de Redes Sociais. (Ex: Rede Social ligada ao Senac)
    - Cadastrar-se em um Centro de Voluntariado ou em todos ( Ex: Centro de Voluntariado de São Paulo)

    Toda esta informação está relacionada à necessidade de estar realizando ações para tornar o seu projeto conhecido e atrair apoio e interesse da comunidade.

    Espero que possa ajudá-lo por enquanto.

    Um forte abraço
    Marcelo

  6. Olá Jane Martins! Seja bem vinda!

    Eu é que agradeço a sua visita e participação
    Esteja à vontade para nos visitar, comentar, sugerir, etc. sempre que desejar.

    Abs
    Marcelo

  7. Quais sao os projetos sociais federais disponivel para atender a polução?

  8. Olá Marli, grato pela visita e comentário.

    Somente 2 dúvidas:
    - Você está perguntando onde buscar recursos para projetos sociais?
    - O assunto trata-se de poluição?

    Um grande abraço
    Marcelo Rachid
    11-6201-0700

  9. Assunto: Parceria para Implantação de um Projeto Social

    Exmo. Senhor,

    Venho por meio convidar Vossa Senhoria, para conhecer a nossa comunidade nos ajudar na conclusão das obras de construção de um Centro Comunitário, que já estão bastante adiantadas. para a conclusão das obras necessitamos de doações, qualquer ajuda é bem vinda, não estamos estipulando valores ou quantia em dinheiro e sim, doações em materiais de construção, falta, piso, parte elétrica, hidráulica, reboco e pintura.
    Esse espaço será um mecanismo de inclusão social, especialmente para as mulheres chefes de famílias vitimas da hanseníase, de violência doméstica ou discriminação, queremos acolher crianças e jovens, filhos de Leprosos, que estão deixando de ir para a escola, para pedir esmolas pelas ruas e semáforos, enquanto isso, aumenta as estatísticas de evasão escolar, analfabetismo, são vitimas de exploração de mão-de-obra, trabalho e prostituição infantil.
    Várias crianças com idade entre 12 e 21 anos, acabaram se envolvendo como uso e álcool, drogas, pedófilos, passaram a cometer crimes (roubo de carteiras, bolsas, relógios) de condutores de veículos que ao pararem nos semáforos, se negam a dar, muitos tiveram seus veículos danificados ou foram ameaçados.
    Nossa Entidade, não tem fins lucrativos ou econômicos, a nossa missão é resgatar a dignidade humana, moral e cultural daqueles que vivem em situação de exclusão social, por meios de programas e atividades que possam inserir na sociedade seres humanos plenamente restaurados em sua civilidade.
    O Centro Comunitário oferecerá cursos de inclusão digital, manutenção e montagem de computadores, alfabetização para jovens, adultos, artesanato, corte e costura, design de modas, cursos de qualificação, para melhorar a qualidade de vida, diminuir as desigualdades sociais e sair da pobreza e da miséria em que sobrevivem.
    A construção desse espaço comunitário, será um investimento social inovador e da maior importância, causará um impacto social. Não se trata apenas de uma construção e sim, da oportunidade de superação da pobreza, da miséria, da exclusão e desigualdades sociais.
    Queremos tirar das ruas mulheres vitimas da lepra, que estão se prostituindo e colocando os seus filhos para pedir esmolas, enquanto isso eles estão deixando de ir para a escola, aumentando os índices de crianças e adolescentes com HIV, prostituição e trabalho infantil, evasão escolar, nossa meta é combater a fome, a miséria, a desnutrição infantil e a violência, causados pela fome, dar a essas famílias, educação, cidadania, lazer, atividades artísticas e culturais.

    Cordialmente,

    ANISIO ANTONIO IZIDORO GLEISSON ROBERTO DE MEDEIROS
    Coordenador e Idealizador do Projeto PRESIDENTE
    Contato: (031) 3530.7228 – 9744 60 59 anisioizidoro@ig.com.br Gleisson_mederios@yahoo.com.br

    Procuramos desenvolver atividades sociais na comunidade, que tem como objetivo construir com crianças e jovens que vivem em situação de risco social, caminhos que possam transformar o cotidiano de suas vidas, cercadas de violência, prostituição, miséria, fome, pobreza, condições desumanas, preconceito, discriminação, abandono e uso e trafico de drogas. As armas utilizadas são a arte, a cultura, o conhecimento, a educação e a saúde.

    Objetivo

    Temos como prioridade concluir as obras de construção de um Centro Comunitário, que atenderá jovens e adultos com cursos de qualificação, criar uma Cooperativa de Costureiras, gerando trabalho, renda e sustentabilidade para o projeto.

    Após as conclusões das obras, nossa meta é formar 200 profissionais anualmente, contribuindo para a reversão do quadro de limitação, fornecendo uma complementação educacional e cultural adequada para que cada um conheça sua potencialidade e reconheça que a educação é a grande ponte que leva à ascensão social.

    Capacitar os jovens e adultos, através de cursos de qualificação, para que tenham oportunidades no mercado de trabalho, podendo assim, se auto-sustetarem e auxiliar na manutenção das suas famílias.

    Oficina Escola: Os alunos serão formados para trabalhar no mercado formal ou como autônomos, com aulas práticas e teóricas.

    Inclusão Digital:e Biblioteca Virtual: Necessitamos de doações de 15 computadores estarão conectados na Internet para o uso gratuito, pretendemos ministrar um curso de Práticas de Escritório com aulas de computação, matemática, língua portuguesa e redação treinando o aluno para o primeiro emprego, terão acesso para realizar trabalhos e pesquisas escolares. O aluno sairá apto para o mercado de trabalho, fundamental para a inclusão social

    Justificativa: O projeto é relevante, para colocação no mercado de trabalho de mão-de-obra qualificada, necessário para geração de renda, pois a colocação dos profissionais não é difícil, melhorar a qualidade de vida, tirar essas famílias, da miséria, da pobreza, das condições desumanas em que sobrevivem, diminuir a prostituição e as desigualdades.

    O mercado de trabalho assimilará muito bem os profissionais formados pelo Projeto Construindo o Amanhã, dado ao grande número de indústrias no município.

    O uso do computador é fundamental em qualquer área, a internet diminui as distâncias, a inclusão digital quebra barreiras desperta para possibilidades, que antes sem computador seriam inimagináveis.

    A Oficina Escola, oferecerá cursos e serviços gratuitos, é comprovado que uma pessoa bem cuidada tem a auto-estima melhorada e faz com que ela se torne uma pessoa mais segura. As pessoas da região receberão gratuitamente serviços de qualidade, diminuindo assim a exclusão social e as desigualdades. O Projeto vai beneficiar a comunidade qualificação e geração de trabalho e renda.

    Metas: Para montar a Oficina Escola, buscaremos apoio e convênios com órgãos públicos e privados solicitando doações em maquinas, equipamentos, moveis, quadros negros, cadeiras escolares, maquinas de xerox, telefone, mesas e para montar a Sala de computação e uma biblioteca virtual, estamos solicitando doações em computadores, faremos convênios com faculdades de coação para enviar professores.
    Contrapartida: A contrapartida para empresa pode ser feita conforme combinado entre as partes. Será liberado um espaço, onde o patrocinador poderá colocar o selo ou logomarca, para da divulgação da doação ou parceria conforme combinado, nas dependências do imóvel
    Será feito um site para divulgação e conscientização da importância do projeto.

    Dados Específicos:
    Categoria: Entidades Diversas – Projetos Sociais
    Localização: Citrolândia, Betim, Minas Gerais
    Data: 01/02/2010 a 01/12/2011
    Faixa Etária: Variado, idade mínima 16 anos.
    Público Alvo: Jovens e adultos de ambos os sexos
    Custo inicial do projeto: R$ 42.000,00 “quarenta e dois mil reais”
    Custo para conclusão do projeto: R$ 10.000,00 “dez mil reais”
    Materiais necessários: 200 metros de piso PI-05, 100 sacos de cimento, 07 janelas de 90 x 210, 06 janelas de 220 x 120, tubos, fios elétricos e conexões, 04 jogos sanitários aclopados, dois caminhos de areia,
    Prioridades:
    - Amparar Jovens e adolescentes em risco social,
    - Acolher as Mulheres vitimas de preconceito, discrimaçao e violência.
    - Crianças e adolescentes, que ficam pelas ruas pedindo esmolas.
    - Dar dignidade as mulheres vitimas de Lepra, que estão se prostituindo, alegando que estão passando fome
    Objetivos:
    - Combater a fome, a miséria, a pobreza, o desemprego.
    - Melhorar a qualidade de vida das famílias da comunidade
    - Gerar trabalho e renda,
    - Qualificar mulheres chefes de famílias de baixa renda ou em risco social
    - Criar a possibilidade das mulheres e jovens ter uma qualificação, facilitando o acesso ao mercado de trabalho formal ou trabalhar como autônomo.
    Projeto ensinará as famílias pobres como educar e cuidar dos filhos
    O Projeto Construindo o Amanha, ajudará mulheres vítimas da lepra, que estão se prostituindo, alegando que estão passando fome, alem disso colocam os seus filhos, para pedir dinheiro nos faróis a refletir sobre a educação que dão a seus filhos. E a mudá-la
    MUDANÇA
    Algumas casas que visitamos funcionam como verdadeiros depósitos de lixo, passarão por uma reestruturação, será um local de estudo, digno de se viver, mesmo sendo pobres,
    Varias crianças nasceram, cresceram e estão criando seus filhos no Leprosário Santa Izabel, periferia de Betim. Foi lá que aprenderam (e agora estão tentando desaprender) lições que marcaram seu passado. E que podem moldar o futuro de seus filhos. Não divulgamos nomes, para preservar a identidade das famílias e estaríamos cometendo um crime.
    Famílias desse tipo são fruto de algum problema social, como meninas que engravidam cedo/precocemente, adolescentes que perderam os pais ou foram abandonados e assumiram a guarda de irmãos mais novos.
    O futuro dessas crianças parece determinado pela falta de: conhecimento, educação, cultura e lazer, precisamos quebrar esse ciclo. As mães dessas crianças serão convidadas para aceitarem o desafio colocado pelo Projeto Assistencial Construindo o Amanha, trata-se de uma organização não governamental que trabalha com famílias vitimas da Lepra, na Colônia Santa Izabel e Citrolândia.
    Elas deverão tirar os filhos das ruas e matriculá-los na escola e num curso de atividades complementares – como: aulas de reforço escolar, teatro, dança, musica ou futebol.
    Em dois anos e meio, desejamos que as crianças e adolescentes, que estejam cursando o ensino fundamental e médio, parem de trabalhar/mendigar e voltem a estudar.
    94% deixaram de trabalhar, mendigar, vender balas, doces em semáforos
    93% voltem para à escola
    98% fazem atividades complementares como esporte, teatro, dança, capoeira ou música, bale, judô.
    Onde elas trabalham?
    Há dois anos estamos fazendo um estudo sobre as crianças que ficam mendigando, pedindo esmolas pelas ruas, em semáforos, deixam de ir a escola e alegam que estão trabalhando com seus pais, constatamos, as famílias mais pobres, saem do município, para pedir esmolas nas cidades de: Contagem e Belo Horizonte,
    A maior parte delas, ficam nos faróis, pedindo ajuda, esmolas, vendendo balas, doces, flores, muita delas acabaram se envolvendo com prostituição, trabalho e mão-de-obra infantil e pedófilos, passaram a cometer pequenos furtos, uso e trafico de drogas, alem de terem afastado da escola, contribuindo ainda mais, para aumentar os índices de analfabetismo e evasão escolar
    Das ruas para a escola
    Para compensar a perda de renda, pretendemos amparar e acolher as mães com cursos de qualificação e profissionalizantes (corte e costuras, design de modas, pintura, crochê, bordado, tapeçaria), como fonte de geração de trabalho e renda e prepará-las para o mercado de trabalho.
    Vamos orientar as mães através de palestras, atendimento com psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, para que reflitam sobre outras questões importantes para as crianças, permanecerem freqüentando a escola, elas receberão visitas semanais de educadores, assistentes sociais e psicólogos. Eles vão identificar os problemas e encaminhar soluções.
    Adicionalmente, as mães terão orientações de um grupo de profissionais, com quem passará a discutir a relação com os filhos. Não será obrigatório, mas a organização estimulará, para que os pais terminem os estudos e fazer cursos profissionalizantes. Para isso, receberão incentivos e apoio para manter sua família.
    “A transformação é na intimidade da família é um trabalho lento, de mudanças profundas”, diz o fundador do Projeto Assistencial Construindo o Amanhã, essas mudanças, significa sopro de vida. A idéia é criar estímulos para mudanças no interior das famílias, por meio de mudanças na vida de seus integrantes e melhorar a relação entre, pais e filhos.
    Depois de ver crianças e adolescentes filhos de leprosos, pedindo dinheiro nas ruas de Betim, Contagem e Belo Horizonte, me dei conta de, que elas são a única ponte entre dois mundos que coexistem na mesma cidade. Bem antes disso, desde 2007, estamos chocados e sensibilizados ao conhecermos meninos da Colônia Santa Izabel, que nem sabem a própria idade, analfabetas, vivem sem identidade, sem direitos, nem são reconhecidos pela sociedade, estamos encaminhando os casos detectados, para tirar a certidão de nascimento. Dar a elas oportunidade é uma questão de direito e cidadania.
    Investiremos em cursos profissionalizantes, faremos incursões por bairros pobres para descobrir como poderemos ajudar. Para participar do projeto, as mães terão que mostrar empenho na mudança. Constatamos que, depois que as crianças deixam de freqüentar as aulas e vão para as ruas, os meninos começaram a usar maconha e cocaína, trabalharam para o tráfico e roubaram. Vários deles tem passagens pela Policia e Centros de detenção e Apoio, ao menor infrator.
    Todo nosso trabalho esta focado na mudança de hábitos e na qualidade de vida das famílias, a transformação vai chegar aos poucos. Muitas casas são cheias de alumínio, papelão, plásticos, garrafas descartáveis e outros materiais tirados do lixo, elas guardam para revender quando o preço estiver em alta.
    Vamos enviar os educadores e assistentes sociais, que encontraram uma brecha para falar do assunto, da importância de seus filhos freqüentarem as aulas, da higiene pessoal e da necessidade de estudar, mostrando a eles que educação e conhecimento, são investimentos.
    Desejamos recuperar meninos e meninas, que sobrevivem pedindo esmolas em semáforos, combater a evasão escolar, a mendicância, o envolvimentos de adolescentes e jovens, com trafico e uso de entorpecentes, prostituição e trabalho infantil
    Abordamos em torno de 80 crianças com idade entre 04 e 18 anos, quando faziam malabarismos na Amazonas, no centro de Betim e ao longo da Br – 381 e Br – 262
    Alguns conseguiremos matriculá-los em escolas publicas na região, outros porem, sabemos que vão alegar que não podem deixar de pedir ajuda, por que senão a família passa fome, muitos não tem sequer a 4ª série e já foram conduzidos à presença do MMº Juiz da comarca da Vara da Infância e da Juventude e ao Conselho Tutelar, pela Policia Militar, por varias vezes.

    Essas crianças e adolescentes, apresentam quadro de depressão, são agressivos, baixo estima, faltam principalmente, esperança de um futuro melhor, alegam que depois que deixaram de estudar e foram para as ruas aprenderam e conheceram outras coisas mais interessantes do que estudar.
    Durante a pesquisa, as crianças alegaram que “O farol é o melhor caminho para acabar com o futuro e matar as esperanças de uma criança”.
    Ainda afirmaram “Quem nunca contribuiu com isso, dando uma esmolinha e depois saiu acelerando o seu carro com a consciência aliviada e sem culpa, com o sentimento de dever cumprido, pensando ter contribuído com um gesto Cristão?”.
    Há hoje no Brasil 1,7 milhão de crianças de 5 a 14 anos trabalhando. Em nosso município, a maior ocupação delas é vender bala e pedir dinheiro nos faróis..
    Porém a nossa situação é bastante diferente, por que sofremos com o isolamento, com preconceito e com a discriminação por causa das desigualdades sociais, da violência e da Lepra. Doença que só causa discriminação social
    Que futuro essas crianças e adolescentes terão, se estão perdendo a oportunidade de mudar de vida, ter dignidade, cidadania, e acesso a cultura, lazer, uma vida melhor. Somente com educação e conhecimento, poderá haver mudanças na sociedade e nas vidas das pessoas.
    O projeto é de caráter Sócio Educativo e deverá ser desenvolvido na área da Colônia Santa Izabel, Citrolândia e região.

    O Projeto Reforço Escolar tem como objetivos principais corrigir possíveis defasagens básicas referentes aos anos escolares anteriores e nivelar os alunos ao padrão do curso regular em que estão matriculados; oferecer oficinas de leituras e atividades culturais.

    Despertar no aluno o interesse pelo estudo; garantir a permanência do aluno na escola; dar condições para que se possa melhorar a auto-estima do aluno; garantir a permanência do aluno na escola e verificar a importância do uso de novas formas de ensinar e aprender.
    As mulheres vitimas da lepra, estão se prostituindo, por que alegam passam pelo drama da fome, do desemprego e pelo fato de nunca ter tido oportunidades e preparação, para o mercados de trabalho, a sociedade simplesmente negou a elas o direito de conviver e ter as mesmas oportunidades de uma pessoas comum.
    As mães geralmente não têm companheiros e nem renda, lutam sozinhas para manter seus filhos, encontraram na mendicância e na prostituição, uma saída, para não permitir que seus filhos passem fome.
    Desejamos porém vamos mudar essa realidade, por que esse comportamento esta influenciando outras adolescentes que estão achando “legal” ver as mulheres, todos os dias com dinheiro, andam com roupas novas e de carro.
    Precisamos criar mecanismos de inclusão social, para diminuir as desigualdades sociais, a intolerância, quebrar barreiras sociais, afinal segundo as leis e a Constituição Federal, todos somos iguais em oportunidades e Direitos
    Se a Paz é Fruto da Justiça é tudo que a nossa comunidade precisa e queremos conquistar

  10. Olá Sr Anisio, obrigado pelo contato.

    Parabéns pelo projeto do Centro Comunitário.

    É um desafio edificante e que pode trazer excelentes opções para as comunidades.
    Como eu moro aqui no estado de São Paulo, fica um pouco complicado estar presente e conhecer de perto o projeto.
    O que posso fazer é publicar em meu site para divulgação na internet e colaborar com esta fase de contatos e necessidades.

    Qualquer coisa peço retornar.

    Um grande abraço
    Marcelo

  11. Gostaria de Receber e ditais de apoio a projetos sociais atualizados, para o ano de 2011.
    para que a nossa ong possa em viar o nosso projeto.

  12. Olá Sr Luiz Augusto, grato pelo contato,

    Realmente, os editais são uma excelente forma de buscar os recursos em projetos de toda a natureza.
    Não não disponibilizamos todos os editais em nosso site, apenas divulgamos quando recebemos alguma notificação.
    Sugiro a você se cadastrar em todas as empresas e organizações que emitem estes editais solicitando que enviem e-mails para você informando o lançamento de algum edital. Primeiro, identifique quais as organizações que emitem editais para sua área de ação e depois faz o cadastramento.
    Fica focado no que quer entende? E somente recebe as informações que precisa.

    Qualquer dúvida me retorne

    Um abraço
    Marcelo

  13. ASSUMI HÁ POUCO UMA ASSOCIAÇÃO DE AÇÃO SOCIAL. FAZEMOS E TUDO UM POUCO, MAS, CAMINHAMOS MUITO DEVAGAR.
    CONSEGUIMOS TRAZER UM PÓLO DE FACULDADE À DISTANCIA E TEM SIDO UM SUCESSO.
    ESTAMOS COM UMA MEGA CONSTRUÇÃO DE SALAS, CANTINA, TEATRO PARA 150 PESSOAS (+/-), BRINQUEDOTECA, ETC.
    MAS, NÃO TEMOS RECURSOS PARA TOCAR ESTA OBRA.
    FAZEMOS PEQUENOS PROJETOS PARA ENTRADA MINIMA DE RECURSOS.
    A OBRA CAMINHA BEM DEVAGAR.

    COMO CONSEGUIR E ONDE CONSEGUIR VERBA PARA ESTE EMPREENDIMENTO?
    NOSSA META É TRABALHAR COM PROJETOS CULTURAIS (PRINCIPALMENTE POR QUE SOU PRODUTORA MUSICAL E QUERO COLOCAR OS PROJETOS DE DANÇA, MUSICA, E TEATRO COMO NOSSO CARRO CHEFE).
    MAS, JA TIVEMOS PEQUENOS PROJETOS DE CABELEIREIRO, CORTE E COSTURA A PREÇO POPULAR.

    POR FAVOR, ME AJUDE!

    UM ABRAÇO,
    COM CARINHO,
    NYAN RIBEIRO
    (SE PUDER ME RESPONDER POR E-MAIL, AGRADEÇO MUITOOOOOO!)

    nynaribeiro21@hotmail.com

  14. Olá bom dia:marcélo rachid de paula,eu tenho um progeto que se chama {inclusão digitál ao alcace de todos}eu gostária de saber como eu posso conseguir os computadores para este progeto.Eu ja tenho a sala na sede da associação onde eu sou o vice Presidente.O meu obijetivo é atender desde as criança de 5anos até o adulto. Desde já agraço vcs por tudo e espero um retorno de vcs.

  15. Olá Nyna, tudo bem?

    Antes de tudo, obrigado pelo seu contato.

    Gostaria de te fazer uma pergunta: Para os projetos que pretende implantar e até para aqueles destinados exclusivamente para a Captação de Recursos, você já os tem definidos e escritos? Esta pergunta tem relação direta com sua necessidade atual, pois sem um projeto, sem um histórico de ações, sem uma base, fica muito difícil conseguir os mantenedores ou patrocinadores que deseja. Tudo está correlacionado e uma ação vai depender da outra.
    O que vc pode fazer, caso ainda não tenha os projetos prontos é utilizar o histórico que diz nos projetos atuais e em andamento como uma forma de sensibilizar as pessoas, empresas e governo.
    A minha sugestão é que faça um pré-projeto do quer realizar (muito mais fácil do que o completo) somente para apresentar à comunidade, e enfatizando o sucesso dos projetos atuais para atrair o interesse e atenção de todos.
    Inicie pela sua comunidade local, pelo seu entorno, pois serão os mais interessados também em participar ativamente. Em seguida faça um planejamento das necessidades de Captação, seja ele financeiro, econômico, humano ou material, um cronograma de ações, e contatos de acordo com a programação.
    Paralelamente, faça um trabalho de divulgação nos meios de comunicação que conhece para que sua obra fique mais conhecida e facilite a abordagem que pretende fazer. Não há a necessidade de investir nisso, basta que utilize ferramentas gratuítas para esra finalidade, como internet (Redes Sociais, Classificados Grátis, Publicação em Blogs de conhecidos, mail-mkt, criação de blog ou site para divulgação, parcerias com empresas de comunicação, etc…
    Finalmente, procure dar ênfase para para o que pretende realizar e a importância do projeto para a comunidade e empresas que forem participar.

    Espero que te ajude a dar uma luz no que precisa.

    Um abraço
    Marcelo

  16. Olá Francisco, obrigado pelo seu contato.

    Recentemente eu recebi uma informação que a Caixa Econômica Federal está doando computadores e impressoras para projetos sociais.
    A orientação foi que os interessados devem ir até uma agência e falar com um gerente que possa dar os detalhes desta informação. Infelizmente a pessoas que me avisou não deu estes detalhes.
    O procedimento foi que: para participar do projeto, as Entidades interessadas na doação de microcomputadores e impressoras encaminhem o pedido, documentação e projeto a qualquer agência da CAIXA, que por sua vez reencaminha o pedido a essa RSN Tecnologia da Informação Campinas, para continuidade ao processo de doação.

    A informação a seguir eu não pesquisei, mas ouvi dizer que o Banco Itaú também tem um programa para doação toda vez que eles realizam a troca de seus computadores pos modelos mais novos. Creio que será necessário também ir até uma agência.

    Espero que te ajude.

    Um abraço
    Marcelo

  17. MARCELO

    trabalho na santa casa de lucélia-sp, e estou com muita dificuldades de montar a estatistica DO HOSPITAL CONFORME PEDE A LEI 12.101 E PORTARIA 3355 DO MS

  18. Olá Filomena, obrigado pelo contato

    Desculpe, mas a Lei e a Portaria não falam de estatísticas.
    Você não está querendo dizer sobre os relatórios onde tem de comprovar os níveis de assistencialidade, nº de atendimentos, atividades desempenhadas, etc.?

    Estou à disposição

    Obrigado
    Marcelo

  19. EU SOU UMA ATRIZ IDOSA E ESTOU DESESPERADA POR NÃO ENCONTRAR EDITAL PARA ME INSCREVER. POR QUE TANTA DISCRIMINAÇÃO? SER IDOSA NÃO SIGNIFICA MORRER…. PODE-SE CONTINUAR PRODUZINDO E CONTRIBUINDO PARA O ENGRANDECIMENTO
    DO PAIS.

  20. Olá Maria José, obrigado por visitar nosso site.

    Concordo plenamente com você e infelizmente aidna existem pessoas com a visão de que a partir de detrminada idade não se produz mais nada.
    Muito pelo contrário, quando atingimos o que eu gosto de chamar a “MELHOR IDADE”, é justamente nesta hora é que acumulamos uma vivência e experiência tão grande que daria para atender a todos. São nestas ocasiões que as pessoas e organizações deveriam repensar suas práticas e adotar uma visão menos comercial, aproveitando co conhecimento adquirido pelas pessoas ao longo de toda uma vida e outras existências, para fazer a diferença para quem ainda está começando a dar os primeiros passos.
    Sou sempre favorável em compartilhar os conhecimentos que adquiri com outras pessoas e sei que somente se consegue ter este conhecimento através de vivências e experiências e isto não se controi em um dia, mas sim durante anos e anos…
    Quanto vc diz que não encontra edital, significa que tem esta dificuldade na busca dentro das empresas, ou aqueles que antes davam esta chance não o fazem mais?
    Não tenho muita experiência na área cultural, mas se precisar de alguma coisa neste sentido pode entrar em contato.

    Um grande abraço e boa sorte!

  21. Boa tarde Marcelo Rachid, trabalho em uma instituição de ensino(ensino fundamental, medio e educação profissionalizante), ação comunitaria(creches) e saude(hospitla), ambos compoem a rede Movimento de Educação Promocional do Espirito Santo, fundado em 1969 em Anchieta -ES, Somos um instituição filantropica registrada no Conselho Nacional de Assistencia Social, recebemos poucas subvençoes socias no estado do ES para custearmos as escolas familias agricolas a qual pertence a rede, estamos em 18 municipios capixabas com nossas sedes(escolas) e atendemos indiretamente mais de 35 municipios capixabas. Temos necessidade de conseguirmos recursos para construções e reformas de salas de aulas, dormitorios, lab. de infornaticas e refeitorio alem de equipamentos para estes setores. Os professores sao pagos pelo MEPES com uma subvençao com o Estado. Somos a preimeira experiencia no pais de pedagogia da alternancia ou seja a preimeira proposta de educação para o campo com os principios da promoção huimana para todos em especial na decada de 60 para o jovem do campo sem acesso a educação e saude. Pedimos a contribuição no envio de financiadores(possiveis) para este projeto de educação e saude. Nos colocamos a disposição para o envio de mais infornações havendo a possibilidade de colaboração nesta dificil missão de garantir as unidades em funcionamento sem a participação do poder publico para o custeio e investimentos em nossas atividades.
    Feliquex B. Meriguete – Setor Projetos MEPES

  22. Prezado Sr Feliquex,
    Obrigado pelo seu contato
    Antes de tudo parabéns pelos projetos. Vejo que são de muita abrangência e importância para seu estado e regiões atendidas por eles.
    Quero esclarecer que a captação de recursos seguem padrões e planejamento definido como todas as ações que empreendemos em nossas tarefas diárias e necessita de estudo, às vezes muito minucioso, sendo difícil ter apoiadores fixos para um projeto, mesmo aqueles que apoiem projetos semelhantes ao seu.
    A captação tem de respeitar certos limites e eu, com meus contatos aqui no meu estado, não conseguiria ajudá-lo no que procura, pois tratam-se de locais e áreas de convergência antagônicas.
    Conseguir financiadores demanda estudo, planejamento, execução e avaliações de acordo com cada local, região, cultura local, etc.

    O que posso ajudar é dizer que vcs devem elaborar um estudo de mercado, preparar um bom conteúdo, planejar tarefas, pesquisar as possibilidades e finalmente fechar as parcerias que possam se aliar ao projeto, visando sempre apoiadores do seu estado para aumentar as possibilidades de parcerias duradouras.

    Um grande abraço
    Marcelo

  23. Olá! Grato pelo contato.
    Estar na luta é não desistir nunca.
    Assim é que deve ser.
    abs

  24. Ola´caríssimos ,boa tarde!
    Estou muito surpreso por saber que o HSBC está empenhado em ajudar nos projetos sociais.Tenho certeza que estamos de mãos dadas com um grande aliado.
    somos de Vitória do ES e passamos pelos mesmos problemas sociais a que passam
    outras capitais em seus bairros de periferia. Estamos na luta pela qualificação profissional e pelo aumento do nível de escolarização pois entendemos que sem estas duas ferramentas não conseguiremos inserir o cidadão no mercado de trabalho.Buscamos apoio no sentido de podermos ajudar tambem estes cidadãos.Mandem-nos as vias de contatos e as formas com as quais podemos ser contemplados com os recursos advindos desta instituição. Nosso endereço e: rua Benedito Muniz, nº 104- Bairro Joana D’arc – Vitoria -ES – CEP 29 048 060
    wferreirafaria00@gmail.com e marcos.424@hotmail.com

  25. Olá Sr Wanderley, obrigado pelo seu contato.
    É importante terem pessoas como o Sr preocupadas com as questões e necessidades sociais.

    Quanto ao assunto de aquisição de recursos para projetos sociais através do HSBC, nós da Alavanca Social não temos nenhum vínculo com eles e somente replicamos e compartilhamos informações que sejam do interesse das comunidades.
    Desta forma, não dispomos das informações que solicitou.
    O que podemos fazer é orientá-lo a ir numa agência do HSBC, conversar com o gerente de relacionamento e responsabilidade social e veja com ele qual a melhor forma de vocês participarem dos editais lançados por ele.

    Desejamos boa sorte e nos colocamos à disposição!

    Abs
    Marcelo

  26. É MUITO DIFICIO, TER TEMPO PARA ESCLARECER O ESFORÇO INCANSAVÉL DE AJUDAR O OUTRO, FINANÇAS SÃO PRECISAS, ENTÃO DEUS TENHA MISERICORDIA DAQUELES QUE BUSCAM AJUDAR O PROXIMO, DO PROJETO TENHO SOMENTE O AGIR E O NOME PROJETO DE DEUS.

  27. Olá Makias, obrigado pelo seu contato.

    Não basta somente o desejo de ajudar, é necessário que tenha conhecimento do que vai realizar para poder elaborar um projeto atraente e assim atrair interesse de pessoas, empresas, poder público, etc…
    É até possível conseguir apoio sem um projeto mais elaborado, mas, com certeza, será mais difícil.
    Procure pessoas de onde você mora para fazer parte e ajudá-lo a elaborar o projeto da forma ideal para a busca dos recursos necessários, ajudá-lo na estruturação e atuação futura. Pessoas de confiança e comprometidas com a causa que você deseja implantar.
    Não existe mágica para que as coisas aconteçam, e sim desejo + pessoas + conhecimento + ação = resultados.
    Desejo que consiga atingir os seus objetivos.

    Um abraço
    Marcelo

  28. boa tarde meu nome é carlos e faço trabalho social numa ciadde do maranhão vim pro maranhão porque um estado que ainda ta correndo pro progresso, mais com ajuda das pessoas de boa fé podemos fazer um maranhão melhor, parabems para todos os impresários que inverte em trabalho social pena que não tenho apoio no meu projeto banco só meu numero e 98 81008116 82459996 preciso das pessoas que me ajude como psso trazer recursso pro meu projeto pratique esporte e viva mais”

  29. Olá Carlos, grato pelo seu contato.

    Estar preparado para receber os recursos talvez seja o maior desafio das instituições do terceiro setor.
    Existem muitas opções de mobilização e captação, contudo, é necessário que esteja com todas as questões legais em dia, um projeto bem elaborado, um grupo de trabalho focado no trabalho e o profundo desejo de transformar o meio onde se vive.
    Vocês já possuem uma sede? Estão legalizados em seu município? Qual é a missão do projeto? O estatuto está elaborado?
    Essas e muitas outras perguntas serão feitas por empresários, poder público e comunidade antes de ajudar o projeto.
    Estando com tudo isso em ordem, começa-se o trabalho de planejar a captação de recursos, seja ela material, humano ou financeiro.

    A Captação de Recursos, como todas as atividades humanas, necessitam de uma preparação e planejamento adequados com uma certa antecipação para que possam ter uma chance maior de sucesso. Costumo sempre dizer aos meus alunos que para realizar uma boa campanha de Captação de Recursos, sejam eles quais forem, é preciso conhecer bem o seu entorno, pois na maioria das vezes, todas as soluções estão dentro da própria comunidade que estão inseridos, seja na forma solidária das pessoas comuns da sociedade, que doam um pequeno valor mensal, como para empresários e poder público que dispõem de valores maiores para as causas sociais. Vai aí algumas dicas:
    1) Antes de tudo procure identificar exatamente o que deseja captar (recursos humanos, materiais ou financeiros).
    2) Faça uma lista por ordem de importância e necessidade.
    3) Converse com todos os envolvidos para não deixar nada de fora.
    4) Faça um levantamento das empresas de sua cidade e identifique a área de atuação de cada uma delas.
    5) Selecione aquelas com maiores possibilidades de ajudá-los no seu projeto.
    6) Procure descobrir o maior nº de detalhes sobre eles antes do contato.
    7) Você tem de estar com o projeto escrito para deixar com o possível investidor se assim for solicitado.
    8) Prepare uma apresentação do projeto.
    9) Marque encontros para apresentar o projeto ao empresário.
    10) Procure definir cotas de patrocínio de acordo com orçamento pré-definido. Quando você define cotas, fica facilitado o apoio e a chegada de diversos doadores.
    11) Trabalhe a idéia de formação de um pool de mantenedores para custear, pelo menos, as despesas principais da instituição.
    12) Mostre a eles como eles são importantes para o projeto e que serão parceiros em todas as atividades da organização e que estarão sendo divulgados em todas as formas de mídia.
    13) Consiga apoio da comunidade para trabalhar na captação de recursos menores.
    14) Em relação às pequenas empresas, sugere-se conseguir apoio para um algum bem material.
    15) Em relação ao governo local, estabeleça uma negociação pautada na ética e edificação da causa, mostrando a importância para a comunidade.
    16) Procure se reunir periodicamente para ver o andamento da captação diretamente com todos os envolvidos.

    17) Procure formar parcerias. Elas fortalecem o projeto e a instituição.

    Existem algumas formas de captação como o CROWDFUNDING, que atualmente trata-se de um formato interessante para a captação de recursos. Leia sobre o assunto e implante aí na sua região.

    Envio em anexo também o Estatuto do Doador, para que saiba quais os principais cuidados na relação Investidor x Organização Social.

    Um grande abraço e boa sorte

  30. Do you mind if I quote a couple of your articles as
    long as I provide credit and sources back to your site? My blog site is in the exact same niche as
    yours and my visitors would truly benefit from a lot of the information you provide here.

    Please let me know if this alright with you. Cheers!

  31. No problem.
    Since mentioning the sources of news and articles.

    greetings

  32. Bom dia SENHOR MARCELO RACHID,

    VOU ASSUMI NO PROXIMO DIA 01 DE JANEIRO DE 2013 A SECRETARIA DE AÇÃO SOCIAL DO MEU MUNICIPIO, MUNICIPIO DE PEQUENO PORTE DO ESTADO DE PERNAMBUCO CHAMADO BREJÃO,ESTAMOS COM MUITAS IDEIAS, MAIS SEI QUE IREMOS ENFRENTAR ALGUMAS DIFICULDADES.

    NOSSA META É TRABALHAR COM PROJETOS SOCIAIS DE SUSTENTABILIDADE, E PARA TANTO PRECISAMOS SABER ONDE E COMO PODEREMOS CONSEGUIR RECURSOS (VERBAS) PARA COLOCARMOS ESTES PROJETOS EM PRÁTICA; PROJETOS QUE DARÁ AOS NOSSOS MORADORES EMPREGO E RENDA.

    NA GESTÃO PASSADA FORAM FEITO PEQUENOS CURSOS DE CABELEIREIRO, CORTE E COSTURA E OUTROS, MAIS NADA QUE DESSE AO POVO SUSTENTABILIDADE..

    ENTRE OUTRAS COISAS ,GOSTARIAMOS DE TRAZER PARA O NOSSO MUNICIPIO: UM CURSO PRE-VESTIBULAR PARA OS JOVENS CARENTES, UMA PANIFICADORA COMUNITARIA PARA DAR EMPREGO E RENDA TAMBÉM AS PESSOAS CARENTES, UM PARQUE E UMA BRINQUEDOTECA PARA ACRECHE MUNICIPAL, E VARIAS OUTRAS AÇÕES.

    PARA TANTO, NAÕ TEMOS OS RECURSOS NECESSARIOS,PRECISAMOS DE AJUDA PARA COLOCARMOS AS NOSSAS IDEIAS EM PRATICA.

    SE POSSIVEL,DÊ-ME ALGUM RESULTADO.

    UM ABRAÇO e Muito Obrigada.

    DANIELLE COSTA.
    (Gostaria que me respondesse por e-mail)

    danielle.costa.1@hotmail.com

  33. Olá Danielle, grato pelo seu comentário.

    Antes de tudo, parabéns pela intenção de promover transformações para os cidadãos de sua cidade.

    A busca de recursos sempre passa por uma série de cuidados e planejamentos bem realizados, que, acompanhado de pessoas e condições, podem dar resultados muito bons quando o objetivo é se estruturar para inserir projetos, principalmente projetos sociais.
    Eu sempre vejo a educação e condições favoráveis para ela, sendo uma das melhores oportunidades para o poder público se manifestar em favor das pessoas e comunidades, ou seja, a chegada de interessados e recursos somente vai ter sucesso, se tiver um bom projeto, se colaborar com o crescimento pessoal, profissional e ambiental dos envolvidos, se promover o crescimento do universo a ser beneficiado.
    Na busca dos recursos, você deve iniciar pela sua cidade, para depois ir expandindo sua área de ação para outras regiões próximas. Depois disso, deve verificar se existem leis municipais, estaduais e federais que possam vir de encontro ao seu tipo de projeto, enquadrá-lo de acordo com as necessidades e se cadastrar para ter a chance de receber o recurso.
    Lembre-se que quando falamos em recursos, não estamos falando somente de dinheiro, mas também do recurso material e principalmente o recurso humano, que movimenta todo o projeto.
    Procure pessoas capacitadas ao seu redor para ajudá-la na construção dos projetos e posteriormente na realização dos mesmos. Em seguida, faça pesquisas e crie o seu plano de captação de recursos para cada necessidade que tiver e quanto irá custar tudo isso. Depois, crie uma apresentação formal que a ajudará na divulgação e pelo menos um blog para registrar o andamento dos planos e ideias.
    Enfim, o trabalho é longo, mas é compensador, pois vai transformar vidas.

    Desejo o melhor resultado em suas aspirações.

    Não posso te ajudar muito à distância, mas se necessitar de dicas e informações, poderei passar a você.

    Grande abraço
    Marcelo

  34. OLA, EU TENHO UM FILHO DE 5anos, E SOU DEFCIENTE FISICO, E ESTOU AQUI PARA PEDIR DOAÇÃO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO, SIM EU MIM ESCREVI NO PROJETO MCMV, DESDE 07/2008, MAIS ATE HOJE NÃO FUI SORTEADO. E MINHA CASA ESTÁ EM MAL ESTADO, MELHOR A MINHA CASA E DE MADEIRA, AONDE O SUSTENTO E DE MADEIRA DE ALCALIPTO, AONDE OS MESMO ESTA APRODECENDO. ENTÃO EU ESTOU AQUI PEDINDO DOAÇÃO, SIM NÃO PEÇO DINHEIRO, MAIS SIM MATERIAL PARA QUE POSSO CONSTRUI UMA CASINHA ONDE EU POSSO MORAR MAIS TRANQUILO. OLHA A MINHA CASA MOLHA, POR DENTRO, E QUANDO VEM TEMPORAL DE CHUVA COM VENTO, EU FICO COM MUITO MEDO DA MESMA CAI, EU SÓ PEÇO A DEUS QUE MIM PROTEJA. OLHA MIM AJUDA. SIM TENHO UMA RENDA MENSAL, MAIS COMO O MATERIAL DE CONSTRUÇÃO ETÁ MUITO CARO, E TAMBÉM A MÃO DE OBRA, SE EU MECHER NA MINHA RENDA EU VOU ESTÁ TIRANDO O MEU PÃO DE CADA DIA, E TAMBÉM O LEITE DO MEU FILHO. PEÇO AJUDA. GRATO.

  35. Olá José.obrigado pelo seu contato.

    Onde você mora? Qual a cidade e estado?
    Pergunto, pois será mais fácil tentar encontrar alguma resposta para você sabendo qual é a cidade.
    Normalmente as prefeituras tem alguns programas que atendem situações idênticas à sua e mesmo se não tiver, sempre existem as Organizações Sociais de sua cidade, que podem dar uma força neste sentido.
    Ficará difícil você arrecadar material desta forma. É mais fácil buscar ajuda através de pessoas onde você mora dispostas a promover ações para ajudá-lo e também a outras pessoas que estejam em situação igual a sua.
    Me responda a minha pergunta inicial, sobre qual a cidade e estado onde mora, para eu começar a pesquisar alguma forma de ajudá-lo.

    Ore e confie! Vai dar tudo certo.

    Abs

  36. OLA, MARCELO RACHID DE PAULA, EU ESTOU AQUI PARA RESPONDER AS SUAS PERGUNTA. SIM MARCELO EU MORO NA RUA PROGRESSO, Nº372 JD. ITAGUAÇU CAMPINAS /SP. TELEFONE PARA CONTATO 19 3225-8701 OU 9827-3474

  37. Olá José,

    Antes de eu ver se tenho condições de ajudá-lo em alguma coisa, como falar com pessoas que conheço aí em Campinas, ou até fazer pesquisas junto à prefeitura ou então entidades sociais, preciso saber o que vc já tentou até agora, com quem vc falou, enfim, todas as tentativas que fez para resolver o seu problema. Pode ser?

    Aguardo seu retorno.

    Abs

  38. Olá Marcelo,
    Muito bacana sua iniciativa, é muito bom encontrar pela rede pessoas dispostas a dar informação (algo tão valioso).
    Eu moro em Curitiba e sou profissional do mercado financeiro e há tempos me incomodo com a questão da educação financeira do nosso país, desde o final de 2012 decidi me mobilizar e tentar fazer algo no sentido de trabalhar com a educação infantil financeira. Minha pergunta a você é a seguinte: Por sua experiencia com projetos sociais, o que me aconselha a fazer para conseguir entrar em instituições de ensino tanto publico quanto privado para implantar esse projeto? Sei que o “ponta pé” inicial está em colocar o projeto no papel, pude ver acima seus conselhos sobre os editais de investimento em projetos, mas visto que estamos indo numa mão contrária onde o investimento financeiro é pouco e o que mais precisamos é de portas abertas e espaço para inserir a educação, o que me aconselha?

    Um abraço,

  39. Olá Bruna, grato pelo seu contato.

    É uma excelente iniciativa, pois prepara o homem do amanhã numa das áreas onde existem mais tabus e paradigmas a serem vencidos.
    As crenças pessoais detonam todo e qualquer processo de desenvolvimento neste quesito.
    Bom, em relação à sua pergunta, tenho algumas sugestões que podem ser úteis para você:

    1) Como você mesmo menciona, muito importante ter o projeto escrito em 2 modelos (completo, onde constarão todas as informações e detalhes (não se esqueça de registrá-lo), e um resumo para você enviar antes das reuniões presenciais). Preparar também uma apresentação que servirá de base para sua explanação e divulgação;
    2) O projeto deve constar, principalmente, as vantagens e benefícios que ele irá proporcionar, como forma de atrair o interesse das pessoas;
    3) Outro ponto de destaque que deve ser desenvolvido serão os custos decorrentes da implantação. Vai ajudar na decisão das pessoas contactadas e no momento da chegada de recursos;
    4) Pesquisar se as instituições onde deseja se apresentar não tem algum projeto similar. Caso tenha, aproveite a oportunidade para agregar e colocar seus conhecimentos;
    5) Verificar junto à Secretaria de Educação ou mesmo do Planejamento, se não existem projetos similares e caso não tenham, mostre todas as vantagens de implantar um projeto desta natureza;
    6) Um bom método para entrar nas instituições e ter a chance de apresentar seu projeto, é procurar se aproximar de pessoas do escalão médio, que te aproximarão das pessoas certas;
    7) Nunca descarte o apoio da iniciativa privada e a comunidade. O 1º pelos recursos e força para implantar o projeto e o 2º pelo poder de persuasão junto aos órgãos públicos.
    8) Um bom projeto é fundamental para atrair interessados, portanto, quando estiver idealizando e colocando no papel, deve contemplar todas as informações que serão de extrema importância para as pessoas envolvidas, bem como os benefícios que irá trazer para a comunidade.

    A grosso modo, são algumas ações interessantes a serem desenvolvidas.

    No caso de não conseguir apoio municipal, permita-se divulgar e falar também para as secretarias estaduais, ampliando assim o leque oportunidades e chances de sucesso

    Não tente fazer isso sozinha. Através de seus amigos e conhecidos, consiga que alguns deles possam ajudá-la nesta empreitada. Desta forma dividem-se responsabilidades e você, como mentora do projeto, poderá focar nas coisas que julgar mais importantes.

    Qualquer dúvida me avisa.

    Um abraço
    Marcelo

  40. OLA! SOU PROFESSORA DE EDUCAÇÃO INFANTIL, TRABALHO EM UMA ESCOLA COMUNITÁRIA, A ESCOLA É PEQUENA E MUITO CARENTE, GOSTARIA DE SABER QUAL A POSSIBILIDADE DE CONSEGUIRMOS VERBAS PARA COLOCAR EM PRÁTICA DOIS PROJETOS, O PRIMEIRO É UM PARQUINHO E O SEGUNDO UMA SALA DE LEITURA AMBOS VOLTADOS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL, MORO EM PORTO VELHO-RO E TRABALHO EM UM BAIRRO DE PERIFERIA, NOSSA ESCOLA TEM QUATROS SALAS QUE FUNCIONAM DOIS TURNOS MANHÃ E TARDE E TEMOS UM PÁTIO MUITO PEQUENO E DOIS BANHEIROS COM A UMA SECRETÁRIA E COZINHA, TENHO MUITO INTERESSE EM COLOCAR ESSES PROJETOS EM AÇÃO VISANDO UM ENSINO DE MELHOR QUALIDADE AOS PEQUENINOS.

  41. Olá Rosivane, grato pelo seu contato.

    Parabéns pela iniciativa, pois colabora com o crescimento das pessoas que comandarão o mundo num futuro muito breve.
    Bom, em relação à sua pergunta, tenho algumas sugestões que podem ser úteis para você:

    1) Importante ter o projeto escrito em 2 modelos (completo, onde constarão todas as informações e detalhes (não se esqueça de registrá-lo), e um resumo para você enviar antes das reuniões presenciais com interessados e investidores). Preparar também uma apresentação que servirá de base para sua explanação e divulgação;
    2) O projeto deve constar, principalmente, as vantagens e benefícios que ele irá proporcionar, como forma de atrair o interesse das pessoas;
    3) Outro ponto de destaque que deve ser desenvolvido serão os custos decorrentes da implantação. Vai ajudar na decisão das pessoas contactadas e no momento da chegada de recursos;
    4) Iniciar a pesquisa dentro da sua cidade, procurando focar na comunidade, prefeitura e empresas da sua região;
    5) Verificar junto à Secretaria de Educação ou mesmo do Planejamento de sua cidade, se não existem projetos similares e caso não tenham, mostre todas as vantagens de implantar um projeto desta natureza;
    6) Pesquise em sua região quais empresas apoiam projetos educacionais e procure agendar um horário para apresentar seus projetos.
    7) Nunca descarte o apoio da iniciativa privada e a comunidade. O 1º pelos recursos e força para implantar o projeto e o 2º pelo poder de persuasão junto aos órgãos públicos.
    8) Um bom projeto é fundamental para atrair interessados, portanto, quando estiver idealizando e colocando no papel, deve contemplar todas as informações que serão de extrema importância para as pessoas envolvidas, bem como os benefícios que irá trazer para a comunidade.
    9) Paralelamente, pesquise na internet a existência de Editais para poder ter a chance de levantar os recursos que necessita. Existem muitas opções de editais lançados pelos governos municipais, estaduais e federais, além de empresas da iniciativa privada, como por exemplo, a Fundação Ayrton Senna…

    A grosso modo, são algumas ações interessantes a serem desenvolvidas.

    No caso de não conseguir apoio municipal, permita-se divulgar e falar também para as secretarias estaduais, ampliando assim o leque oportunidades e chances de sucesso

    Não tente fazer isso sozinha. Através de seus amigos e conhecidos, consiga que alguns deles possam ajudá-la nesta empreitada. Desta forma dividem-se responsabilidades e você, como mentora do projeto, poderá focar nas coisas que julgar mais importantes.

    Qualquer dúvida me avisa.

    Um abraço

  42. eu preciso de ajuda pra casa de apoio liberdade temos duas casas de recuperaçao temos casas da sopa mas tudo iisso e sem recurso mas preciso de alguem que me diga o que fazer dei conta ate aqui e sei que tem muito mais se for possivel me lig 061091988090 bispa tania ja tenho OSCIP

  43. Olá Bispa, grato pelo seu contato.

    Antes de tudo parabéns pelos projetos.
    A busca de recursos é uma tarefa desafiadora e requer muita atenção, planejamento, colaboração interna e externa, pesquisa de mercado e principalmente trazer para perto da instituição, pessoas comprometidas com a causa.
    Não basta somente o desejo de ajudar, é necessário se capacitar como meio de conseguir o que se deseja.
    Baseado em tudo isso eu pergunto:
    1) Vocês estão legalizados?
    2) Possuem certificações de filantropia nas esferas municipal, estadual ou federal?
    3) Vocês tem o projeto escrito e completo?
    4) Que tipo de ajuda recebem atualmente?
    5) Há quanto tempo o projeto existe?
    6) Quantas pessoas trabalham nele?

    Baseados nestas perguntas, dependendo do diagnóstico atual, você poderá iniciar um processo de busca de recursos, iniciando um planejamento que envolverá:
    - Pesquisa de mercado;
    - Definição das necessidades da organização;
    - Em conjunto com as outras pessoas da organização realizar um planejamento detalhado de todas as necessidades, atividades, etapas e processos que terão de ser empreendidos;
    - Encontrar pessoas comprometidas;
    - Localizar pessoas e empresas que podem ajudar;
    - Definir um responsável para esta tarefa de captação, que tenha o perfil adequado ao relacionamento com pessoas;
    - Preparar um cronograma de ações e contatos;
    - Tenha em mãos, à princípio, um resumo do projeto e a apresentação da organização e onde ela pretende chegar, além dos resultados já obtidos;
    - Apresentar para pessoas e empresários;
    - Em caso de sucesso, fechar um termo de parceria com ela.

    Bom, além dessas, existem também outras ações, porém, se conseguir colocar estas em ordem, vai facilitar bastante sua busca por recursos.

    Para começar, consiga apoio de pessoas da comunidade para iniciar este processo de mudança.

    Abs

  44. GOSTARIA DE SABER se tem ALGUM ORGAO, ENTIDADE que investe RECURSOS para PROJETOS de PREVENÇÃO AS DROGAS

  45. Olá Albertino, agradecemos o seu contato.

    Particularmente não conheço alguma empresa ou órgão que apoie projetos para esta área.
    Entendo que o primeiro caminho a seguir é fazer contato com o poder público de sua cidade, pois, normalmente costumam ter projetos e programas de apoio para pessoas com dificuldades nesta situação. Através deles, mesmo que não tenham verba para apoios e patrocínios, é possível que conheçam pessoas e empresas de sua região que deem apoio a este tipo de projeto. Tem de ir falando com as pessoas e perguntando. Sempre existirá alguém que conhece algo que pode ajudá-lo nesta busca.
    Uma outra possibilidade é encontrar, através de pesquisas pela internet, empresas nacionais ou internacionais que vivem lançando editais para apoiar diversos tipos de projetos. Quem sabe não encontra algum edital que se encaixe às suas necessidades?
    Desculpe não ter a resposta que deseja, mas qualquer coisa me avise.

    Abs

  46. Olá Bom dia Marcelo!!,Eu tenho um pequeno projeto social ele se chama ISAC(inclusão social de arte e cultura) eu moro no espirito santo numa região de praia de um povo sofrido… e minha área de atuação na comunidade é a musica por isso me interessei por essa área da arte ,dentro dessa área vou desenvolver varias manifestações ex : dança, música, pintura , artesanato , culinária, tenho sede e pressa de agilizar esse tão sonhado projeto, eu tenho uma prévia do projeto, levei ao conhecimento da associação comunitária que está composta por pessoas idôneas com muita vontade de fazer crescer e realizar muitos sonhos por aqui, na sua opinião eu deu o passo certo ou não? obs : meu site ainda não construí

  47. Bom dia Hilton, agradecemos o seu contato.
    Parabéns pelo projeto e ideia de levar melhores condições para sua comunidade.
    Quando modificamos o nosso entorno, transformamos e permitimos que as pessoas possam ter a chance de crescer em todos os aspectos.
    Fica difícil eu opinar se você deu o passo certo ou não em relação ao contato com a Associação, pois não os conheço, não sendo correto eu imaginar algo desta maneira,porém, levando em consideração o que você disse, de serem pessoas idôneas e com muita vontade de fazer crescer e realizar sonhos na sua comunidade, posso dizer que podem ser ótimos aliados para seu projeto.
    Quando criamos um projeto para nossas vidas, seja ele pessoal, social ou profissional, devemos nos cercar de pessoas capazes e comprometidas com ele, para não ter problemas no futuro, porém, nunca descartando ou menosprezando as individualidades, ou seja, cada pessoa possui dons e habilidades e elas devem ser repeitadas para se obter o melhor resultado.
    Siga neste caminho e persevere, mesmo que encontre alguns obstáculos.

    Desejo boa sorte para você e seu projeto.
    Qualquer coisa pode nos retornar.

    Um forte abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s